Conecte-se agora
Fechar

Oi comunica a Anatel que foi alvo de atentado no Acre

Publicado

em

A Empresa de Telefonia Oi comunicou a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) que foi alvo de sabotagem por bandidos, entre os dias 2 e 3 de dezembro. Segundo o comunicado publicado nesta quarta-feria, 6, na página oficial da Anatel, os assaltantes teriam provocado o rompimento do cabo de fibra ótica no trecho de Sena Madureira e Cruzeiro do Sul com o objetivo de evitar que o alarme da agência bancária de Sena Madureira fosse disparado.

A empresa de telecomunicações informou que o ataque ocorreu já na Regional do Juruá, no cabo que passa a margem da BR-364. O serviço foi interrompido duas vezes pelos mesmos acusados que voltaram ao local do reparo e tornaram a cometer o atentado, porque o assalto ainda estava ocorrendo.

A empresa informou ainda a Anatel que realizou o reparo ainda na manhã do domingo (3), mas meia hora depois os assaltantes cortaram novamente o cabo porque o assalto ainda estava em andamento.

A sabotagem teria ocorrido entre os quilômetros 19 e 20, deixando todo o Juruá sem comunicação por meio de internet e telefone por cerca de três horas.

Os bandidos teriam tentado assaltar o Banco do Brasil, realizando um buraco em uma parede até chegar ao cofre, mas houve um erro no planejamento e eles saíram em outra sala, distante do cofre. O crime teria ocorrido entre 4 horas e 6 horas. Com o sistema de comunicação cortado, a polícia soube do crime depois das 6 horas da manhã.

LINK DA ANATEL: http://www.anatel.gov.br/institucional/component/content/article?id=1844

Blog do Crica

Marcus diz que disputa ao governo será dura

Luis Carlos Moreira Jorge

Publicado

em

O prefeito Rio Branco, Marcus Alexandre (PT), ligou ontem para dizer que não está entre os que acham que a disputa do governo no próximo ano será uma eleição fácil e que encara com muita humildade e pé no chão. Foi uma resposta ao alerta feito na coluna pelo vereador Jackson Ramos (PT). Marcus não quis se pronunciar sobre supostas delações premiadas, e disse não conhecer nenhum fato novo.  A eleição de governador é encarada por ele como um desafio para apresentar novas idéias, porque reconhece que o longo tempo de poder sempre causa desgastes e que qualquer sentimento de mudança é algo natural. O seu grande desafio na campanha será crescer nos municípios do interior, onde é pouco conhecido. No lançamento da sua candidatura deu mostras que mais uma vez tentará descolar a sua imagem do desgaste do político do PT, com sua principal liderança, Lula, condenado a 9 anos de prisão. Quer oferecer ao eleitor uma imagem de mudança e não de continuidade de um projeto de 20 anos.

OU VOTA OU CAI FORA
Com o fechamento de questão pelo PSDB de que os seus deputados devem votar a favor da Reforma da Previdência, o deputado federal Major Rocha (PSDB), que vinha prometendo votar contra, ficou no mato sem cachorro: ou vota pela aprovação ou pode ser expulso do PSDB.

MUITO DIFERENTE
A questão do deputado federal Major Rocha (PSDB) é atípica, porque ele preside um diretório regional, não é um parlamentar que tem apenas a função legislativa, o que não permite deserção. E isso não comporta qualquer tipo de rebeldia da sua parte. É um dirigente do PSDB.

SERIA MURRO EM PONTA DE FACA
O deputado federal Major Rocha (PSDB), que preside o partido, e que será beneficiado por isso com o repasse do Fundo Partidário na eleição, não deve arriscar a perder esta estrutura, por pura birra. Mesmo contrariado terá que votar a favor para continuar no comando do PSDB.

COM A CABEÇA NO LUGAR
O dirigente do PT, Cesário Braga, divulga que o partido deverá eleger oito deputados estaduais. Com a cabeça no lugar, o deputado Jonas Lima (PT) prevê que, se o PT eleger quatro deputados se dê por satisfeito. Jonas tem sentido na população um sentimento de revolta.

NÃO SEI ONDE TIROU
Não consigo entender de onde o Cesário Braga tirou que o PT pode eleger oito deputados.

ESTÁ NESTE PONTO
A eleição do próximo ano está numa situação tal que, com a judicialização a que a política foi submetida não dá para se prever o que vai acontecer nas próximas 24 horas. Pode acontecer tudo ou não acontecer nada. Mas fica sempre aquela expectativa de alguma ação da PF e MPF.

MUITO MELHOR
A atual composição da Câmara Municipal de Rio Branco, neste primeiro período legislativo foi muito mais produtiva de que a legislatura passada, quando, praticamente, os debates eram parcos. E isso se deve aos vereadores da oposição serem mais atuantes e presentes nos debates. Mesmo em minoria, em quase todos os momentos foram protagonistas.

PEDRA CANTADA
Bem antes da votação do Projeto de Lei do deputado Raimundinho da Saúde (PODEMOS) sobre o Pró-Saúde ser colocado em votação na Assembléia Legislativa, eu alertei na coluna que, o governador Tião Viana não sancionaria devido a sua inconstitucionalidade. O seu veto à aprovação da matéria enviado ontem ao Legislativo, portanto, não causou surpresa alguma.

MAIS ALÉM
Revoltado, o governador Tião Viana acusa o deputado Raimundinho da Saúde (PODEMOS) de ao procurar a justiça do trabalho para fazer reclamações sobre o Pró-Saúde, motivar o processo que decretou a demissão dos servidores. “Não vou sancionar ilegalidade, quem pariu Mateus que embale”, disparou o governador ontem em declaração à coluna.

QUAL A DEDUÇÃO?
De todo este arcabouço de posições a favor e contra, acerca do Projeto do Pró-Saúde, qual a dedução prática que dá para se tirar, sem enganar ninguém? Que o governo prosseguirá o calendário de demissões. E que a aprovação não surtirá nenhum efeito legal. Já deixou claro.

ESPAÇO ABERTO
O deputado Raimundinho da Saúde (PODEMOS) está com o espaço aberto na coluna para fazer contestação. É norte da coluna o de ouvir sempre os dois lados sobre fatos polêmicos.

ZÉ LOPES
Anotem este nome, porque vocês ainda ouvirão muito falar dele na campanha de 2018.

COLIGAÇÃO NO PENDURA
Não está nada certa a aliança entre o PDT-PRB- PODEMOS. O presidente do PDT, Luiz Tchê, admite que o partido tem como alternativa, sair com uma chapa própria de deputado estadual. E para isso contaria com mais de vinte nomes, que numa coligação, deixariam o PDT.

NÃO DESCARTAM
Se não der certo com o PDT, o PRB e PODEMOS não descartam uma aliança para a ALEAC.

DEFICIT DE 20 MILHÕES
O prefeito Marcus Alexandre ligou ontem para dizer que, mesmo com um déficit de 20 milhões de reais de perda do FPM, 75 dias de chuvas, ainda assim a prefeitura continua trabalhando para acabar com os buracos das ruas da cidade e já usou mais de 30 mil toneladas de asfalto.

ÚLTIMO BURACO
Sobre a crise econômica, o prefeito Marcus Alexandre diz não ter mais no que conter gastos: “já apertamos o último buraco do cinto”.

AVISO DADO
O dirigente do PRB, Diego Rodrigues, protestou ontem á coluna, contra o fato do PT estar tirando filiados de partidos aliados para compor a sua chapa de deputado estadual e fez uma advertência aos petistas: “se o PT tentar acabar a chapa para Federal dos partidos menores, o PRB não ficará na Frente Popular, pode colocar o que eu estou afirmando”.

NO COLO DO MARCUS
Este tipo de questão acaba caindo no colo do candidato a governador pelo PT, Marcus Alexandre. O seu partido tem que raciocinar que está numa aliança partidária e não disputará a eleição de Governo só com os seus parlamentares e militantes.

VIRANDO REUNIÕES
O senador Gladson Cameli (PP) promete fazer uma campanha profissional e buscar até ganhar a eleição em Rio Branco, que é a principal base eleitoral do candidato petista a governador.

PRIMEIRO TURNO
Ganhar em primeiro turno é a meta do senador Gladson Cameli (PP). A campanha vai começar a embalar a partir de janeiro, quando já se terá oficialmente o nome do vice, que tende a ser o do médico Eduardo Veloso (PSDB). Podemos ter uma das eleições mais disputadas das últimas décadas para o governo.

FESTA DA REDE
Confirmado para o próximo dia 19, o lançamento oficial do Reitor da UFAC, Minoru Kinpara, para o Senado. É uma candidatura qualificada, mas que não dá para avaliar o seu peso. O REDE é um partido que não tem ramificações em todos os municípios do interior.

DOIS BICUDOS NÃO SE BEIJAM
São amistosas apenas aparentemente as relações entre o deputado Heitor Junior (PDT) e o presidente do PDT, Luiz Tchê. Heitor comunicou ao prefeito Marcus Alexandre que não avaliza politicamente a ida de Paola Daniel para secretaria do Meio-Ambiente, porque quem lhe deu votos na campanha foi ele e não a vereadora Elzinha (PDT), que estaria por trás da indicação. Luiz Tchê diz que a indicação da sua nora, que garante ser competente para a função, não foi da vereadora, mas sim do partido. Lamenta Heitor não participar das reuniões do PDT. E foi duro ao dizer que, quem não concordar com as decisões partidárias pode deixar o PDT. Tchê Heitor acabam se entendendo, porque este cabo-de- guerra não beneficiará a nenhum deles. E o Heitor é muito importante para somar votos como puxador na legenda, porque se organizou e deverá ter muito mais votos do que teve na sua eleição. Não seria bom ao PDT perdê-lo.

Continuar lendo

Destaque 3

Prêmio de Jornalismo do MPAC: Inscrições encerram na próxima quarta-feira (20)

Publicado

em

As inscrições para os trabalhos que concorrerão ao 8º Prêmio de Jornalismo do Ministério Público do Estado do Acre (MPAC) serão encerradas na próxima quarta-feira (20). A cerimônia de premiação da oitava edição está confirmada para o dia 12 de janeiro.

O Prêmio de Jornalismo do Ministério Público do Estado do Acre surgiu em 2010 com a finalidade de incentivar a inserção de notícias positivas na mídia, reconhecendo e estimulando a atuação da imprensa como difusora de informações e formadora de opinião.

O convidado desta edição é o jornalista e historiador Fábio Menegatti. Jornalista profissional há 17 anos, Menegatti atua na Rede Record de Televisão em São Paulo e já participou de coberturas especiais na China, México e Haiti, além de ter feito a cobertura especial sobre a cheia do rio Madeira e o isolamento do Acre em 2014. Foi finalista do Prêmio Esso em 2015 e vencedor do Prêmio Associação Nacional dos Magistrados do Trabalho em Direitos Humanos (Anamatra) em 2014.

Prêmio Atitude
No mesmo dia, o MPAC também apresentará os vencedores do ‘Prêmio Atitude – Pequenas ações transformam o mundo’, que tem o objetivo de reconhecer, na comunidade acreana, atitudes de cidadãos, empresas, organizações governamentais e não governamentais (cidadãos e comunidades organizadas) que, de alguma forma, contribuam para o desenvolvimento da comunidade em diversas áreas.

O prêmio está em sua primeira edição e tem a intenção de identificar, divulgar e difundir práticas que contribuam para o aprimoramento da cidadania e reconhecer e criar referências quanto às melhores ações ou práticas sociais desenvolvidas.

 

 

Continuar lendo

Esporte

Independiente cala Maracanã, segura empate contra Fla e leva Sul-Americana

Publicado

em

Por

Não faltou apoio das arquibancadas, nem empenho nos mais de 90 minutos de bola rolando, mas o Flamengo não conseguiu reverter a vantagem imposta pelo Independiente na final da Copa Sul-Americana. O empate em 1 a 1, na noite desta quarta-feira (13), no Maracanã lotado de rubro-negros, garantiu o título do torneio continental aos argentinos.

Ao ser derrotado por 2 a 1 na partida de ida, quarta-feira passada, na casa do adversário, os rubro-negros precisavam de uma vitória por dois gols de diferença para ficar com a taça e não depender das penalidades – não havia a vantagem do gol qualificado para o visitante. Não deu. No placar agregado (3 a 2), o Independiente deixou o Rio de Janeiro como campeão.

Maior campeão da história da Copa Libertadores, com sete taças, o clube de Avellaneda conquista a Sul-Americana pela segunda vez – o primeiro título veio em 2010. Já o Flamengo mantém o jejum de troféus continentais, que perdura desde a campanha vitoriosa na Copa Mercosul de 1999.

Os gols saíram da partida saíram no primeiro tempo. Lucas Paquetá abriu o placar para Fla. Antes do intervalo, o meia Barco, cobrando pênalti, empatou.

As confusões e a tensão do lado de fora do Maracanã deram lugar ao apoio incondicional dos rubro-negros nas arquibancadas. A torcida do Flamengo proporcionou um belo espetáculo de apoio ao time. Contrariando os avisos mostrados nos telões do estádio, houve também o uso de sinalizadores, o que é proibido, mas a partida não precisou ser interrompida por conta da fumaça. No segundo tempo, outra ocorrência: o Independiente reclamou de objetos arremessados na direção do banco de reservas. Na plateia, algumas presenças ilustres, como o ex-tenista Gustavo Kuerten. O reconhecimento da equipe ao papel da torcida foi simbolizado na reverência de Lucas Paquetá na comemoração do gol.

Treze minutos de intensidade

Dos 12 aos 25 minutos do primeiro tempo, Flamengo e Independiente criaram boas oportunidades para abrir o marcador, com vantagem para os brasileiros. Começou com Everton, que ficou cara a cara com Campaña, mas chutou em cima do goleiro, e terminou com Diego, que procurou espaço dentro da área e chutou forte, mas Amorebieta rebateu antes de a bola chegar até a meta argentina.

Um gol em cinco toques

O Flamengo abriu o placar aos 29 minutos da primeira etapa. Diego cobrou falta na área. Juan desviou de cabeça para a segunda trave, Réver se esticou (e se machucou) para colocar a bola na pequena área, a zaga do Independiente cortou erado e Lucas Paquetá, quase em cima da linha, empurrou para o gol. Com o placar agregado em 2 a 2, a decisão do título da Sul-Americana esta indo para a disputa por pênaltis.

Sem medo de decidir

Ezequiel Barco, 18 anos e 1,67 metro de altura, se agigantou diante da pressão da torcida e do lance decisivo que tinha em seus pés no Maracanã. Em contra-ataque armado pelo Independiente, Meza ganhou na corrida de Cuéllar e foi derrubado na área. O árbitro colombiano Wilmar Roldan assinalou a penalidade – confirmada após consulta aos árbitros de vídeo. Aos 39 minutos, Barco cobrou com categoria, deslocando César, e empatou a final, devolvendo a vantagem aos argentinos.

Tudo ou nada

Precisando de dois gols para ser campeão, o técnico Reinaldo Rueda lançou o time ao ataque. Aos dez minutos do segundo tempo, sacou o lateral-esquerdo Trauco e colocou o atacante Vinicius Júnior em campo. Xodó da torcida, o garoto de 17 anos criou uma oportunidade em seu primeiro lance, mas arrematou para fora. Aos 17, a chance veio de cabeça, mas ele errou o alvo.

Depois, foi a vez de o meia Éverton Ribeiro preencher a vaga deixada pelo volante Trauco. Mas o Flamengo, mesmo armado para atacar, deixou o desespero prevalecer e não conseguiu se organizar em campo.

Ministro da Defesa
Aos 38 anos, Juan segue com vitalidade de garoto. Com a defesa exposta após a primeira substituição promovida por Rueda, o Independiente achou espaço para contra-atacar e quase complicou ainda mais a situação rubro-negra aos 13 minutos. De frente para César, o atacante Gigliotti esperou a saída do goleiro e mandou de cavadinha para o gol. O experiente zagueiro não desistiu do lance e, em cima da linha, tirou para escanteio.

Susto com César

A tensão rubro-negra aumentou quando o goleiro César, ao sair da meta para interceptar um cruzamento, bateu a cabeça no chão e apagou por alguns segundos. Os jogadores pediram urgência no atendimento médico. Ele, no entanto, seguiu no jogo e ainda fez excelente defesa em cabeçada de Gigliotti à queima-roupa.

FLAMENGO 1 x 1 INDEPENDIENTE-ARG

Data e horário: 13 de dezembro de 2017 (quarta-feira), às 21h45 (de Brasília)
Local: Maracanã, no Rio de Janeiro
Público: 54.963 pagantes
Arbitragem: Wilmar Roldan, auxiliado por Alexander Guzman e Cristian de la Cruz (todos da Colômbia)
Arbitragem de vídeo: Daniel Fedorczuk, auxiliado por Nicolás Taran (ambos do Uruguai) e Roberto Tobar (Chile)
Cartões amarelos: Vinicius Júnior (Flamengo); Albertengo e Meza (Independiente)
Gols: Lucas Paquetá, aos 29 minutos do primeiro tempo; Barco (de pênalti), aos 39 do primeiro tempo

Flamengo
César; Pará, Réver, Juan e Trauco (Vinicius Júnior); Willian Arão, Cuéllar (Everton Ribeiro) e Diego; Lucas Paquetá, Everton e Felipe Vizeu (Lincoln)
Técnico: Reinaldo Rueda

Independiente-ARG
Campaña; Bustos (Gastón Silva), Franco, Amorebieta e Tagliafico; Domingo, Rodríguez, Meza (Sanchez Miño), Benítez (Albertengo) e Barco; Gigliotti
Técnico: Ariel Holan

Continuar lendo
Propaganda

Leia também

Mais lidas

Copyright © 2017 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.