Conecte-se agora

Daniel Zen afirma que projeto para salvar servidores do Pró-Saúde “é uma quimera, uma falsa esperança”

Publicado

em

O líder do governo na Aleac, o deputado Daniel Zen (PT) procurou a reportagem de ac24horas para explicar o motivo de sua abstenção na votação na Comissão de Constituição e Justiça do Poder Legislativo, do parecer do projeto que tem como objetivo impedir a demissão dos 1.800 servidores concursados do Pró-Saúde.

O petista afirma que não protestou contra a aprovação da matéria que supostamente beneficiará os servidores ameaçados de demissão. Para ele, os apoiadores do PL estão equivocados. “Há diversas inconstitucionalidades presentes no PL, tanto por vício de iniciativa quanto no mérito”, alerta.

Segundo o parlamentar, “tem mais um agravante: se aprovado, o PL em questão causa aumento de despesa de pessoal para o Estado, porque as despesas com os servidores do Pró-Saúde, hoje, estão fora do computo do limite de gastos com pessoal da LRF e passariam para dentro do cálculo”, destaca Daniel Zen.

Ele destaca ainda que “o Estado está acima do limite prudencial. Nesse caso, além de usurpar a competência do governador, estaríamos também aprovando uma lei que aumenta despesa com pessoal quando estamos acima do limite da LRF. Daí a responsabilidade judicial, nesse caso, seria toda do presidente da Aleac”.

O governista alerta ainda que o projeto estaria dando falsas esperanças aos servidores que estariam acreditando que os deputados podem ajuda-los. “Essa suposta solução só vai causar mais sofrimento a esses pais e mães de família. Porque, ao final, não terá efetividade. É uma quimera, uma falsa esperança”.

Leia mais:

Projeto que impede demissão de servidores do Pró-Saúde é aprovado na CCJ da Aleac

Propaganda

Destaque 6

Hospital de Amor inaugura na próxima semana em Rio Branco

Publicado

em

O Acre terá, a partir do dia 20 de novembro, uma nova porta de apoio à prevenção e controle dos cânceres: o Hospital de Amor. A nova unidade de saúde deve ser inaugurada na próxima semana em meio à dificuldade que pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) estão tendo para manter os tratamentos contra a doença.

Fruto de uma negociação face uma multa trabalhista imputada ao Estado do Acre, o hospital teve as obras iniciadas em 2017, e está com o cronograma se fechando em tempo recorde para uma construção desse porte no Acre. Foram mais de R$ 100 milhões investidos na estrutura da unidade.

O que chama a atenção no novo serviço hospitalar acreano, é que além da unidade fixa na Via Verde, no 2º Distrito da Capital, o Hospital de Amor também terá veículos que vão circular pelos municípios acreanos oferecendo ações de prevenção contra os canceres do Colo do Útero e Mama.

Com o trabalho itinerante será possível, ainda, realizar os exames preventivos de mamografia e Papanicolau (PCCU) nas mulheres que possuem de 40 a 69 anos [no caso do câncer de mama] e de 25 a 64 [no caso do câncer de colo de útero]. E os veículos já estão em solo acreano.

Continuar lendo

Destaque 6

Após receber parte dos salários, médicos voltam aos trabalhos

Publicado

em

Os médicos do Hospital do Juruá, que estavam há dois meses sem salários, reiniciaram os atendimentos ambulatoriais nesta quarta-feira, dia 14, após o repasse de parte dos salários de setembro. A decisão de cruzar os braços foi tomada na terça-feira, dia 13.

Mesmo com os salários atrasados, os médicos mantiveram os atendimentos no setor de emergência da unidade de saúde. Internamente, os setores de Terapia Intensiva e clínicas também mantiveram as atividades normais.

O hospital recebe recursos via Secretaria de Saúde do Acre (Sesacre), para atender pacientes do Serviço Único de Saúde (SUS), contudo, os salários de setembro e outubro não foram pago. após acordo para pagar parte do mês de setembro, o Estado não cumpriu e os trabalhadores entraram em greve.

Continuar lendo

Destaque 6

Polícia prende suspeitos de roubo e associação criminosa na Capital

Publicado

em

Após uma ação deflagrada na tarde de segunda-feira (12), no Conjunto Habitacional Cidade do Povo, a Polícia Civil conseguiu recuperar uma moto oriunda de roubo e ainda prender pessoas suspeitas pela prática , todos estavam em uma residência no bairro.

A moto havia sido roubada na manhã de segunda-feira em uma rua próximo a antiga faculdade Betel, e após receberem informes, os investigadores se deslocaram até a residência dos suspeitos onde encontraram a moto, além dos pertencentes pessoais da vítima concretizando o envolvimento dos que estavam na casa no crime de roubo.

Foram flagranteados, Assis Alex Rodrigues, Edney Lucas de Souza, João Paulo de Assis, Antônio Railan Ferreira, Esmailon da Costa e Alexandre Rodrigues.

Na casa também forma encontrados uma arma de fogo, celulares, dinheiro e uma arma branca.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Continuar lendo
Propaganda

Leia Também

Mais lidas

Copyright © 2017 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.