Conecte-se agora
Fechar

Cidades

Condel aprova Plano de Aplicação do Fundo Constitucional de Financiamento do Norte para o exercício de 2018

Publicado

em

Na última sexta-feira (1º) ocorreu a 17ª Reunião Ordinária do Conselho Deliberativo da Sudam, responsável por estabelecer as diretrizes para aplicação dos recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Norte, o
FNO. Realizada no auditório da superintendência, a reunião contou com a participação do ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, do superintendente da Sudam, Paulo Correa, do presidente do Banco da Amazônia, Marivaldo Melo, governadores de Estados amazônicos e outras autoridades que compõem o Condel.

Na ocasião foram apreciadas onze proposições, com destaque para as de números 96 e 102, aprovadas sem ressalvas, que tratam da Proposta de Aplicação de Recursos Financeiros do FNO para o exercício de 2018 e o Relatório das Atividades Realizadas e dos Resultados Obtidos do FNO – 1º Semestre/2017. Em 2018, o Banco da Amazônia aportará no desenvolvimento regional R$ 5,1 bilhões por meio do FNO.

Entre as matérias do Plano de Aplicação 2018 que mereceu ampla discussão está o financiamento a estudantes por meio dos recursos do FNO, com base no novo Programa de Financiamento, o FNO-FIES. O presidente do Banco da
Amazônia chamou atenção aos representantes dos Estados sobre a retroalimentação dos recursos do FNO, em virtude do Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) apresentar um índice de inadimplência girando em torno de 48%.

“A iniciativa do FNO-FIES é boa, mas ressaltamos o risco que o agente operador corre caso não haja o retorno dos recursos para o FNO. O Banco da Amazônia responde pelos riscos operacionais igual a um banco privado,
mesmo sendo uma instituição financeira pública”, salientou Marivaldo Melo, que destacou, ainda, que o orçamento de R$ 234 milhões dotado para o financiamento do FNO-FIES equivale a 4,5% do total de recursos do FNO previstos para 2018, orçado em R$ 5,1 bilhões. Para executar o Programa FNO-FIES, o Banco da Amazônia deve, inicialmente, realizar contratos com outras instituições financeiras.

Para o governador de Rondônia, Confúcio Moura, os recursos do FNO devem permanecer somente com os Estados da Região Norte. Ele elogiou, ainda, a Proposição de Nº 100, feita pela SUDAM, ainda no âmbito do FIES, que trata
de um Estudo Técnico Regional que aponta as áreas prioritárias para a eleição de cursos que devem ser priorizados na Região Amazônica nos financiamentos a estudantes regularmente matriculados em instituições de ensino superior,
não gratuitas, tanto com recursos do FNO como do FDA. O tema também mereceu destaque da vice-governadora do Tocantins, Claudia Lelis, que defendeu a ideia de que “os recursos devem servir apenas às vocações regionais”.

Energia Fotovoltaica
Outro ponto discutido na reunião do Condel foi o financiamento ao setor de Energia Fotovoltaica. O presidente do Banco da Amazônia foi muito aplaudido quando defendeu a importância de se ampliar a energia fotovoltaica a todo
cidadão que queira fazer uso, por meio do FNO, desse tipo de energia. “A medida será importante tanto para o Banco, enquanto financiador de energia limpa, quanto para a população que queira instalar em sua residência placas solares para uso desse tipo de energia. Ambos contribuindo, assim, para uma Amazônia sustentável”, afirmou Marivaldo Melo.

Cidades

Traficante procurado pela justiça é preso pela Polícia Civil em Mâncio Lima

Publicado

em

Com dois mandados de prisão em aberto, acusado de homicídio, tráfico de drogas e participação em organização criminosa, Diego da Silva Lima, vulgo “maradona” foi preso pela Polícia Civil em Mâncio Lima, na manhã desta terça-feira, 20.

Diego era um dos traficantes mais procurados por todas as forças policiais na região do Juruá, por ser o principal intermediário entre traficantes peruanos e brasileiros, negociando grandes quantidades de drogas.

Há mais de três anos a Polícia Civil investigava esse criminoso, que era o responsável por abastecer a maioria das bocas de fumo da região do Juruá e também tinha ramificações com traficantes das demais regiões do Acre e de outras unidades da federação.

Devido ao poderio alcançado no mundo do crime, Diego, recentemente se tornou conselheiro de uma organização criminosa, e desde então, passou a ter controle sobre outros criminosos, mandando-os cometer crimes de roubos e homicídios.

Diego é suspeito de ter participado da morte de um adolescente de 14 anos de idade. O crime ocorreu no dia 30 de dezembro do ano passado, tendo ligação com a guerra entre facções e o domínio do tráfico.

Este criminoso ainda não tinha sido preso, porque todas as vezes que a polícia tentava abordá-lo em flagrante, ele empreendia fuga pela mata, deixando para trás os veículos carregados com drogas.

O secretário de Segurança Pública, Emylson Farias, se pronunciou sobre a prisão desse elemento de grande poder lesivo para a sociedade.

“Que a prisão desse criminoso sirva de exemplo para outras pessoas que queiram entrar para o crime. As forças de segurança irão continuar com o trabalho de combate a criminalidade e ao tráfico de droga. Nos últimos quinze dias, mais de 150 pessoas já foram presas, e esse número tende a aumentar com as futuras ofensivas policiais em todo o Estado do Acre. Estamos fazendo nossa parte”, disse Emylson.

Continuar lendo

Cidades

Ao manusear bomba d’água, peão morre eletrocutado à beira de açude na zona rural de Sena Madureira

Publicado

em

Foi registrado o falecimento de um peão na fazenda do Ramal Linha Nova, na BR-364, Estrada de Sena Madureira, interior do Acre. Raimundo Nonato da Silva Araújo,45 anos, morreu eletrocutado ao manusear uma bomba d’água.

Ele tentava ligar a bomba debaixo de uma forte chuva, o que culminou com sua morte. o acidente fatal foi registrado nesta segunda-feira (19).

O corpo de Araújo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) para ser liberado aos familiares. A vítima foi encontrada caída ao lado do equipamento por um colega de trabalho.

Continuar lendo

Cidades

Ministro da Integração garante envio de materiais para famílias atingidas por enxurradas em Rio Branco

Publicado

em

O ministro da Integração, Helder Barbalho, garantiu em reunião com o governador Sebastião Viana, em Brasília, nesta terça-feira, 20, o envio de mil cestas básicas, mais de 700 kits de limpeza, além de kits de higiene e colchões para as famílias de Rio Branco atingidas pela cheia do rio Acre e pelas enxurradas de igarapés ocorridas durante uma forte chuva na semana passada.

“Rio Branco terá o atendimento e atenção do governo federal. Já autorizamos, e estão em fase de deslocamento, utensílios para atender as famílias atingidas. Com isto, unindo esforços com o governo do Estado e o governo municipal, vamos assegurar uma plena resposta e que essas famílias diminuam o sofrimento”, garantiu Barbalho ao governador.

A chuva que alagou ruas e casas em 20 bairros e interditou vias importantes na capital do Acre foi a maior já registrada em um mês de fevereiro: 276 milímetros em dez horas, segundo a Defesa Civil. Esse volume foi suficiente para desabrigar centenas de famílias.

“O ministro já atendeu o pedido da capital e enviou os materiais para socorro e redução dos danos das famílias que foram atingidas pela cheia intensa de 20 igarapés dentro da cidade de Rio Branco, que não tiveram capacidade de drenar as intensas chuvas em tão poucas horas”, lembrou o governador.

Continuar lendo
Propaganda

Leia também

Mais lidas

Copyright © 2017 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.