Conecte-se agora

Ações educativas marcam 16 dias de ativismo pelo fim da violência contra as mulheres em Rio Branco

Publicado

em

A secretaria adjunta de Mulher (SEMAM) em ação conjunta com a secretaria municipal de Saúde (SEMSA) e parceria com o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Políticas para as Mulheres (SEPMulher), realizou nesta quarta-feira, nova ação educativa no calçadão da Benjamim Constant.

A abordagem rápida também chamadas “pit stop” prevê a distribuição de material informativo e orientação sobre os direitos da mulher. A ação integra a Campanha 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres. O objetivo é informar sobre a rede de atendimento e serviços disponibilizados às mulheres em situação de violência.

“Com esse intuito, para a realização das abordagens priorizamos locais de maior movimentação, onde há sempre grande fluxo de pessoas”, informou a secretária Adjunta da Mulher, Lidianne Cabral.

Dona Iraci Souza, 74 anos mãe de oito filhos destacou a importância da ação. “Com esse trabalho a gente fica sabendo a estrutura que tem para ajudar uma mulher a sair de uma situação de violência. São informações importantes que vou levar para meus filhos e filhas. Eu nasci no seringal, fui casada com um marido violento, consegui me separar, mas muitas mulheres não tem essa força, precisam de ajuda”, disse.

Para seu Aurismar Reis, o trabalho educativo é necessário. “Fui casado 43 anos, nunca levantei a mão para minha mulher. Sou contra todo tipo de violência principalmente contra a mulher. Hoje o cidadão namora uma mulher e já quer tirar a vida dela. Não pode. Esse é um trabalho importante e necessário”, destacou.

De acordo com a secretária da Mulher, em Rio Branco, o registro do número de casos tem diminuído, “ainda assim, não dá para pensar em baixar a guarda. Sabemos que o enfretamento à violência ainda é um desafio, precisamos nos manter vigilantes”.

16 Dias de Ativismo

A Campanha 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres é uma mobilização anual que envolve poder público e sociedade civil. Lançada em 1991 ganhou adesão mais de 160 países. Mundialmente, a atividades iniciam em 25 de novembro, Dia Internacional da Não Violência contra a Mulher e encerram no dia 10 de dezembro, Dia internacional dos Direitos Humanos.

No Brasil, a campanha acontece desde o ano de 2003. Para destacar a discriminação contra mulheres negras, a atividades iniciam no dia 20 de novembro, Dia da Consciência Negra e encerram no dia 10 de dezembro quando é celebrado o Dia Mundial dos Direitos Humanos.

Em Rio Branco esta campanha foi aberta no dia 20 de novembro. A ações educativas incluem abordagens rápidas, palestras e caminhadas.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Propaganda

Destaque 7

Prefeitura de Brasileia realiza ação em alusão ao Novembro Azul

Publicado

em

A Prefeitura de Brasileia, através da secretaria de saúde, realizou na manhã de quarta-feira (14), no Centro de Convivência do Idoso uma série de atividades com os funcionários da secretaria de obras em alusão a importância do novembro azul.

O objetivo é desenvolver e promover o cuidado a saúde do homem, que na maioria das vezes não veem a necessidade de cuidados médicos. A importância do novembro azul é mostrar para todos que a saúde é para todos e eles podem buscar este atendimento sempre que achar necessário desde uma simples conversa a um diagnóstico sobre qualquer situação.

Foram realizados os seguintes atendimentos: testes rápidos de HIV, SÍFILIS e HCV. Ao todo foram feitos 156 testes destinado aos servidores da prefeitura. As equipes da saúde estarão realizando palestras sobre a saúde do homem e saúde bucal nas Unidades Básicas de Saúde (UBS), além de visita nas rádios, escolas e empresas privadas.

Novembro Azul

É uma campanha de conscientização realizada por diversas entidades no mês de novembro dirigido à sociedade e, em especial, aos homens, para conscientização a respeito de doenças masculinas, com ênfase na prevenção e no diagnóstico precoce do câncer de próstata.

Continuar lendo

Destaque 7

Em vídeo, pastor agredido em assalto pede ajuda aos “irmãos”

Publicado

em

Um vídeo passou a circular nas redes sociais na segunda-feira e mostra dois homens que seriam moradores do bairro Calafate em desespero, um ao lado do outro com duas cabeças esvairadas em sangue, informando terem sido vítimas de um assalto.

O homem de branco seria o pastor Joseas Cosmo, e faz um trabalho social nos presídios pregando o evangelho aos detentos. O crime teria acontecido ontem (12) em uma lojinha de roupa que funciona no Conjunto Waldemar Maciel, em Rio Branco.

No vídeo ele mostra ter sido agredido junto com o outro homem chamado Irineu Arruda, e reclama o ocorrido fazendo um apelo aos próprios detentos pra que ajudem a conter a criminalidade.

“Acabei de ser assaltado aqui meus irmãos, olhem como está minha cabeça. Vocês me conhecem, meus irmãos, eu faço um trabalho dentro do presídio pregando a palavra de Deus para vocês. Ajude nos aqui meus irmãos tô todo espocado aqui. Que Deus lhes abençoem”, diz no vídeo.

A redação tentou entrar em contato com as autoridades policiais para saber se estão cientes da situação e o caso está sobre investigação da Quarta Regional de Polícia Civil.

Continuar lendo

Destaque 7

Jenilson Participa de ação de saúde na Zona Rural de Assis Brasil

Publicado

em

O deputado estadual e médico Jenilson Leite (PCdoB) foi ao município de Assis Brasil, localizado na fronteira do Brasil com o Peru, no último fim de semana participar de uma ação de saúde, na qual contemplou as comunidades rurais São Felix, Humaitá, Erecer e ramal 17.

Após o resultado das urnas do dia 07 de outubro, o parlamentar que foi reeleito com mais de oito mil votos, tem ido a cada cidade do estado agradecer os votos, e participar de agendas de trabalho que foi uma constante ao logo do seu mandato.

A ação de saúde promovida na sexta-feira (09) nas comunidades rurais de Assis Brasil teve como foco principal a saúde do homem, que teve direito a exame exames especializados, em função da campanha “novembro azul”, cujo objetivo é conscientizar as pessoas do sexo masculino acima de 40 anos de idade a realizarem o exame do câncer de próstata. Já o público feminino, além das consultas médicas na área de clínica geral e infectologista, também usufruiu da realização de ultrassonografia de mama.

O evento foi organizado em parceira com a vereadora Toinha Cavalcante e o presidente da Associação Comercial de Assis Brasil, Jesus Pilique. Mais de duzentas pessoas foram contempladas com os atendimentos.

Para o deputado Jenilson Leite, retornar ao município de Assis Brasil fazendo aquilo que ele gosta de fazer, ou seja, atender o povo na qualidade de médico, é sempre um ato de humanismo que pretende sempre fazer independe de estar ocupando cargo público. Pontuando ainda, que é um gesto de agradecimento pela generosidade que o povo acreano tem demonstrado por onde ele anda. “Quando eu assumi o mandato, eu coloquei a disposição do povo acreano, principalmente naquilo que eu mais sei fazer, que é atender as pessoas na qualidade de médico. Priorizando sempre os cidadãos que tem menos acesso ao atendimento oferecido pelo estado. Talvez, pelo que venho fazendo, aonde ando o povo me abraça, eu o que posso fazer é retribuir”, enfatiza o deputado.

Continuar lendo
Propaganda

Leia Também

Mais lidas

Copyright © 2017 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.