Conecte-se agora

Enquanto os bestas brigam nas redes sociais os políticos se confraternizam

Publicado

em

Falta de tolerância com quem pensa diferente. Esse é o problema que estamos enfrentando atualmente no Acre que pode ter consequências terríveis no futuro. E, sobretudo, na política a intolerância tomou contornos de horror. Quem apoia o candidato A e o partido B acha que é dono da razão, da verdade absoluta e julga os outros como “inimigos” que devem ser exterminados. Porque pensar diferente e ter outra ideologia é uma afronta. Uma verdadeira imbecilidade que campeia as redes sociais. Enquanto isso, os dias que passei em Brasília convivendo com os deputados federais e senadores da bancada acreana constatei uma verdadeira “camaradagem” entre todos. Não existe ódio. Cada um tem a sua base eleitoral, o seu partido, as suas pretensões e fazem um jogo para continuarem com os mandatos. Se tratam bem e com respeito, às vezes, uma exceção momentânea, mas longe do ódio destilado nas redes sociais por alguns militantes. Numa reunião vi os senadores Jorge Viana (PT) e Petecão (PSD) mais os deputados federais Léo Brito (PT), Angelim (PT) e César Messias (PSB) recebendo com cordialidade os prefeitos de oposição Marilete Vitorino (PSD) de Tarauacá e André Maia (PSD) do Quinari. Também estavam na roda os gestores do Bujari, Romualdo Araújo(PC do B) e de Epitaciolândia, Tião Flores (PSB), todos “amigos” entre si. Depois o senador Gladson Cameli (PP) se confraternizou com a prefeita de Brasiléia, Fernanda Hassem (PT), que estava acompanhada do deputado federal Moisés Diniz (PC do B). Dá pra entender que os opostos na política podem se respeitar em prol da população? Vou dar mais um exemplo, nesse final de semana o prefeito de Sena Madureira, Mazinho Serafim (PMDB) recebeu muito bem o senador Jorge Viana (PT) para inaugurar um mercado fruto de uma emenda dele. O Isaac Lima (PT) de Mâncio Lima sempre abre as portas para as ajudas da deputada federal Jéssica Sales (PMDB) e do Major Rocha (PSDB). Só os bestas que veem maldade em tudo e estão na periferia da política é que travam essa guerra insana pela internet. Essas trocas de ofensas já deveriam ter ficado pra trás há muito tempo em época de crise política e econômica. Paz meus amigos e minhas amigas.

Mudando de casa
O ex-deputado federal Taumaturgo Lima vai se desfiliar do PT nos próximos dias. Não decidiu ainda para que partido vai. Tem vários convites. Tampouco resolveu se será ou não candidato em 2018. Mas uma coisa é certa, vai apoiar a reeleição do primo deputado estadual Jonas Lima (PT).

Carta marcada
Taumaturgo já não participava da vida partidária do PT há muito tempo. Era um “patinho feio” entre os vermelhos. Como é amigo pessoal do Gladson Cameli sempre foi visto com desconfiança. Mas Taumaturgo pode ir para um partido da FPA, ainda que não descarte escolher um da oposição.

Papo de político
Ao final da eleição de 2014 o candidato derrotado ao Governo, Márcio Bittar (PMDB) estabeleceu uma amizade forte com o Petecão. Segundo uma fonte chorou muitas mágoas. Assumiu compromissos verbais etc e tal. Mas agora é cada um para o seu lado. Salve-se quem puder. Amizade é uma coisa, já os votos são outra.

Chiadeira
Recebi vários telefonemas de militantes da FPA do Juruá reclamando da indicação para vice do Marcus Alexandre (PT), do Emylson Farias (PDT). Acham que faltou diálogo com os partidos da região. Sempre tiveram um nome representando o Juruá nas chapas majoritárias, o que não aconteceu desta vez.

Armadilha para desarmar
O Marcus tem que trabalhar rápido no Juruá para não ver uma debandada de políticos em direção ao Gladson e ao Coronel Ulysses na região. O jogo será pesado para se conseguir apoios. E os 18% de eleitores do Juruá numa eleição que promete ser muito disputada podem ser decisivos.

Fato
Um outro detalhe importante. As prefeituras de Cruzeiro do Sul, Rodrigues Alves e Porto Walter têm prefeitos da oposição. A única do PT é Mâncio Lima. E quem não conhece o “bairrismo” do povo do Juruá? Claro que se esses prefeitos oposicionistas não estiverem bem, em 2018, o efeito pode ser contrário. Mas é um caso a se pensar…

Assim é se lhe parece
A filiação do médico e empresário Eduardo Veloso ao PSDB foi uma decisão do Gladson. Se não tiver nenhuma reviravolta deverá ser o seu vice. Mas como ainda falta muito tempo para as convenções partidárias e política é como nuvens que mudam de direção a cada minuto melhor não afirmar nada.

Muito cedo
Essa divulgação de que o Gladson já contratou marqueteiros para a pré-campanha é uma precipitação. É o tipo da coisa que se for verdade deveria ficar nos bastidores. Não é uma coisa atraente para o eleitor.

O “cara” da FPA
O ex-deputado Tchê, presidente do PDT, parece ser um dos caras com maior prestígio junto aos caciques da FPA. Vai emplacar o vice do seu partido e, agora, ainda quer a “chapinha” para deputado federal. Parece que as “ameaças” do Tchê estão surtindo efeito.

Cheiro de vitória
A “chapinha” do Tchê pode tirar muita gente importante do PT do jogo da reeleição. Olha que time forte: Manoel Marcos (PRB), Jesus Sergio (PDT), Henrique Afonso (PV), Fernando Melo (Pros), Eber Machado (PDT), Jarbas Soster (PHS). Dessa turma dois poderão ser eleitos.

Entre a política e a espiritualidade
Estarei lançando o meu livro O Despertar de Homens Comuns – Em Busca do Propósito com Sri Prem Baba (Editora Best Seller), nesta terça, 28, às 19hs, na Biblioteca do Senado Federal, em Brasília. Farei uma palestra sobre A Política e o Dharma (A Ação Correta). Além de mantras e uma meditação no coração do Congresso Nacional evocando luz e paz às mentes nesse momento político obscuro e intolerante que atravessamos. É aquela história do beija-flor que tentava apagar o incêndio na floresta levando água no seu pequeno bico e jogando nas chamas. Perguntaram a ele: “Beija Flor você tem a pretensão de apagar um incêndio tão grande com esse tantinho de água que carrega no seu bico?” Então o Beija Flor respondeu: “Estou fazendo a minha parte. Por que você também não faz a sua?”

Jay Jay

Propaganda

Coluna do Nelson

Conflito entre PT e oposição sobre a violência só complica mais a situação

Publicado

em

Continuar lendo

Coluna do Nelson

Marina Silva virá ao Acre para fortalecer campanha de Minoru ao Senado

Publicado

em

Continuar lendo

Coluna do Nelson

Insatisfações de aliados poderão mudar o candidato a vice de Marcus

Publicado

em

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2017 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.