Conecte-se agora
Fechar

“Quem é o Acre na fila do pão quando o assunto é a redução da emissão de carbono?”

Ray Melo, da editoria de política do ac24horas

Publicado

em

Bom dia! Boa tarde! Boa noite!

O questionamento é de uma autoridade acreana durante uma conversa descontraída sobre a viagem de uma comitiva do Acre para participar da Conferência do Clima COP23, em Bonn, na Alemanha. Não vou divulgar o nome dessa autoridade, já que não deixei claro que estaria fazendo um material jornalístico, mas vou colocar alguns pontos curiosos do bate-papo. “A piada da semana é a redução de carbono pelo Acre. Reduzir carbono onde não há atividade econômica é mole”, disse a pessoa que ocupa cargo importante no organograma dos poderes do Estado. Para essa autoridade, o protagonismo mundial que o governador Sebastião Viana, do PT, tenta passar na redução de carbono só existe na cabeça dele, “porque o Acre não tem produção econômica industrial relevante para a produção de carbono. Puro delírio”.

Eu, particularmente, discordo. Vai que os peixes das centenas de tanques espalhados pelo Estado, porcos da Dom Porquito e os frangos da Acreaves, que fazem parte dos fantásticos projetos de economia sustentável mantidos pelo governo petista façam emissão de gases quando soltam flatulências (liberação, voluntária ou não, de ar contido na porção final do intestino) mais conhecido no Acre como peido. Também acredito que o fato de nenhuma indústria vir se instalar na Zona de Processamento de Exportação (ZPE) ajudou muito a reduzir a emissão de carbono. Deixando meus elogios ao governador dos governadores de lado e voltando ao papo com nossa autoridade, ela afirma ainda que os números de redução de desmatamento apresentados pelo governo petista são irreais, “porque duvido que haja redução do desmatamento”.

“Os projetos de manejo sustentável camuflam e legalizam o desmatamento. O pequeno não pode retirar uma árvore para construir sua própria casas, mas os grandes, que desembolsam pequenas fortunas para bancar campanhas, estão levando a nossa madeira. Basta você passar uma tarde às margens das rodovias que perceberá que passam dezenas e dezenas de caminhões com toras de madeira. Nossos governantes mentem para o povo e mentem nos eventos sobre o clima, mas também são massa de manobra nas mãos dos países desenvolvidos que os compram com migalhas para continuarem respirando o oxigênio produzido pelas florestas brasileiras. Fazendo um trocadinho, Bonn mesmo é para Alemanha que desmatou, desenvolveu suas potencialidades e agora paga baratinho pelo oxigênio do terceiro mundo”.

Novamente: Eu, particularmente, discordo. O nosso líder maior, o governador dos governadores Sebastião Viana – defensor de Lula – transformou o Acre na capital mundial da economia sustentável, modelo para os EUA, Alemanha, China, França, Peru, Itália, Israel, Bolívia, Vietnã, Coreia do Sul, Cuba, Rússia, Colômbia e Marte, além de referência para União Europeia. Ele reinventou o conceito de criação de galinha, porcos e peixes. Revolucionou as plantações de coqueiros. Permitiu a instalação de uma madeireira portuguesa às margens de um rio em Manoel Urbano. Fez mais viagens internacionais que o ex-presidente Lula. Tudo isso para apresentar esse novo Estado ao mundo, o melhor lugar para se viver na Amazônia. Ele é um verdadeiro midas. Tudo que ele toca vira desenvolvimento sustentável. Arrocha, Sebastião!

Um toque inesquecível

Ironia do destino: Atolados, irmãos
Forneck recebem ajuda da oposição


Olha a falta que faz o projeto Ramais do Povo, aquele anunciado que não saiu do papel. As primeiras chuvas demonstram que o inverno poderá ser um dos mais rigorosos dos últimos anos, apresentando sérias dificuldades para os produtores rurais de Rio Branco. No último sábado, produtores do ramal Santa Clara – que fecharam a AC 10 recentemente em protestos conta as péssimas condições da estrada – prestaram ajuda ao vereador Rodrigo Forneck (PT) e o irmão, Gabriel Forneck, Superintendente da RBTRANS. Os dois retornavam de uma visita às obras de recuperação da estrada, quando atolaram a caminhonete. Manoel Maia, o produtor rural que emprestou uma corda para puxar o carro do vereador Rodrigo, não perdeu a oportunidade de cobrar melhorias ao Superintendente da RBTRANS, Gabriel Forneck, que buscou ajuda em sua Chácara.

“Essa corda eu sei que não volta, mande ela para o Fadel, esse secretário que nós cansamos de procurar para ajeitar esse ramal e ele nunca deu ouvidos à nossa reivindicação”, desabafou o produtor. Na Chácara de Maia, estavam reunidas lideranças da oposição que não se esquivaram de prestar ajuda aos companheiros petistas. Entre elas, o médico e pré-candidato à vice, pelo PSDB, Eduardo Veloso, foi um dos que meteram o pé na lama para desatolar a caminhonete. Segundo Eduardo Veloso, Forneck garantiu que vai devolver uma corda nova ao produtor. Para Veloso, o vereador comunicou que as máquinas estão arrumando o ramal até a AC 10. O limite ainda pertence ao município de Rio Branco.

Operação Buracos

Recentemente, a Policia Federal desencadeou a Operação Buracos que investiga o desvio de recursos públicos no Departamento de Estradas e Rodagens do Acre (Deracre) e n Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), em Rondônia, que chegam a R$ 700 milhões. O dinheiro desviado era para obras de construção, pavimentação, conservação e recuperação de rodovias federais. Desse montante, segundo a Polícia Federal, R$ 200 milhões eram destinados à melhoria de estradas vicinais, um contrato com o Instituto de Colonização e Reforma Agrária (INCRA). A investigação promete novos desdobramentos.

Para não levar um capote de votos leia esse
livro. Nada de fazer piadas e dizer que a autora
só leu depois das eleições municipais 2016!

Blog do Ray

O deputado que mais reclama e denuncia problemas na saúde é da base de Sebastião Viana

Ray Melo, da editoria de política do ac24horas

Publicado

em

Continuar lendo

Blog do Ray

A tristeza do palhaço

Ray Melo, da editoria de política do ac24horas

Publicado

em

Continuar lendo

Blog do Ray

Nelson Sales afirma: “terceirização vai transforma Huerb em cabide de emprego”

Ray Melo, da editoria de política do ac24horas

Publicado

em

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2017 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.