Conecte-se agora
Fechar

Deputado Jenilson Leite leva reivindicações dos produtores rurais de Jordão ao superintendente do Basa no Acre

Publicado

em

O deputado estadual Jenilson Leite (PCdoB) se reuniu com o superintendente do Banco da Amazônia no Acre, André Luiz Rodrigues Vargas. Na pauta do encontro, ocorrido na segunda-feira (13), o parlamentar apresentou a Vargas as reivindicações dos produtores rurais de Jordão que pedem agilidade na liberação dos empréstimos referentes aos Programas Mais Alimento e o Pronaf.

A solicitação do deputado ao gestor do banco de fomento no Acre para que haja agilidade na liberação dos recursos aos produtores jordanenses, atende ao pedido da presidência do sindicato dos trabalhadores rurais do município.

Os programas de fomento Pronaf e Mais Alimentos contemplam agricultores familiares assentados pelo Programa Nacional de Reforma Agrária (PNRA) ou beneficiários do Programa Nacional de Crédito Fundiário (PNCF) que não contrataram operação de investimento sob a égide do Programa de Crédito Especial para a Reforma Agrária (Procera) ou que ainda não contrataram o limite de operações ou de valor de crédito de investimento para estruturação no âmbito do Pronaf. Outro requisito para receber o benefício, é ter obtido renda familiar anual menos do que vinte mil reais.

Estes programas tem objetivos estimular a geração de renda e melhorar o uso da mão de obra familiar, por meio do financiamento de atividades e serviços rurais agropecuários e não agropecuários desenvolvidos em estabelecimento rural ou em áreas comunitárias próximas. O diferencial desses empréstimos é que os produtores contraem, são porque a maioria dos juros é pago pelo governo federal.

Segundo André Luiz, o trabalho obedece a protocolos e que o objetivo é esvaziar todas as demandas que já estão em andamento para dar continuidade às novas, pois a demora é por causa limitação operacional da unidade, pois há muitas propostas para serem avaliadas. Com relação aos produtores de Jordão, o superintendente respondeu que os processos serão reavaliados e até janeiro de 2018 dará uma resposta positiva aos beneficiários.

Para o deputado Jenilson Leite, a liberação desses recursos é de suma importância para que os produtores melhorem e aumente sua produção agrícola, por conseguinte, obtenha uma renda familiar maior, logo, com certeza melhorará também a vida dos beneficiados. “Além de beneficiar diretamente o pequeno agricultor, há também uma melhora no comércio local com a circulação do capital financeiro no município, por isso estamos aqui pedindo ao superintende do Basa que agilize os processos dos trabalhadores rurais de Jordão”, pondera o parlamentar.

 

Mais Informações

Destaque 6

Gladson Cameli pede ajuda do Ministério da Saúde para falta de medicamentos no Hospital do Câncer em Rio Branco

Publicado

em

Embora a falta de medicamentos para pacientes do Hospital do Câncer em Rio Branco, seja, segundo assessoria da Secretaria de Saúde do Estado, por falta de fornecedores interessados em participar das licitações, o senador Gladson Cameli (Progressistas) pediu hoje (16), atenção do Ministério da Saúde para o problema que atinge centenas de acreanos que precisam do tratamento.

Em Ottwa, no Canadá, onde representa o Senado no Parlamento Jovem Mundial, Cameli falou por telefone como o ministro Ricardo Barros. “Este foi um dos assuntos debatidos com a bancada de vereadores em Rio Branco e que eu me comprometi de tentar resolver junto ao Ministério da Saúde. Falei por telefone com o ministro Ricardo Barros e ele me afirmou que vai verificar o problema e buscar uma solução” disse o senador.

A unidade de saúde está sem medicamentos para os pacientes que fazem tratamento contra o câncer. Além da falta de quimioterápicos, o aparelho de radioterapia do local não está funcionando.

“O que não pode acontecer é a interrupção do tratamento por falta de medicamentos essenciais que deveriam ser comprados com recursos previstos no orçamento. O meu apelo junto ao ministro, que neste caso, não pode ser responsabilizado, é no sentido de buscar uma solução junto como Estado” comentou o senador.

Para Cameli a ingerência está clara ou na falta do medicamento ou na máquina de radioterapia ou quimioterapia que quebram. “Hoje mesmo recebi informações da deputada estadual Eliane Sinhasique que falta o medicamento 5-FU, usado para fazer quimioterapia e que o aparelho de radioterapia do hospital do câncer também está quebrado” concluiu o parlamentar.

Continuar lendo

Destaque 6

Após pôr em xeque documento da OAB, petista Rodrigo Forneck emite nota com ar de arrependimento

Publicado

em

O líder do PT na Câmara dos Vereadores, Rodrigo Forneck, emitiu nota de esclarecimento com ar de arrependimento sobre a declaração que deu nesta terça-feira, 14, quando pôs em xeque o chamado termo de compromisso assinado em 2016 entre a OAB e os candidatos à prefeitura de Rio Branco. O termo, em seu item seis, pedia ao candidato eleito que cumprisse o mandato até o final. Mas Forneck disse na sessão de ontem que o documento seria uma estratégia da Ordem para inviabilizar a candidatura de Marcus Viana ao governo em 2018. Ele disse isso depois que o oposicionista Roberto Duarte (PMDB), que também é advogado, afirmou na tribuna da Casa, que Marcus descumpre seu compromisso com a OAB.

Em sua nota, Forneck diz que a oposição faz politicagem com o termo de compromisso da OAB e que, ao contrário do que diz Duarte, “o Decálogo de Compromissos da OAB não impede o pré-candidato Marcus Alexandre de disputar cargos eletivos, mas o proíbe, sim, de assumir função comissionada no Estado”.

No final da nota, o líder do PT aproveita para fazer afagos na OAB. Ao dizer que “lamenta que membros da oposição se utilizem de uma instituição renomada e tão bem conceituada perante a sociedade para propagar desinformação. Por fim, reitera a confiança depositada na OAB/AC e desculpa-se por qualquer eventual mal entendido”, encerra.

O item seis do termo pedia aos candidatos “compromisso de respeitar o mandato recebido nas urnas, não abdicando do cargo para o qual concorreu e foi eleito, para assumir cargo de confiança junto ao Poder
Executivo”.

Ontem, antes da nota emitida, Forneck declarou que “naquele momento a população já dizia que o Marcus, eleito prefeito, seria um excelente candidato a governador. E a gente com a aquele clima, apareceu de uma hora pra outra esse termo de compromisso como uma boa estratégia de tentar inviabilizar esse momento de agora. É uma articulação que pode ser a OAB”.

Continuar lendo

Destaque 6

Deputado Major Rocha é destituído pelo presidente Michel Temer da vice-liderança do governo na Câmara

Publicado

em

O presidente Michel Temer destituiu o deputado federal Rocha (PSDB-AC) da função de vice-líder do Governo na Câmara dos Deputados. Em mensagem publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta terça-feira, 14, Temer pede à Casa que torne a indicação do parlamentar para o posto sem efeito.

O governo tem 15 vice-líderes na Câmara e Rocha era o único tucano na lista. Ele já vinha fazendo oposição ao Planalto e votou a favor do prosseguimento das duas denúncias da Procuradoria-Geral da República contra o presidente.

A saída do deputado do Acre ocorre um dia depois de o também tucano Bruno Araújo pedir para deixar o comando do Ministério da Cidades, alegando que não contava mais com o apoio de seu partido para continuar à frente da pasta.

Em um vídeo gravado na manhã desta terça-feira (14) Rocha historiou a nomeação dele para o cargo: “Após o impeachment houve um pedido para assumirmos para ajudar o novo governo, o qual trazia uma nova proposta de austeridade. Mas isso não aconteceu e, em seguida, pedimos a revogação da nomeação, pois já não acompanhávamos mais o governo”.

Rocha destacou ter sido pedida a revogação há um ano e somente agora foi atendida a solicitação. “Isso nos dá um conforto ainda maior. Votei contra ele [Temer] nos dois pedidos de investigação por acreditar não haver pessoas acima da lei e isso eu vou manter”.

O deputado destacou fazer parte de um grupo Tucano não identificado com o governo e salientou: “Recebo com tranquilidade e conforto essa ação do governo. Continuo como vice-líder do PSDB e, neste trincheira, vou defender a posição de nosso grupo, ou seja, o afastamento do governo Temer e novos rumos para o país”.

Continuar lendo
Propaganda

Leia também

Mais lidas

Copyright © 2017 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.