Conecte-se agora

Indicadores de outubro apontam Natal com mais contratações temporárias e consumo

Publicado

em

Segundo dados divulgados pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), na última semana, a projeção de vendas calculadas para o Natal, neste ano, deve movimentar R$ 34,7 bilhões, um avanço de 4,8% quando comparado ao mesmo período do ano passado em todo o País. De acordo com o assessor da presidência para assuntos econômicos, Alex Barros, os indicadores do mês de outubro foram recebidos com otimismo, já que aponta a volta do consumo das famílias, o início da retomada da economia e o aumento na contratação.

De acordo com Barros, na composição do Produto Interno Bruto (PIB), na ótica da demanda, o consumo da família apresenta um número satisfatório de 63,4%. “Isso demonstra a confiança das famílias para voltar a consumir. Um dos fatores que contribuíram para o resultado apresentado foi à taxa de inflação, medida pelo IPCA [Índice de Preços ao Consumidor] que, em 2016, apresentava uma taxa de 9,0% contra os 2,5% apresentados no mês de setembro do ano corrente. Juntado a isso, tivemos ainda, a queda do endividamento das famílias e uma inadimplência controlada”, afirma.

O assessor acredita ser esta a razão de o pessimismo, em relação ao futuro, começar a dar lugar a um otimismo moderado. “Exemplificado pelo comportamento do indicador de emprego, que registra, pela primeira vez desde novembro de 2014, mais empresas prevendo aumento maior que redução no quadro de colaboradores”.

Expectativa no aumento de vendas
Segundo Alex, o cenário atual apresenta uma tendência no aumento das contratações – principalmente temporárias – na microrregião de Rio Branco. “Que poderão chegar, numa variação absoluta, de 500 postos de trabalho. Isso acontece, principalmente, pela expectativa do aumento de vendas, com previsão de crescimento de 5% no Natal de 2017 em relação ao ano passado”, diz.

Este já seria, para o assessor, um excelente sinal, tendo em vista os resultados da Pesquisa Mensal do Comércio ainda em dezembro de 2016. “Que apresentou uma variação acumulada de 12 meses de -0,9%”, reitera.

Propaganda

Destaque 2

Vanderlei Thomas deixa Secretaria de Segurança do Acre e delegado Carlos Flávio assume

Publicado

em

O delegado Vanderlei Thomas se despediu nesta segunda-feira, 15, do cargo de secretário de Segurança Pública. Em aviso dado via Facebook, ele alegou “motivos pessoais” e aproveitou para agradecer aos operadores da segurança pública, amigos e sua família.

“Penso que cumpri minha missão. Espero ter cumprido com a sociedade acreana. Volto para minha função de origem e sempre estarei à disposição com humildade, seriedade, respeito, dedicação e profissionalismo”, disse.

No lugar de Thomas vai assumir o atual secretário de Polícia Civil, Carlos Flávio Portela, que vai acumular as duas Pastas.

Vanderlei Thomas passou a comandar a Secretaria de Segurança Pública em abril deste ano no lugar do seu colega de trabalho, o também delegado Emylson Farias, que deixou o cargo para virar vice na chapa do candidato Marcus Viana (PT), derrotado nas eleições do primeiro turno.

Com Thomas na Segurança, o Estado comemorou uma redução significativa no número de homicídios nos últimos meses. Mas foi também ele, em julho deste ano, que deu a polêmica declaração em entrevista à Rádio CBN de que o acreano deveria se acostumar com o conflito entre as facções criminosas. “Essa guerra se instalou e precisamos nos acostumar a ela”, declarou o delegado em entrevista a emissora de rádio.

Continuar lendo

Destaque 2

Candidatos derrotados nas eleições retornam para o primeiro escalão no governo Sebastião

Publicado

em

Pelo menos três candidatos derrotados nas eleições 2018 voltam a compor o primeiro escalão do governo Sebastião Viana nestes pouco mais de dois meses para o fim da gestão petista no Acre. As informações constam na edição do Diário Oficial do Estado desta segunda-feira, 15.

O procurador do Estado Cristovam Moura, que disputou uma das oitos vagas para Câmara e obteve apenas 5.587 votos, sendo o quarto mais votado da chapa do PDT que elegeu Jesus Sérgio a deputado federal, volta a comandar o Departamento Estadual de Estradas de Rodagem, Hidrovias e Infraestrutura do Acre (Deracre) no lugar de André Mansour, que deixa a pasta para para exercer o cargo de Diretor Executivo no Departamento Estadual de Pavimentação e Saneamento (Depasa).

Outro que retorna para o cargo de diretor-presidente do Instituto Sócio-Educativo foi o candidato derrotado Rafael Almeida, também do PDT, que teve 3477 votos, e teve seu candidatura barrada pelo Tribunal Superior Eleitoral. Se os votos de Almeida fossem validados, ele seria o mais votado na chapa pedetista para deputado estadual e conseguiria uma das 24 cadeiras na Assembleia. Ele briga, por meio de recursos, para que o TSE valide sua candidatura.

Sebastião José Araújo de Oliveira, que ocupava o cargo de direor-presidente do ISE, foi remanejado para a Secretaria do Meio Ambiente com salário de pouco mais de R$ 7 mil.

Amigo pessoal do governador Sebastião Viana, Glenilson Figueiredo, o Nil, volta a comandar o cargo de Diretor-Presidente do Instituto de Terras do Acre (Iteracre). Nil obteve 2.161 mil votos e não conseguiu se eleger na chamada chapa da morte formada pelo PT e PCdoB.

Continuar lendo

Destaque 2

Procissão do Círio de Nazaré levou milhares de fiéis às ruas e avenidas de Rio Branco neste domingo

Publicado

em

Milhares de fiéis caminharam pelas ruas e avenidas de Rio Branco neste domingo, 14, durante o Círio de Nazaré, padroeira da catedral católica da Capital.

O ato religioso começou na Gameleira com o encontro das imagens na beira do rio Acre. Os fiéis peregrinaram por parte das ruas 06 de Agosto, no 2º Distrito; Marechal Deodoro e avenida Brasil, no 1º Distrito, até a catedral Nossa Senhora de Nazaré, onde a procissão foi encerrada com uma missa.

A imagem de Nossa de Nazaré foi conduzida durante todo o trajeto em um veículo motorizado enquanto os fiéis com velas nas mãos cantavam louvores e rezavam.

Durante todo o Círio de Nazaré nas ruas centrais de Rio Branco, os fiéis mantiveram a tradição de segurar a corda do Círio, um forte símbolo de fé e devoção católica durante a peregrinação.

Na missa, no interior da catedral, as pessoas fizeram questão de ao menos tocar na corda , que simboliza a ligação umbilical entre Maria e seus filhos.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2017 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.