Conecte-se agora
Fechar

Após falta de material, Cruzeiro do Sul tem mutirão em emissão de carteiras de identidade que segue até sábado

Publicado

em

O setor de Identificação segue até o próximo sábado, dia 18, com um mutirão para emissão de carteiras da identidade. A proposta é conduzida pela Secretaria de Segurança Pública do Acre (SESP), na cidade, e deve receber no ponto de concentração, mais de duas mil pessoas.

A ideia é dar mais celeridade à emissão do documento essencial. Justamente por isso, sete funcionários estão disponíveis e atendendo os populares que se dirigem até à CEDUC, no município, onde são feitos os atendimentos. O mutirão atende moradores de todas as cidades da região.

O atendimento será sempre das 8h às 12 horas e das 14h às 17 horas. Já no sábado, o atendimento termina às 12 horas. É necessário levar Certidão de Nascimento ou Casamento (Cópia e Original); CPF original. – (não precisa cópia); Comprovante de endereço original (não precisa cópia); e uma foto 3 x 4 (colorida e atual).

Cidades

Em Xapuri,corrida de Sao Sebastião muda rotina da cidade

Publicado

em

As ruas de Xapuri ganharam uma movimentaçao diferente na manha deste sábado(20) com a II corrida em homenagem a Sao Sebastião, padroeiro da cidade.

58 atletas encararam os 9 km do percusso e firsm responsaveis por mudar a rotina da cidade.

A largada aconteceu as 7:30 em frente a igreja que leva o nome do Padroeiro.

Os atletas percorreram por tres vezes o mesmo trajeto da procissão.

Quando os participantes passavam na frente das casas eram aplaudidos e incentivados pelis moradores que ficaram na margem das ruas prestigiando o evento.

Muitos até ofereceram água para o atletas ao longo do percusso.

A chegada ocorreu no mesmo lugar do inicio, e no masculino teve dominio dos donos da casa.

Em primeiro lugar chegaram os irmaos Kelvin e Mauro Celio, que cruzaram a linha de chegada de maos dadas.

Em terceiro apareceu Sebastião Freire, seguido por Jairo Barbosa na quarta colocaçao e Jorge Viana. Completando o podium entre os homens.

Família Bolt domina o podium feminino

Entre as mulheres as representantes da Família Bolt, grupo de corrida de Rio Branco que levou dezoito atletas para a prova, dominaram a corrida.

Do primeiro ao quinto lugar, as divas Bolts dominaram e ocuparam todos os lugares no podiu.(veja classificaçao abaixo)

1- Irlandi Cardoso

2- Leida Farias
3-Thais Bestene
4-Artemisia
5- Maria Cleide

A corrida foi organizada e promovida pema prefeitura de Xapuri com apoio da Federaçao Acreana de Atletismo.

Continuar lendo

Cidades

Superintendência de Trânsito realiza manutenção em abrigos de ônibus

Publicado

em

A Diretoria de Transporte, da Superintendência de Trânsito de Rio Branco RBTRANS iniciou o trabalho de manutenção nos abrigos de ônibus. Realizada periodicamente, a conservação também abrange limpeza, pintura, troca de bancos quebrados, além da troca de telhas e até a relocação de abrigos, quando há necessidade.

De acordo com o Diretor de Transporte, Diego Parreira o objetivo do trabalho é proporcionar um maior conforto aos usuários que aguardam a chegada do transporte coletivo.

“A população é a principal prejudicada, quando um abrigo de embarque e desembarque é destruído. Afinal, é ela quem depende da estrutura ao utilizar o transporte público. Por isso, é necessário que todos façam bom uso da estrutura, pois assim, evitaremos grandes transtornos”, salienta o diretor.

O cronograma de serviço ocorre de acordo com as solicitações encaminhadas a diretoria de Transporte da RBTRANS. Segundo o último levantamento, realizado em novembro de 2017, Rio Branco possui 541 abrigos.

Nesta quinta-feira (18) a equipe finalizou a manutenção das paradas de ônibus na rua Minas Gerais. O grupo é formado por cinco pessoas que executam as ações seguindo um planejamento prévio, pois o serviço acontece por demanda, mas segundo o Diretor de Transporte, caso haja necessidade, esse cronograma pode sofrer alterações.

Continuar lendo

Cidades

Com vice Emylson Farias questionado, Marcus Viana condena uso eleitoreiro da segurança pública

Publicado

em

O prefeito de Rio Branco, Marcus Viana, não concorda com o uso político do tema segurança pública, embora saiba que esse é o calcanhar de Aquiles do atual governo e de sua candidatura, já que seu vice é o secretário de Segurança, Emylson Farias.

Ao ser perguntado na manhã desta sexta-feira, 19, se está preocupado com o inevitável reflexo negativo dos índices da violência em sua candidatura, Viana afirmou que é preciso separar política eleitoral do tema segurança pública. O prefeito aproveitou para dizer que no momento, na condição de chefe do Executivo Municipal, tem responsabilidades com serviços de infraestrutura da cidade e a preocupação com a cheia do rio Acre. A declaração do prefeito foi dada na antessala da Casa Rosada, logo após uma reunião fechada entre ele, o governador Sebastião Viana e Emylson Farias.

“Eu acho que a gente tem que deixar de lado no nosso dia a dia o pensamento de que a política está todo dia presente nas coisas que gente faz. Nós temos grandes responsabilidades. A prefeitura tem a responsabilidade nesse período de cuidar da cidade. Nós temos que tratar da enchente, temos que garantir a manutenção da cidade, nós temos que trabalhar o ano letivo que começa no final de fevereiro, início de março, temos que cuidar do plano de contingência, tem a questão do rio Madeira que tem que ser tratada como prioridade com a Agência Nacional de Águas e Ministério de Minas e Energia.”

Viana também destacou o trabalho das polícias no combate ao crime. “Temos o trabalho técnico a ser feito pelas forças de polícia, Polícia Militar e Polícia Civil. Nós nos orgulhamos das nossas polícias porque é uma das que mais atua e tem excelentes resultados ainda que tenham esses índices que todo dia as forças de segurança estão tentando combater.”

“Acho que a gente tem que deixar a política pra hora certa. O calendário eleitoral é pra quando chegar mais perto das decisões que vão ser tomadas no âmbito da política. A gente segue dialogando com os partidos, com os parceiros”, salientou.

Os números de assassinatos no Acre são assustadores nos primeiros dias de janeiro de 2018. Até esta sexta-feira, 19, foram registrados 34 homicídios.

Em 2016 foram mais de 300, contra mais de 480 em 2107 casos de homicídios no Acre.

Continuar lendo
Propaganda

Leia também

Mais lidas

Copyright © 2017 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.