Conecte-se agora
Fechar

Acre será palco do I Encontro de Práticas Organizacionais na Amazônia; confira

Publicado

em

A Universidade Federal do Acre (UFAC) sediará nos dias 23 e 24 de novembro o I Encontro de Práticas Organizacionais na Amazônia, da Sociedade Brasileira de Estudos Organizacionais (SBEO).

O evento tem como objetivo reunir pesquisadores de diversas áreas de conhecimento, tais como Administração, Ciência Política, Direito, Economia, Psicologia, Serviço Social, Sociologia, entre outras, interessados em estudar o tema da organização em suas diversas dimensões.

Estará na pauta de debate a criação de um espaço de compartilhamento sobre Práticas Organizacionais na região Amazônia. Serão debatidos temas, como: Estudos Organizacionais: de onde viemos e para onde vamos?; Neoliberalismos no Contexto Latino Americano; Apresentação de Trabalhos; Extrativismo e Dependência na América Latina.

Podem participar profissionais, professores e pesquisadores. As inscrições são gratuitas, no link: https://www.even3.com.br/sbeoamazonia

SOBRE A SBEO: é uma associação de pesquisadores que, dentre outras atividades, realiza o Congresso Brasileiro de Estudos Organizacionais (CBEO), evento que reúne acadêmicos de todo país e alguns convidados de redes similares na América Latina. Em sua quarta edição, realizada em Porto Alegre em 2016, o CBEO atingiu um público de 362 participantes. Ao realizar um balanço desses resultados, percebeu-se uma concentração significativa de pesquisadores da região Sul (56,7%) e uma baixa representatividade das regiões Norte e no Nordeste.

Propaganda

Destaque 3

Mega-Sena: ninguém acerta as seis dezenas e prêmio acumula em R$ 8,5 milhões

Publicado

em

Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 2.032 da Mega-Sena, que ocorreu na noite desta terça-feira (17) em Governador Valadares (MG). O prêmio acumulou.

Veja as dezenas sorteadas: 06 – 14 – 19 – 20 – 39 – 53.

A quina teve 27 apostas ganhadoras; cada uma vai levar R$ 41.286,89. Outras 2.075 apostas acertaram a quadra; cada uma receberá R$ 767,46.

Excepcionalmente, serão apenas dois sorteios na semana –o outro será na sexta (20). Os sorteios ocorrem normalmente às quartas e sábados. A mudança se dá em razão do feriado de Tiradentes, no próximo sábado (21).
No sorteio de sexta, o prêmio previsto é de R$ 8,5 milhões.

Para apostar na Mega-Sena
As apostas podem ser feitas até as 19h (de Brasília) do dia do sorteio, em qualquer lotérica do país. A aposta mínima custa R$ 3,50.

Probabilidades
A probabilidade de vencer em cada concurso varia de acordo com o número de dezenas jogadas e do tipo de aposta realizada. Para a aposta simples, com apenas seis dezenas, com preço de R$ 3,50, a probabilidade de ganhar o prêmio milionário é de 1 em 50.063.860, segundo a Caixa.

Já para uma aposta com 15 dezenas (limite máximo), com o preço de R$ 17.517,50, a probabilidade de acertar o prêmio é de 1 em 10.003, ainda segundo a Caixa.

Continuar lendo

Destaque 3

MP pede suspensão de lei que tentava impedir demissões no Pró-Saúde

Ray Melo, da editoria de política do ac24horas

Publicado

em

O Ministério Público do Estado do Acre (MPAC) entrou com uma Ação Direta de Inconstitucionalidade na Justiça, com pedido de Medida Cautelar para suspensão da eficácia da Lei Estadual no 3.375, de 19 de março de 2018, que alterou dispositivos da Lei no 2.031/2008, que instituiu o Serviço Social de Saúde do Acre Pró-Saúde, que transformava a empresa paraestatal criada na administração do ex-governador Binho Marques (PT) em autarquia estadual. O principal objetivo da lei era evitar a demissão de 1.800 servidores até 2019.

O Projeto de Lei de autoria do deputado Raimundinho da Saúde (Podemos), foi aprovado pela maioria dos deputados estaduais em votação no plenário da Aleac no ano passado. O governador Sebastião Viana, do PT, vetou a matéria e ameaçou ações de improbidade administrativa contra os deputados, caso seu veto fosse derrubado, mas os parlamentares derrubaram o veto governamental e promulgaram a lei para impedir a demissão dos servidores do Pró-Saúde, determinada pelo Tribunal Regional do Trabalho da 14ª Região (TRT 14).

O MP entrou em cena e pede a inconstitucionalidade da matéria, alegando que o PL apresenta vício de iniciativa, já que a iniciativa que gera despesas para o Estado foi apresentada por um deputado estadual, “quando lei que disponha sobre criação de cargos, funções ou empregos públicos na administração direta ou autarquia do Poder Executivo, ou aumento de vencimento e da despesa pública é de competência privativa do Governador do Estado do Acre, nos termos do art. 54, § 1.o, I e III c/c art. 78, III, ambos da Constituição do Estado do Acre”.

Segundo o pedido do MP, o projeto também é uma “violação da cláusula de reserva, prevista no art. 27, caput, I e II, e § 2o, da Constituição do Estado do Acre, em concordância com a regra do art. 37, II, da Constituição Federal, por tratar de matéria de organização administrativa, tendo em vista que uma de suas consequências práticas consiste na incorporação do quadro de pessoal do Pró-Saúde, pessoa jurídica de direito privado, ao quadro funcional da Administração Pública Estadual sem prévia aprovação em concurso público”.

Os servidores do Pró-Saúde são reconhecidos como pelo MP como empregados privados regidos pela Consolidação das Leis Trabalhistas. O MP alega que a Lei que instituiu o Pró-Saúde em 2008 especifica que o quadro de pessoal da paraestatal seria regido pela CLT, cuja admissão deveria ser precedida de processo seletivo. Enquanto a lei que alterou a natureza jurídica para autarquia, os servidores passariam a integrar o quadro efetivo do Estado sem aprovação em concurso público, implicando em aumento de despesas para Poder Executivo.

Já que a ação do MP vem acompanhado de pedido de Medida Cautelar para suspensão dos efeitos da lei e a matéria seria de relevante interesse de ordem pública, a ADIN deverá ser apreciada na primeira sessão seguinte do Tribunal Pleno. A Medida Cautelar na ação direta será concedida por decisão da maioria absoluta dos membros do Tribunal, observado o disposto no art. 22, após a audiência dos órgãos ou autoridades dos quais emanou a lei ou ato normativo impugnado, que deverão pronunciar-se no prazo de cinco dias.

Em caso de excepcional urgência deferir a medida cautelar sem a audiência dos órgãos ou das autoridades das quais emanou a lei ou o ato normativo impugnado. Apesar das inconstitucionalidade do PL, no final da tarde de terça-feira (18), o Sindicato dos Trabalhadores em Saúde do Estado do Acre (Sintesac) emitiu um comunicado alegando que o MP estaria “contrariando a esperança e perspectiva dos trabalhadores do Pró-Saúde, exercendo indiretamente a vontade do governo, cujo único fim é demitir, quase mil trabalhadores”.

O comunicado destaca que SINTESAC, SINDCONAM, SINDPROSAÚDE alega ainda que na época em que o Pró- Saúde foi criado, o projeto de lei estava eivado de vícios e ilegalidades, mas o MP não teria agido “com a mesma destreza e empenho”. Os sindicatos informam que estariam “movendo todos os meios legais, junto ao judiciário a fim de evitar que o desejo do governo, seja consolidado na ação do MPAC”. Os dirigentes sindicais ainda acreditam que o Judiciário poderá manter a lei que, em tese, impediria as demissões.

“Com isto, o manifesto convocado para o dia 19/04/2018, quinta feira em frente ao MPAC, esta cancelado e será feito em outra data, junto a Tribunal de Justiça do Estado do Acre. Nossa assessoria jurídica estará ainda esta semana se habilitando na ação, assim como impetrando mais duas ações que visam garantir a manutenção de todos os direitos dos servidores do PRO SAÚDE, inclusive a manutenção de seus empregos”, destaca o comunicado dos três sindicatos que se uniram para tentar manter os efeitos da lei aprovada e promulgada pela Aleac.

Continuar lendo

Destaque 3

Aberta seleção para contratação de estagiários em Administração e RH

Publicado

em

O Serviço de Integração de Estágio Profissional (Siep), da Federação do Comércio (Fecomercio), está recebendo currículo para contratação de estagiários dos cursos de Administração e Recursos Humanos.

Os estudantes devem está regularmente matriculados, podendo estar cursando do 1º ao 3º semestre. Para participar da seletiva basta enviar currículo para o email: estagiosiep@gmail.com

O valor da bolsa estágio é de R$ 500, 00 com carga horária de 6h. Mais informações pelo número: (68) 3212-4800. Os selecionados irão estagiar em uma empresa prestadora de serviço na área de saúde.

Continuar lendo
Propaganda

Leia também

Mais lidas

Copyright © 2017 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.