Conecte-se agora

Justiça do Acre mantém condenação de Leonildo Rosas por ofensa à honra de Gladson

Publicado

em

A Justiça do Acre, através da turma de Recursais dos Juizados Especiais, manteve a condenação do porta-voz do governo do Acre, Leonildo Rosas, por ofensa à hora do senador Gladson Cameli. Ao analisar o recurso, a 1ª Turma Recursal, por unanimidade, disse não existir dúvidas “de que a ação ilícita do réu causou vexame, sofrimento, humilhação, aflição e angustia ao autor” diz o despacho judicial.

PARA ENTENDER O CASO:
O porta-voz do governador Sebastião Viana foi condenado a pagar ao senador Gladson Cameli, em julho deste ano, uma indenização por danos morais, no valor de R$ 15 mil, depois de publicar em sua página no facebook, uma ofensa moral ao senador.

Na postagem, Leonildo Rosas afirmou que Gladson Cameli, visivelmente embriagado, agrediu verbalmente o governador Sebastião Viana em um voo de Brasília a Rio Branco. A justiça decidiu que a publicação fosse excluída no prazo de duas horas, assim que rosas fosse notificado.

No mesmo despacho, o juiz Giordane Dourado condenou o porta-voz a publicar no mesmo perfil, onde veiculou texto ofensivo, uma retratação aos fatos. Como o caso cabia recurso, tal retratação não aconteceu. O réu revelou em audiência de instrução que fez a publicação atendendo a um pedido de seu superior, no caso, o governador.

A suposta conduta desonrosa de Gladson Cameli nunca foi comprovada. Pelo whatsaap, Viana teria transmitido a ordem de publicação. O caso teve grande repercussão pelas redes sociais.

Analise dos documentos – Na analise dos documentos, a turma recursal observa que a publicação produzida pelo porta-voz do governador, revela que este fez uma afirmação fatual, atribuiu ao réu, o senador Gladson Cameli, “uma conduta altamente reprovável para quem ocupa cargo de suma importância, que e o de Senador da Republica”, diz o documento que a reportagem teve acesso.

Para a defesa do senador, o advogado Armando Dantas, embora o réu ainda possa entrar com embargos de declaração e até interpor recurso extraordinário para o Supremo Tribunal Federa, em ambos os casos achamos muito difícil o êxito da parte adversa.

“O acórdão emanado da 1ª Turma Recursal bem analisou as questões fáticas e jurídicas produzidas nos autos e já reconhecidas como ilegais na sentença de primeiro grau. Fato é que a proteção à honra e à dignidade da pessoa humana foi mais uma vez agasalhada pelo Poder Judiciário, que vem rechaçando as ofensas à esses bens jurídicos quando acionado” destacou o advogado Armando Dantas.

Procurado, o senador Gladson Cameli disse que já orientou sua banca de advogados a destinar o valor da indenização, a instituições carentes do estado do Acre.

Propaganda

Destaque 2

Mais barato que o Uber, ForestCar sorteia viagens para clientes e motoristas de Rio Branco

Publicado

em

Aplicativo de transporte de passageiros genuinamente acreano, o Forest Car tem como diferencial em relação aos seus concorrentes, o preço acessível, a agilidade no atendimento, a comodidade e a valorização, ao mesmo tempo, do motorista que trabalha na empresa e ao cliente.

Para o cliente que quiser baixar o Aplicativo, clique aqui

Quer trabalhar na ForestCar, clique aqui

Há um mês no mercado, a empresa já conta com mais de 100 motoristas em seu cadastro e pela facilidade e vantagens que oferece, esse número tende a aumentar.

Para se cadastrar no Forest Car é fácil. Basta informar no aplicativo destinado a motoristas os documentos necessários, e o registro como colaborador da empresa é aprovado.

Motorista da Forest Car, Fárney Alexandre Gomes, está entusiasmado com os ganhos e vantagens oferecidos pela empresa, que cobra apenas 10% em cada corrida feita. A Uber, por exemplo, lembra ele, desconta até 40%.

“Motoristas capacitados, ágeis e com bom atendimento são alguns dos diferenciais do Forest Car. Há um relacionamento diferenciado com o cliente e o motorista que trabalha na empresa. É uma empresa que conhece a realidade local e por isso procura valorizar também quem trabalha para ela. Essa é a vantagem”, lembra Fárney Alexandre Gomes.

Baixar o Forest Car destinado a clientes é fácil. Basta acessar o Play Stories e fazer o download, que por enquanto está acessível apenas para android, mas em 30 dias estará disponível para iPhone, informa Adriana Cambessa, criadora e proprietária da empresa.

Vale lembrar que, no momento, a Forest Car recebe pagamento apenas em dinheiro, mas nos próximos dias, após alguns ajustes, passará a aderir pagamento via cartão.

Outro diferencial em relação aos demais aplicativos é a disponibilização de um número de WhatsApp da central da Forest Car. Quando a pessoa baixa o aplicativo, um número de telefone é disponibilizado com o objetivo de atender o cliente em uma eventual chamada não atendida via aplicativo.

Participação na Expoacre e sorteio de passagens

Durante a Expoacre, a Forest Car estará presente no evento em um stand disponibilizando wifi para atender os clientes. Mais uma inovação da empresa.

A empresa também lançou uma promoção para seus colaboradores clientes e motoristas. A cada quatro corridas durante um mês, a pessoa concorre a passagens aéreas ida e volta com hospedagem inclusiva e direito a acompanhante para Fortaleza (CE) durante cinco dias no mês de dezembro.

A mesma premiação é valida para motoristas, mas com as viagens agendadas para janeiro.

Forest Car para além do Acre

A Forest Car também atende clientes em Fortaleza, Rio de Janeiro, São Paulo, Goiânia; Campinas e Indaiatuba, no interior de São Paulo; e Santa Maria, no Rio Grande do Sul, como se estivessem em Rio Branco graças a parcerias com motoristas de outras bandeiras. O mesmo serviço é disponibilizado em Rio Branco pela Forest Car a pessoas dessas cidades que eventualmente visitem a capital acreana.

Continuar lendo

Destaque 2

Correios entram em greve para reivindicar direitos e investimentos capazes de agilizar entregas

Publicado

em

Com centenas de correspondências atrasadas, veículos quebrados e uma série de demissões, os funcionários dos Correios decidiram deflagrar estado de greve, em assembleia realizada na noite de quarta-feira (18/07), na sede do Sindicato dos Trabalhadores dos Correios e Telégrafos do Acre (Sintect-AC).

A deflagração de greve será confirmada em nova assembleia a ser realizada no dia 7 de agosto, quando a equipe nacional de negociação encerrará a rodada de negociações com a direção da estatal.

Segundo a presidente do Sintect-AC, Suzy Cristiny, as únicas propostas da empresa é de sucateamento de todo o serviço, o que inclui demissões, redução do número de agências e corte de direitos dos trabalhadores.

“As propostas resultarão na redução dos serviços para a população. Não concordamos com as medidas que buscam apenas a geração de lucros, pois a empresa é pública e não possui a mesma finalidade de uma empresa privada, assim os Correios possuem papel social, levando cartas e encomendas para localidades do Acre e de outros Estados onde jamais uma empresa privada vai atuar sem ter lucro”, justificou a sindicalista.

Suzy Cristiny alerta a população que o corte de direitos e de investimentos vem prejudicando há anos a população e o trabalhador.

“A população reclama da demora no recebimento das encomendas, mas a culpa é da direçao que deixou de priorizar a prestação de serviço, prejudicando a todos. Os funcionários também querem melhorias”, afirmou a presidente do Sintect-AC.

A sindicalista está acompanhando, em Brasília, toda a negociação para buscar alternativas que possam representar avanços para todos.

“Existe uma defasagem muito grande da quantidade de trabalhadores, com isso seria preciso aumentar o número de funcionários, o que poderia resultar na retomada da imagem da empresa que poderia aumentar a quantidade de cliente, mas eles não querem e estão seguindo o caminho inverso, deixando de investir”, finalizou Suzy Cristiny.

Continuar lendo

Destaque 2

Polícia recupera veículo de agente usado por presos para fugirem de presídio do Quinari

Publicado

em

Após quase 24hs de buscas, o veículo de uma agente penitenciária usado por detentos para fugirem de unidade penitenciária do Quinari, foi recuperado na tarde desta quinta-feira (19).

O veículo foi encontrado abandonado no km 16 da Estrada de Plácido de Castro e os dois detentos que fugiram com ele, Raimundo Irineu Alves Serra e Wellington Mota de Amorin, ainda continuam foragidos e procurados pela polícia.

Os dois eram autorizados a trabalharem na oficina do presídio e aproveitaram o carro de uma agente penitenciária para passar pela porta da frente do presídio se passando pela agente da segurança na tarde de ontem, quarta-feira (18).

A administração do presídio já abriu procedimento interno para apurar o ocorrido e as forças de segurança do estado foram alertadas sobre a fuga. Quando recapturados os dois devem retornar a cumprir pena em regime fechado naquela unidade e ainda responder pelo crime cometido.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2017 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.