Conecte-se agora

Publicado

em

O cirurgião plástico Robert Rey, que desistiu de ser candidato ao Senado pelo Acre, cogita disputar a Presidência da República pelo PRONA inspirado no lendário Enéas Carneiro, mas com propostas um tanto inusitadas e polêmicas, bem diferentes de seu inspirador.

Em um uma entrevista de 10 minutos veiculada no dia 02 de novembro no YouTube, Dr. Rey fala em trazer de volta a “sensualidade” do brasileiro, segurança e fala até em “chicote”.

“Vai ter segurança no Brasil. O gringo não é papo furado, a gente faz a pesquisa. As nossas decisões são empíricas. Eu fui na Fundação Casa, passei o dia na Fundação Casa e eu tenho muito respeito pelos profissionais. Mas o que é que eu vi na Fundação Casa? Pingue-pongue, classe de artes. Mas sabe uma coisa que eu não vi? Eu não vi remorso. Quando eu for presidente do Brasil, matou aos 8 (anos), será julgado como adulto.”

Na entrevista, ao dizer que cogita pré-candidatura a presidente da República, Rey diz ser formado em economia em Harvard nos EUA.

“Educação é importante, mas no Brasil o que falta é chicote. Eu aprendi medicina aos tapas. Hoje eu sou um cirurgião bom porque o gringo destrói você, e você reconstrói você (mesmo) como um robô.”

Em um momento meio bizarro, o médico se diz “culto” com “uma pegadinha violenta como Keneddy” e que vai “trazer de volta a nossa sensualidade.”

“Nós temos uma nação linda, nós somos inteligentes, nós somos sexy, gente. Eu quero trazer de volta a nossa sensualidade. O Brasil tá esfriando? Não, não, não. Quando eu estiver na capa da revista Time, o novo rosto do governo do Brasil: honesto, culto, uma pegadinha violenta como Keneddy, eu vou trazer de volta a nossa sensualidade.”

Dr. Rey esteve no Acre há dois anos inaugurando uma clínica de estética. Na oportunidade, ele causou alvoroço ao anunciar que seria candidato a senador pelo Estado pelo seu ex-partido, o PEN, porém meses depois desistiu da ideia.

Propaganda

Destaque 7

Suspeito de matar estudante do Ifac durante assalto na Capital, é apresentado pela Polícia Civil

Publicado

em

Foi apresentado na manhã desta sexta-feira (20), a prisão de Francisco de Assis Meneses Rodrigues, vulgo sombra, suspeito de matar a estudante do Ifac, Emanuela da Silva Souza, de 33 anos, em um assalto ocorrido em meados do mês de Abril no Conjunto Procon.

A prisão foi realizada pela Delegacia de Combate à Roubos e Extorsões (DCORE), e de acordo com o delegado Sérgio Lopes, ele foi reconhecido por testemunhas como o cidadão que estava com a moto da vítima e foi visto caindo por duas vezes na tentativa de fuga, antes de abandoná-la. O comparsa ainda está sendo investigado e ele já estava no presidio quando o delegado conseguiu provas suficientes de que ele era o responsável pela morte da estudante.

“Ele foi preso há cerca de 60 dias atrás suspeito pelo crime de roubo e já estava no presídio. Nós ouvimos testemunhas e conseguimos materialidade para indicá-lo pelo crime de Emanuela. Ele foi visto com a moto da vítima caindo duas vezes e as testemunhas o reconheceram. O comparsa que estava em outra moto ainda está sendo investigado”, informou Sérgio Lopes

Continuar lendo

Destaque 7

Governo do Acre gastará R$ 20 mil com a compra de gelo

Publicado

em

A Casa Civil do governador Sebastião Viana (PT) não quer saber de deixar seus funcionários nem visitantes sofrendo com o forte calor nestes meses de “verão amazônico”.

Prova disso é a compra inusitada que foi publicada na edição desta quinta-feira (19) do “Diário Oficial”. O governo gastará R$ 20 mil com a aquisição de gelo do tipo drink, e mais uma porção de água mineral.

A compra ocorre em meio aos reclames do governo de cofres vazios e de imposição aos órgãos da administração de uma série de medidas de contenção de despesas, quando a própria governadoria do Estado não faz seu dever de casa.

Continuar lendo

Destaque 7

Prefeita Socorro Neri se reúne com Depasa para acompanhar Ruas do Povo e situação de abastecimento em Rio Branco

Publicado

em

A prefeita Socorro Neri se reuniu nesta terça-feira, 17, com o presidente de Departamento Estadual de Pavimentação e Saneamento do Acre (Depasa), Moisés Diniz, para conhecer detalhes da 2ª fase do Programa Ruas do Povo, cujas ações devem ser deflagradas na próximas semana, e para debater questões ligadas ao abastecimento de água neste período de seca acentuada. Diretores do Depasa, secretários e técnicos da Prefeitura de Rio Branco e do Governo do Estado, estiveram presentes. O vereador Railson Correia também participou.

A reunião definiu a formação de grupos de trabalho para acompanhar a questão do abastecimento e da concretização do novo Programa Ruas do Povo na capital.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2017 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.