Conecte-se agora
Fechar

Com uniforme rosa e veado como mascote, Filhos de Xapuri criam o Caxinguba Futebol Clube

Publicado

em

Xapurienses que residem fora de Xapuri decidiram criar um time de futebol tendo como mascote um veado, com uniforme rosa e batizado de Caxinguba FC.

Para quem nunca ouviu falar dessa fruta nem do folclore que envolve Xapuri e a caxinguba, vamos explicar.

A caxinguba é uma árvore que chega a atingir 25 metros e fornece um fruto amarelado. Na floresta é o alimento preferido do manzama americana, o veado mateiro, comum nessa região. Diz a lenda, que a região de Xapuri concentrava uma enorme quantidade de caxingubas, o que provocou a migração da espécie em busca do alimento.

Assim, Xapuri, apenas por zoação do que por qualquer forma preconceituosa,também era chamada de: a cidades dos veados (animais). Esse rótulo nunca incomodou quem nasceu na terra de Chico de Mendes, pelo contrário, foi mais uma forma de tornar a cidade conhecida. É o que afirma o jornalista Leônidas Badaró, profundo conhecedor do ¨causo¨ e integrante do novo clube de futebol.

¨ Essa estória nunca incomodou, pelo contrário, foi uma forma de enaltecer a cidade e mostrar que isso tem mais um fundo de brincadeira, de gozação, do que de preconceito¨, garante.

Para mostrar que de fato não existe nenhuma relação homofóbica entre Xapuri e o fruto, desportistas decidiram criar o Caxinguba FC, time de futebol amador, formado por xapurienses que residem foram da Princesinha do Acre.

Com uniforme na cor rosa e tendo um veado como mascote, o time está se organizando para fazer seu primeiro amistoso internacional.

No próximo dia 28, no Florestão, em Rio Branco, o Caxinguba recebe a seleção máster de Cobija(Bolívia), para um amistoso. Será a oportunidade para os conterrâneos conhecerem o time que leva o nome de Xapuri de uma forma bem humorada e tendo o futebol como pano de fundo para difundir ainda mais as estórias que fazem do Acre uma terra diferente.

Destaque 5

Angelim visita Bárbara Heliodora e vê aplicados recursos de suas emendas

Publicado

em

Na manhã desta sexta-feira (16), o deputado federal Raimundo Angelim (PT-AC) esteve na Maternidade Bárbara Heliodora, a convite do secretário de Estado de Saúde, Gemil Júnior, para visitar a unidade após a aquisição de novos equipamentos, no valor total de R$ 700 mil, com recursos de emendas parlamentares que destinou à saúde do Estado, especificamente para este fim.

“A Maternidade Bárbara Heliodora tem um significado todo especial para mim. Primeiro porque foi onde nasci e segundo porque tenho um envolvimento muito pessoal com essa questão da saúde da mulher, do parto humanizado, do aleitamento materno e da atenção neonatal. Então é uma satisfação muito grande pode contribuir, por meio do mandato, para que o trabalho realizado na unidade seja cada vez melhor.”, disse Angelim durante a visita.

Na ocasião, o deputado e o secretário de Saúde, que se fez acompanhar pela enfermeira Lorena Rojas (da equipe de planejamento da Sesacre), foram recepcionados por parte da equipe gestora: a gerente assistencial, enfermeira Ana Beatriz; o gerente técnico, médico José Everton; e o gerente administrativo, Márcio Ramos, que falaram a respeito do trabalho que estão realizando na unidade e mostraram os equipamentos adquiridos com recursos das emendas parlamentares de Angelim, já em funcionamento.

Além de um moderno ultrassom, foram comprados para a Maternidade e Hospital da Criança: berço aquecido, cadeira de rodas, cama para parto (PPP), carro de emergência, detector fetal, monitor multiparâmetro, entre outros.

“Nós só temos a agradecer a atenção que o deputado Angelim está dando para a saúde, em especial aqui para a maternidade. Temos nos empenhado em oferecer a cada dia um atendimento mais qualificado para nossa população e contribuições como essas só vem a se somar ao nosso esforço.”, disse o secretário Gemil Júnior.

Continuar lendo

Destaque 5

Moradores do bairro Estação Experimental amargam prejuízos deixado por temporal

Publicado

em

Os moradores do bairro Estação Experimental, na rua Vital Brasil, amargam prejuízos incalculáveis depois da enxurrada que acabou atingindo mais de 200 residências na região.

Os proprietários das residências acabaram empilhando seus pertences destruídos pela chuva às margens da rua do bairro para que o poder público faça o recolhimento.

Segundo José Souza, todos os seus móveis foram perdidos. Durante o temporal, ele conseguiu levantar somente a geladeira e o fogão. “Foi uma situação muito difícil, fomos pegos de surpresa. Esta rua nunca tinha ficado desse jeito”, destacou.

Os moradores pedem o apoio do poder público e da sociedade com água e material de limpeza para diminuir o transtorno ocasionado pela inundação.

A manicure Adriana Silva mostrou sua residência que teve um dos quartos destruído pela água. “Como vocês podem observar afundou o piso do quatro e a força da água foi tão grande que quase não consigo abrir a porta. Perdi tudo aqui em casa, inclusive meu material de trabalho”, explicou.

Continuar lendo

Destaque 5

Jenilson Leite auxilia no socorro à moradores de bairros afetados pela forte chuva na capital

Publicado

em

O deputado estadual Jenilson Leite ( PCdoB), que também é médico infectologista, esteve durante todo o dia de hoje prestando socorro aos moradores dos bairros inundados pela maior chuva dos últimos tempos em Rio Branco, capital do Estado.

No bairro da Paz, um dos mais atingidos pela enchente repentina, Leite esteve apoiando junto a Defesa Civil, Corpo de Bombeiros, Eletrobras e o próprio prefeito da cidade, Marcus Alexandre ( PT), para levar medicamentos, alimentação e fraudas as famílias atingidas. Além providenciar barcos para retirar àqueles que já estavam praticamente desabrigados.

Foram 277,4 milímetros de chuva em apenas 10 horas. A média para o mês inteiro de fevereiro é de 280 milímetros. A maior chuva da história de Rio Branco causou alagamentos em vários bairros e ruas da capital. O Rio Acre subiu um metro e meio em 24 horas, passou de 10,82m para 12,32m às 6h da manhã desta quarta-feira.

Para o deputado Jenilson, é importante que as instituições e as pessoas que estão na condição de representante da sociedade, dê as mãos e busque auxiliar os moradores que estão passando por dificuldades. Porque além de ser solidariedade com o próximo, é um dever cívico.

Continuar lendo
Propaganda

Leia também

Mais lidas

Copyright © 2017 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.