Conecte-se agora
Fechar

Aposentado de 74 anos está à procura de “mulher carinhosa e que não gosta de ficar na rua”

Publicado

em

O aposentado Calixto Carneiro Marques de Souza, 74 anos, morador do Beco do Luiz Madeiro, Bairro da Praia, foi à rádio Nova Era FM de Tarauacá, à procura de uma esposa. Ele é viúvo há nove anos. Pai de 13 filhos, o senhor Calixto mora sozinho, mas decidiu que quer compartilhar a vida com outra pessoa. Diz que quer casar e viver com sua nova amada até o final da vida.

O pedido do aposentado foi feito por meio do Programa Terminal Comunitário, apresentado pelo professor e radialista Raimundo Accioly.

E o senhor Calixto deixou bem claro o perfil que lhe interessa: “Ter entre 45 e 55 anos, ser carinhosa, não ter vícios, saber os afazeres de casa e não gostar de ficar muito tempo na rua”.

O contato pra falar com ele e marcar o encontro é 99967 5557.

Cidades

Instituto Federal do Acre oferta Ensino Médio diferenciado e garante aprovação de estudantes no Enem

Publicado

em

Com a proposta de garantir uma educação pública de qualidade e com foco voltado ao mercado de trabalho, visando ainda as áreas de ciência e tecnologia, o Instituto Federal do Acre (Ifac) oferta centenas vagas, anualmente, para que estudantes possam realizar o Ensino Médio e ao mesmo tempo ingressar em um curso técnico.

Este tipo de formação, que leva o nome de “Ensino Integrado” e faz parte da Rede Federal de Educação, tem sido realizada no Estado há oito anos, graças a instalação do Instituto Federal do Acre nos municípios de Cruzeiro do Sul, Rio Branco, Sena Madureira, Tarauacá e Xapuri.

Com o auxílio de aproximadamente 300 professores, os jovens diariamente vão construindo seu futuro escolar e profissional dentro e fora dos cinco campi do Ifac.

Atualmente, os estudantes do Ensino Médio do Ifac, além de contarem com as aulas diárias, têm oportunidade de desenvolver projetos de pesquisa, integrar ações culturais e esportivas, concorrer a bolsas estudantis, participar de eventos científicos e tecnológicos nacionais e ainda realizar intercâmbios.

O ensino diário, somado às diversas atividades ofertadas aos estudantes, tem garantido bons resultados. Exemplo disso, são os mais de 50 alunos do Ifac aprovados, somente este ano, em cursos superiores de diversas instituições federais do país, por meio do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Entre estes jovens está o ex-aluno do Ifac André Alfonso Peixoto, que concluiu o Ensino Médio em conjunto com o curso técnico em Informática, no campus Rio Branco, e foi aprovado em primeiro lugar no curso de Sistemas de Informação, da Universidade Federal do Acre (Ufac).

Segundo ele, o ensino integrado no Ifac contribui para que pudesse alcançar seus objetivos e participar de experiências diferenciadas. “O dia a dia com os colegas de sala de aula, com os professores, a participação em projetos e demais atividades, me proporcionou amplo conhecimento”.

André Alfonso, além de ter sido membro do coral do Ifac, também conquistou medalhas e menções honrosas nas Olimpíadas Brasileiras de Matemática das Escolas Públicas, de Física das Escolas Públicas, de Astronomia e Astronáutica, e de Robótica. A participação nos eventos locais e nacionais é resultado do investimento que a instituição tem feito das áreas de ensino, pesquisa e extensão.

Para a mãe de André, Elisabet Rodrigues, o ensino no Instituto Federal do Acre foi muito importante para que ele obtivesse uma boa formação intelectual, como também social. “Através dos projetos, ele (André) pode desenvolver habilidades que não seriam possíveis apenas com as atividades vivenciadas em sala de aula. Agradecemos a instituição e os docentes que desenvolveram projetos acreditando no potencial de todos os alunos”.

Conforme explica a reitora do Ifac, Rosana Cavalcante dos Santos, por ser uma instituição que oferta mais do que o ensino básico, o Instituto Federal do Acre garante aos alunos uma educação diferenciada, além de ser pública e totalmente gratuita. “Queremos cada vez mais que nossos estudantes tenham boas experiências, que participem de atividades diferenciadas e, assim, possam ter um futuro e uma educação de qualidade”.

Continuar lendo

Cidades

Jovem de 22 anos do Rio de Janeiro desaparece no Acre e família está desesperada

Publicado

em

O jovem Rodnei da Silva Junior, de 22 anos, está desaparecido desde o mês de janeiro passado. Natural do Rio de Janeiro, o jovem teria vindo ao Acre para trabalhar e após chegar em solo acreano só deu notícias à família por três dias seguidos. Desde então, desapareceu.

Adriely Silva, prima do rapaz, diz “ele saiu do Rio no dia 06 de janeiro dizendo para a família que iria ao Acre a trabalho, e depois iria para a Bolívia. Ele não usa nenhum tipo de droga, remédio, e nunca tinha desaparecido. A família toda está desesperada com o sumiço dele, e estamos pedindo ajudar para encontra-lo”, comenta.

Familiares também afirmam que o telefone de Júnior está desligado, e as redes sociais do jovem foram desativadas. Uma localização do telefone de Rodnei mostra que ele esteve com o aparelho na região da Gameleira, em Rio Branco, onde também nas proximidades estava hospedado.

Procurada, a Polícia Civil ainda não repassou informações sobre presos ou corpos que possam estar no Instituto Médico Legal (IML) com as mesmas características de Rodnei. Quem tiver informações sobre o rapaz pode fazer contato com a prima dele, Adriely, pelo telefone (22) 99845-8876 (Whatsapp) ou ligar para a polícia, gratuitamente, no 190.

Continuar lendo

Cidades

Mais de 200 pescadores e beneficiários do INSS se reúnem para pedir explicações em atrasos de benefícios

Publicado

em

No final da tarde dessa sexta-feira (16), cerca de 200 pescadores se reuniram na frente da sede da Colônia de Pescadores no município de Cruzeiro do Sul para pedir explicações do gerente do Instituto Nacional de Seguro Social (INSS) sobre atrasos de benefícios e problemas com os beneficiários.

De acordo com o gerente do INSS, Fernando Junior, existe um empenho grande dos servidores para garantir a celeridade dos processos. “Informamos a todos que estaremos realizando a atualização dos cadastros por que temos um número reduzido de funcionários”, destacou o gerente.

O gerente explicou ainda que mesmo com a agilidade dos servidores somente vinte procedimentos serão realizados sem data estabelecida para finalizar os trabalhos.

Fernando Junior disse ainda que realmente existe uma defasagem de servidores, mas que todos os beneficiários serão atendidos. “O grande problema é o recadastramento, mas vamos realizar todos”, finalizou.

Continuar lendo
Propaganda

Leia também

Mais lidas

Copyright © 2017 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.