Conecte-se agora

Procurador-geral é recebido por Raquel Dodge e confirma vinda da PGR ao Acre

Publicado

em

O procurador-geral de Justiça do Ministério Público do Estado do Acre (MPAC), Oswaldo D’Albuquerque Lima Neto, foi recebido pela procuradora-geral da República, Raquel Dodge, nesta segunda-feira, 9, em Brasília, durante reunião promovida pelo Ministério Público da União (MPU) e o Conselho Nacional dos Procuradores-Gerais dos Estados e da União (CNPG).

O encontro faz parte do fórum permanente de diálogo entre os ramos e unidades do Ministério Público, e contou com a participação de todos os procuradores-gerais dos estados brasileiros ou seus representantes. A corregedora-geral do MPAC, Kátia Rejane de Araújo, também acompanhou a agenda.

Na ocasião, Raquel Dodge afirmou que o principal objetivo do encontro era incentivar a união dos ramos do Ministério Público, além de encurtar a distância entre os membros nos estados e estabelecer um diálogo permanente e horizontal na instituição.

“Todos os membros devem ter vez e voz no Ministério Público. Tenho interesse em diminuir a distância entre os MPs e tenho certeza de que todos vocês estão sensíveis a este convite”, afirmou.

Já os procuradores-gerais de Justiça destacaram a importância dessa interlocução, enfatizando a necessidade de uma maior aproximação entre o CNPG e o Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP). “Com o diálogo, tenho certeza de que muitas batalhas serão melhor enfrentadas e os resultados serão mais satisfatórios. O trabalho em parceria fortalece a nossa atuação em defesa da sociedade”, comentou o procurador-geral Oswaldo D’Albuquerque.

“Este fórum é importante para discutirmos temas comuns aos ministérios públicos”, ressaltou o procurador-geral de Justiça do Ministério Público em Santa Catarina (MPSC), Sandro José Neis – atual presidente do CNPG.
Nova equipe

A procuradora-geral aproveitou a oportunidade para apresentar parte dos integrantes de seu gabinete e colocar a equipe à disposição dos procuradores-gerais. Ela solicitou, ainda, atenção especial dos estados na atuação eleitoral.

O vice-procurador-geral eleitoral, Humberto Jacques Medeiros, lembrou que o Brasil está a um ano das eleições e reiterou a necessidade de integração dos membros com as Procuradorias Eleitorais.

Raquel Dodge no Acre

Ainda no encontro, a procuradora-geral da República confirmou ao procurador-geral Oswaldo D’Albuquerque, vice-presidente do CNPG para a Região Norte, sua vinda ao Acre para participar do Encontro de Governadores do Brasil pela Segurança Pública e Controle das Fronteiras- Narcotráfico, uma Emergência Nacional. O evento acontece em Rio Branco, nos dias 26 e 27 deste mês.

Também anunciaram participação no encontro, o presidente da República, Michel Temer, a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia, os presidentes do Senado Federal e da Câmara dos Deputados, Eunício Oliveira e Rodrigo Maia, respectivamente, além dos chefes de estados subnacionais e embaixadores da Colômbia, Bolívia, Peru e Equador.

O CNPG também confirmou presença dos procuradores-gerais no encontro, tendo inclusive anunciado que em razão do encontro, possivelmente, a reunião ordinária do colegiado deverá ser realizada no Acre, dia 25.

Propaganda

Destaque 2

Jorge Viana pede a Gilmar Mendes arquivamento de inquérito no STF; defesa argumenta “injusto constrangimento”

Publicado

em

O senador Jorge Viana (PT) pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) o arquivamento de inquérito que o investiga por suposta participação em esquema de corrupção denunciado nas delações da Odebrecht ano passado. A informação é do jornalista Matheus Leitão, colunista do G1 nacional.

As investigações foram prorrogadas por autorização de Gilmar Mendes em maio passado.
Na oportunidade, o senador acreano, que é pré-candidato à releeição, disse por meio de nota enviada ao ac24horas que jamais recebeu dinheiro de caixa dois e tampouco solicitou recursos para a campanha de governador em 2010.

“Desde agosto de 2017, o ministro Luiz Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal, acolheu a manifestação do Ministério Público Federal e arquivou o caso. Não há sequer uma nova ou velha testemunha”, afirmara Viana.

Os advogados de Jorge Viana pedem que Gilmar Mendes arquive o processo “por absoluta ausência de plausabilidade para prosseguimento das investigações”.

A defesa ainda alega que o senador está passando por “injusto constrangimento” pela longa duração do processo. Neste inquérito, são investigados o senador Jorge Viana e seu irmão, o governador do Acre, Sebastião Viana.

O inquérito foi aberto após as delações da Odebrecht e investiga o suposto pagamento de vantagem indevida no valor de R$ 2 milhões para a campanha de Sebastião Viana em 2010.

O senador entretanto afirma que o próprio Ministério Público Federal constatou que não havia indício de envolvimento dele e de Sebastião com o escândalo da Petrobras. “O procurador-geral da República interino, José Bonifácio Borges de Andrada, reconheceu que não foi estabelecida conexão com esquemas de corrupção.”

Continuar lendo

Destaque 2

Contrato de R$ 1 milhão que garante divulgação das ações de governo é homologado pela Secretaria de Comunicação

Publicado

em

A Secretaria de Comunicação do Governo de Sebastião Viana contratou a empresa A&R LTDA inscrita com o CNPJ 08.208586/001-96 pelo valor de R$ 1.000.026,36 para prestar os serviços de locação de equipamentos destinados a atender às necessidades do órgão público responsável pela mídia do Estado.

O termo de homologação saiu nesta terça-feira, 19, no Diário Oficial do Estado e foi assinado pelo jornalista Astério Moreira que é Secretário Adjunto de Estado de Comunicação.

O contrato homologado e publicado, segundo a secretária da pasta, Andrea Zílio, é o mesmo que vinha sendo feito desde início do mandato do Governo de Sebastião. “Não existe nada de novo. O contrato se encerrou e tivemos que realizar uma nova licitação para podermos garantir os serviços da área de comunicação do Estado e atender a TV Aldeia, as rádios e os demais serviços”, explicou a secretária.

Os serviços de acordo com a secretária envolve equipamentos como filmadoras, câmeras fotográficas, ilhas de edição entre outras aparelhagens de mídia para os serviços realizados pela Secretaria de Comunicação do Estado.

O orçamento da mídia Governamental este ano gira em torno de R$ 14 milhões, quase o dobro dos recursos que a Polícia Militar dispõe para garantir os trabalhos de proteção ao cidadão acreano que convive com as guerras de facções e número alarmantes da violência, superando dados de Estados com a população muito maior do que a do Acre.

 

 

Continuar lendo

Destaque 2

Na luta contra o câncer de mama, jovem faz ensaio fotográfico e vira símbolo de persistência contra a doença

Publicado

em

Quando foi diagnosticada com câncer de mama em fevereiro deste ano, a servidora pública Ana Luísa (29) “ficou sem chão”. Foi a sua primeira reação. Depois, ela percebeu a oportunidade de renascer a partir do diagnóstico e ajudar outras pessoas com câncer. “Entendi que estava recebendo uma nova chance de ver a vida de outra forma”, diz.

Para mostrar sua luta contra o câncer, Ana Luísa, que está em tratamento contra a doença, fez um ensaio fotográfico sem lenço e peruca. É reflexo de uma jovem que, como ela mesma diz, renasceu e passou a encarar as dificuldades diárias com leveza. As fotos são de Alexandre Lima.

Leia a entrevista de Ana Luísa ao ac24horas

Como surgiu a ideia do ensaio e por quê?

Ana Luísa – Então, eu sempre quis fazer um ensaio mas nunca tive oportunidade e morria de vergonha de fazer. Eu sempre via grávidas, formandas e noivas fazendo, e eu tava esperando algum acontecimento desse pra poder fazer um também. Quando eu precisei raspar o cabelo eu percebi que tava na hora de registrar, porque era um “acontecimento” da vida. Como não é todo dia que a gente precisa raspar o cabelo, achei válida a ideia e todos me apoiaram.

Como foi receber a notícia?

Ana Luísa – Quando eu vi o resultado da biópsia eu não entendia o que era carcinoma (o nome técnico do câncer), então mandei para uma irmã médica e minha mãe, além de ter procurado no Google. Até então eu achava que não era nada, até que a ficha finalmente caiu e eu entendi que estava com câncer.

Essa é uma doença que joga qualquer pessoa na parede do desespero. O que você diria a uma pessoa numa situação dessa?

Ana Luísa – Logo que eu recebi o diagnóstico eu fiquei meio sem chão em relação ao que fazer acerca do tratamento, porque todo mundo pinta a quimioterapia como uma coisa terrível, que só serve pra derrubar o cabelo. Então eu seguia uma moça no Instagram de Balneário Camboriú que também foi diagnosticada com câncer de mama (temos a mesma idade, inclusive) e ela me disse “calma, não é nada do outro mundo”. Eu acreditei nisso e é essa mensagem que eu venho tentando passar para as pessoas. Não é nada do outro mundo e da pra levar uma vida normal. O psicológico tem que estar muito bom e não pode se deixar abater, senão o tratamento fica penoso mesmo. Lógico que nem todos os dias são bons, mas na maioria deles eu tento levar a vida o mais normal que eu consigo.
Fala-se muito que câncer é sentença de morte, mas para mim e para as demais pessoas que eu conheci durante o tratamento, o câncer serviu mais como o início de uma nova vida. Por isso eu repito a mensagem: não é nada do outro mundo e todo mundo pode passar por isso de uma forma leve!

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2017 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.