Conecte-se agora
Fechar

Microempreendedores apoiados pela Prefeitura da capital são apresentados a linhas de crédito

Publicado

em

A Prefeitura de Rio Branco, através do Departamento de Desenvolvimento Econômico da Secretaria Municipal de Finanças, promoveu nesta terça-feira, 10, um encontro entre empreendedores solidários e instituições financeiras estabelecidas no Acre, como os bancos da Amazônia, Banco do Brasil e Santander, para apresentação das linhas de financiamento destinadas ao microempreendedor individual (MEI). “Promovemos este encontro para esclarecer aos empreendedores as possibilidades de obtenção de crédito junto às instituições bancárias”, disse Aurimar França, diretor do Departamento de Desenvolvimento Econômico da SEFIN. A reunião ocorreu no auditório da Prefeitura.

São parceiros nessa iniciativa a Coordenadoria Municipal do Trabalho e Economia Solidária (COMTES) e o Fórum Estadual de Economia Solidária, no ato representado pelo seu presidente, Carlos Taborga. O coordenador da COMTES, Lira Morais, participou do encontro e ressaltou a importância desse trabalho: “os bancos tiraram todas as dúvidas que os empreendedores tinham”.

As instituições bancárias enviaram seus principais especialistas: Igor Mangueira, gerente-geral do Banco da Amazônia; Janderson Freitas, gerente-geral do Santander; Rafael Parazzi, superintendente regional do Santander para a Amazônia; Rosângela Reis, gerente de Pessoa Física do Santander; Renato Cardoso, assistente de Negócios do Banco do Brasil Setor Público; e Geandro Rodrigues, gerente de Relacionamento do BB Rio Branco.

A iniciativa foi bem aceita pelos empreendedores. “É sempre importante porque tiramos muitas dúvidas”, disse Sérgio França de Oliveira, que trabalha com a família na microempresa PET Petrus nas feiras de economia solidária de Rio Branco. A PET Petrus comercializa produtos para animais de estimação, como roupas, coleiras, camas e outros acessórios manufaturados pela própria família de Sergio.

Destaque 5

Senador Jorge Viana: “Ouvir as pessoas é o caminho para a verdadeira nova política”

Publicado

em

O senador Jorge Viana (PT), acompanhado dos candidatos majoritários da FPA, teve uma extensa agenda em Porto Acre, nesse final de semana. Na sua avaliação, a experiência do contato direto com os moradores do município durante as reuniões e visitas apontaram os caminhos para um novo momento necessário à política do Acre e do Brasil.

“A descrença na classe política está na ordem do dia. É preciso uma reflexão quando o Congresso Nacional tem a mais baixa avaliação da história. Nós que fomos escolhidos pré-candidatos da FPA, eu, o Ney Amorim (PT), o Marcus
Alexandre (PT) e o Emylson Farias (PDT) estamos andando pelo interior do Estado. Sempre estivemos muito presentes, mas temos que levar em conta desafios do momento atual. Não podemos realizar essa agendas na correria e com um monte de gente. Temos que encontrar as pessoas dos lugares para conversar, mas sobretudo para ouvi-las. É uma oportunidade de juntar gente que já esteve conosco, alguns que nunca estiveram e também valorizar os que permaneceram,” refletiu Jorge.

O sonho vivo da renovação
Jorge Viana ficou entusiasmado ao encontrar com novas e antigas lideranças de Porto Acre, berço histórico da Revolução Acreana, como os ex-prefeitos Rui Coelho e Pedro Abílio . Tudo na coordenação do atual gestor Bené Damasceno (PROS) que organizou as reuniões públicas.

“A ida a Porto Acre me trouxe a emoção e o sonho de volta. E tudo aquilo que pretendo fazer por ser o único caminho que devemos trilhar se quisermos merecer a confiança da população para buscarmos uma vitória. A eleição não está definida. Existem duas pessoas em uma só, o cidadão e o eleitor no mesmo ser. É necessário uma renovação prática com exemplos e atitudes, porque se isso não acontecer estaremos repetindo padrões envelhecidos,” ponderou o senador.

“A mudança que começamos a fazer é a desejável. Estou seguro que a pedagogia política que utilizamos em Porto Acre, se levada adiante nas reuniões com as comunidades de todo o Estado, fará bem aos acreanos. Estaremos praticando a boa política. O Brasil experimenta nesse momento o que há de pior no Congresso, no Governo e nos setores judiciários. Precisamos substituir esse caos pela boa política que só vai vir a partir de uma prática diferenciada. Fazendo isso estaremos construindo o alicerce de uma possível vitória,” ressaltou.

“A nova política tem que ser feita levando em consideração que o Brasil precisa mudar. É preciso trazer de volta a ética, a honestidade e um jeito de fazer política que saia desse enfrentamento de todos contra todos, com grupos radicalizados de todos os lados. Vejo no Marcus Alexandre a possibilidade dessa mudança pretendida se materializar. O nosso desafio é iniciar uma nova fase da FPA. E precisamos estar atentos no jeito de fazer a política. Não se pode ter mais esquemas e estruturas do uso da máquina porque isso vai terminar nas barras da Justiça ou nas portas de delegacias. ” concluiu Viana.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Continuar lendo

Destaque 5

Jéssica Sales empenha mais R$ 2,8 milhões de recurso extra-orçamentário para o Juruá

Publicado

em

A deputada federal Jéssica Sales (PMDB) continua trabalhando incansavelmente para fortalecer as administrações municipais do Acre. A parlamentar empenhou junto Ministério da Defesa, através do Programa Calha Norte, R$ 1 milhão para construção do Mercador do Agriculto no Segundo Distrito de Mâncio Lima, R$ 1 milhão para aquisição de duas retroescavadeiras Hidráulicas para Rodrigues Alves e R$ 800 mil para construção de uma escola em Porto Walter, totalizando R$ 2,8 milhões de investimentos nos três municípios do Vale do Juruá.

“O meu mandato não estabelece distinção de cores partidárias na destinação de recursos. Afinal, o eleitor quando escolhe seus representantes, ele espera que o benefício chegue para todos. O trabalho que realizo em Brasília é para manter as parcerias com prefeituras de todos os partidos. O meu compromisso é com a população. A grande dificuldade que enfrento é que ainda existem prefeituras inadimplentes, e infelizmente me impede de alocar recurso extra-orçamento. Mas fico muito otimista e sei do esforço que os prefeitos estão fazendo para sair dessa situação”, destaca Jéssica Sales.

Segundo a parlamentar, o investimento de R$ 1 milhão para construção de um Mercado do Agricultor no Segundo Distrito do município de Mâncio Lima é uma reivindicação antiga dos pequenos produtores que pediam um local dotado de infraestrutura para comercializar seus produtos diretamente com a população, eliminando a figura do atravessador e beneficiando os consumidores com preços mais acessíveis. “Ganha o agricultor com um espaço confortável e ganha a população que contará com produtos fresco a preços jutos”, diz Jéssica Sales.

Os produtores do município de Rodrigues Alves também serão beneficiados com a compra de duas escavadeiras hidráulicas. “O maquinário será usado na construção de tanques de piscicultura, levando mais uma opção de renda para as famílias que produzem na área rural da localidade e precisam de apoio para diversificar suas atividades. Acredito que disponibilizar R$ 1 milhão para comprar as escavadeiras poderá mudar a realidade de pequenos produtores que esperam apoio técnico da prefeitura para produzirem mais”, ressalta Jéssica.

Outro município de Porto Walter mais uma vez receberá recursos por indicação de Jéssica Sales. Dessa vez o alvo da intervenção da peemedebista é a área de educação que receberá R$ 800 mil para construção de mais uma escola. “Gosto muito de trabalhar na área de saúde, mas tenho carinho especial pela educação infantil que é a base de todas as conquistas futuras na vida de uma criança. Em Porto Walter, o prefeito Zezinho Barbary desenvolve um forte trabalho para abrir cada vez mais vagas, um projeto que conta com meu apoio”, finaliza.

Continuar lendo

Destaque 5

No The Noite, Danilo Gentili faz piada com projeto do dinheiro com vencimento de Petecão

Publicado

em

O Projeto de Lei que prevê data de validade para as cédulas de papel-moeda, de autoria do senador Sérgio Petecão (PSD), virou piada no The Noite, talk-show apresentado por Danilo Gentili, no SBT.

O humorista e apresentador leu uma matéria explicando o projeto e aproveitou para brincar com o apelido do senador acreano.

“O senador Sérgio Petecão. Tem uma cara que se chama Petecão e que recebe dinheiro do nosso bolso. Ele é do Acre. Ele sugeriu que o dinheiro brasileiro tenha prazo de validade impresso e em alto-relevo. Segundo o político a medida vai fazer o dinheiro circular mais e evitar que os corruptos guardem mala cheia de grana”, leu Gentili, que deu sequência ao tema chamando sua equipe de humoristas para opinar sobre o projeto.

Léo Lins, um dos integrantes do elenco do The Noite, também brincou com o projeto e citou o Acre. “Ele (Petecão) vai ser um dos mais prejudicados, a população do Acre, porque o dinheiro até chegar no Acre, venceu. Leva cinco meses pra chegar”, satirizou.

Continuar lendo
Propaganda

Leia também

Mais lidas

Copyright © 2017 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.