Conecte-se agora

Homem é morto com tiro no rosto dentro de um veiculo, no bairro Calafate, em Rio Branco

Publicado

em

Na manhã desta terça-feira, 10, um homem identificado até o momento pelo apelido de “Peruano” foi assassinado na Estrada do Calafate, em Rio Branco, próximo ao Campo do Vaz, com um tiro na mandíbula.

Peruano estava em um Gol branco. Os criminosos estavam em uma moto e ao se aproximarem do veículo efetuaram vários disparos contra ele.

O Samu foi acionado, mas quando chegou ao local o homem já estava morto. A área onde aconteceu o crime foi isolado pela polícia para o trabalho dos peritos.

Os suspeitos não foram identificados e nem localizados ainda.

Propaganda

Cidades

México surpreende e vence a Alemanha por 1 a 0 na estreia do Grupo F

Publicado

em

Por

A Alemanha, atual campeã mundial, estreou na Copa do Mundo de 2018 com uma surpreendente derrota para o México. Apesar das muitas tentativas da equipe de Joachim Löw, Lozano marcou o único gol da partida.

Logo no primeiro minuto, Lozano recebeu um bom passe na área, mas Boateng se atirou na bola e evitou uma finalização perigosa. A resposta alemã veio na sequência: Kimmich lançou Werner, que bateu cruzado e viu a bola passar o lado da trave direita de Ochoa.

O ritmo frenético do início da partida se manteve por boa parte do primeiro tempo. A Alemanha ficava com a maior posse de bola, enquanto o México acelerava em saídas rápidas no contra-ataque.

A grande chance alemã do primeiro tempo foi desperdiçada por Timo Werner. Aos 19 minutos, após um bom Kimmich, o centroavante dominou, tirou o zagueiro do lance e bateu. Mas a bola saiu sem força, para defesa tranquila de Ochoa.

Empurrados pelos gritos de “olé”, o México empolgava a sua torcida no estádio Luzhnik com saídas alucinantes para o contra-ataque, mas que acabaram desperdiçadas por Chicharito, Lozano e Layun.

Até que aos 34, o México, enfim, acertou. Herrera, um dos melhores em campo, desarmou Müller na entrada da sua área. Hector Moreno lançou rapidamente Chicharito, que tabelou com Vela e avançou. O centroavante esperou a passagem de Lozano e tocou para o companheiro. Desta vez, o atacante tomou a decisão certa: driblou Ozil e bateu no canto direito de Neuer, sem chances de defesa, para abrir o placar.

O gol despertou novamente o ímpeto da Alemanha. A equipe de Joachim Löw partiu para o campo de ataque. Mas a grande chance de empatar parou em Ochoa. Kroos cobrou falta da entrada da área. A bola partiu em direção ao ângulo, mas o goleiro mexicano conseguiu o desvio e o travessão evitou a igualdade no primeiro tempo.

Na volta do intervalo, a Alemanha tentou aumentar a pressão sobre o adversário. A pressão na saída de bola mexicana diminuiu o número de contra-ataques sofridos, mas ainda não resultava em chances claras de gols.

Aos 11, Vela desperdiçou uma oportunidade claríssima de ampliar a vantagem. Os mexicanos partiram com a bola dominada contra apenas um defensor, mas o passe de Chicarito para Vela foi forte demais e a defesa alemã conseguiu afastar o perigo.

Joachim Löw colocou as suas principais opções o setor ofensivo em campo: Reus entrou no lugar de Khedira, Mario Gomez na vaga de Plattendardt e Brandt substituiu Timo Werner. Em uma bicicleta entre os zagueiros mexicanos, Kimmich fez os torcedores se erguerem das cadeiras. Mas a bola passou por cima do gol de Ochoa.

O México seguia perigoso no contra-ataque, mas o domínio alemão crescia a cada minuto. Juan Carlos Osório , ex-técnico do São Paulo, colocou o experiente defensor Rafa Márquez em campo para tentar conter as investidas do rival.

Com uma linha de cinco defensores, e outros quatro jogadores protegendo a entrada da área, o México resistia aos ataques alemães. Chicharito brigava sozinho contra os zagueiros alemães, mas os contra-ataques não ameaçaram o gol de Neuer. Aos 43, após bate e rebate na área, Brandt aproveitou um rebote e chutou com força. A bola bateu na trave e saiu. Para desespero dos alemães e êxtase dos mexicanos.

Continuar lendo

Cidades

Com golaço de falta, Sérvia vence Costa Rica na estreia pelo grupo E

Publicado

em

Por

Adversária do Brasil na terceira rodada do grupo E da Copa do Mundo, a Sérvia estreou no Mundial vencendo a Costa Rica por 1 a 0 com golaço de falta de Kolarov, na segunda etapa de um jogo equilibrado na Arena Samara.

O gol saiu aos 11 do segundo tempo, em falta cobrada no bico esquerdo da área costarriquenha. O goleiro do Real Madrid, Kaylor Navas, fez grandes defesas, evitando uma derrota maior da Costa Rica, mas não conseguiu parar a cobrança perfeita do lateral da Roma. No fim da partida, o árbitro senegalês Malang Diedhiou consultou o árbitro de vídeo para uma suposta agressão do jogador Prijovic, que foi desconsiderada. O jogador sérvio recebeu apenas cartão amarelo no lance.

A Costa Rica é a próxima adversária do Brasil, dia 22, às 9 horas (de Brasília), em São Petersburgo. A Sérvia volta a campo no mesmo dia, às 15 horas (de Brasília), em Kaliningrado, contra a Suíça.

Continuar lendo

Cidades

Internautas acreanos se dividem sobre placar entre Brasil e Suíça

Publicado

em

Ao que tudo indica, os internautas estão colocando pouca fé na vitória do Brasil sobre a Suíça neste domingo, dia 17, em Rostov, na Rússia. O jogo começa às 13 horas (horário do Acre). Das participações, grande parte deu placar maior à Suíça, sendo, um deles, com dez gols para o país europeu.

Nas redes sociais, o ac24horas perguntou: “No domingo, o Brasil entra em campo contra a Suíça. Qual será o placar final?”. Rapidamente, dezenas de respostas foram dadas. A sensação é de que os internautas estão mais divididos que unidos pela seleção brasileira. Um deles chegou a sugerir 10 a 0 para a Suíça.

O jogo deste domingo marca a estréia da seleção verde e amarelo na Copa do Mundo, e se dará envolvida pela pressão de vencer e tentar trazer para casa a taça do campeão. A internauta Neide Oliveira opinou: “Eu acho que é rumo a volta pra casa, sem nada”. Já Marcos Queiroz escreveu: “Suíça 7×1. Seleção que não representa o povo brasileiro”, pontuou.

Mas também tem aqueles que vestem a camisa e torcem pelo time dos brasileiros. Um dele sé Aldeir Paiva, que deu “3×1”, para o Brasil. Na sequência, Rose Dias escreveu: “3×0 [para o Brasil]”. Já Rosângela Antonia foi mais cautelosa: “2×1 pro Brasil”, escreveu. O Denis Martins, por exemplo, sugeriu: “2×0 Brasil”.

Brasil estréia na Rússia

A Seleção estreia hoje com Marcelo de capitão e Neymar ainda em recuperação da lesão no pé direito. As informações estão no site Globo Esporte. O lateral-esquerdo e craque do Real Madrid diz que Tite “mudou completamente a cara da Seleção”, mas o treinador brasileiro afirma que não é unanimidade e exalta Neymar: “não está 100% ainda, mas é muito privilegiado fisicamente”.

O capitão da Suíça, Stephan Lichtsteiner, também exaltou o craque brasileiro: “acho que é praticamente impossível neutralizar o Neymar totalmente em 90 minutos. Depois do (Cristiano) Ronaldo e do Messi, é o melhor jogador, o mais completo”. O técnico, Vladimir Petkovic, diz que sua equipe brigará para vencer a partida.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2017 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.