Conecte-se agora

Deputado Jesus diz que pessoas das cidade de Tarauacá e Feijó podem perder benefício do INSS por falta de perícia

Publicado

em

A ausência de médicos peritos e assistentes sociais para fazer o atendimento nas sedes do INSS nos municípios de Tarauacá e Feijó poderá prejudicar pessoas que dependem do benefício que é pago pelo instituto. “A população está sem atendimento. O médico morava em Tarauacá e atendia nos dois municípios, mas diante dos problemas de acesso que resulta em até duas horas de deslocamento de um município para outro, solicitou diárias e foram negadas”, diz Jesus Sérgio.

Segundo o deputado, “quando o médico passou a morar em Feijó, ele pediu o pagamento de diária para fazer o atendimento em Tarauacá. O INSS fez a negativa e não está mais pagando diária para o médico se descolar até Tarauacá e também não paga diária para a assistente social se descolar de Tarauacá para Feijó, alegando que amparo em uma norma que proíbe o pagamento diárias para os profissionais nessas microrregiões”, ressalta o parlamentar.

Jesus informa que vai encaminha um expediente ao coordenador da bancada federal do Acre, senador Sérgio Petecão (PSD) para colocar a questão na pauta de debates dos parlamentares federais do Estado. “Estou pedindo que nossa bancada federal olhe com carinho para essas pessoas. Elas podem perder o benefício e ficarem impossibilitadas de alimentar suas famílias, já que dependem exclusivamente dos benefícios para essa finalidade”, finaliza.

Propaganda

Destaque 7

Inscrições seguem abertas para a palestra “A abstrativização do controle incidental e a mutação do papel do Senado”

Publicado

em

As inscrições para a palestra “A abstrativização do controle incidental e a mutação do papel do Senado” seguem abertas nesta semana. A atividade é promovida pelo Tribunal de Justiça do Acre, por meio da Escola do Poder Judiciário (Esjud). Voltado a todos os públicos, o evento terá a participação do procurador federal Marcelo Novelino, um dos principais nomes em matéria constitucional no Brasil.

As inscrições são gratuitas, e dão direito a uma certificação de duas horas. O edital do programa de formação qualificada foi republicado nesta segunda-feira (18), na edição 6.139 do Diário da Justiça Eletrônico (fls. 131 e 132). Para fazer a inscrição, basta acessar o link: (https://esjud.tjac.jus.br/sigen/publico/cursos.xhtml).

No momento da inscrição, os interessados devem selecionar o tipo de público-alvo em que estão inseridos, e escolher a opção, a exemplo de acadêmicos, membros do Tribunal de Justiça ou de instituições parceiras (como MPE, OAB, Defensoria Púbica, etc.), ou na categoria Outros.

São 400 vagas abertas para essa atividade, cujas inscrições seguem até o dia 22 de junho. A palestra está marcada para 19h30min, no Anfiteatro Sara Assef Valadares, da Faculdade da Amazônia Ocidental (FAAO).

A II Jornada de Estudos da Esjud tem como parceiros a Associação dos Magistrados do Acre (Asmac) e a FAAO.

Mais informações podem ser obtidas acessando-se o Portal da Escola (https://esjud.tjac.jus.br/). Ou por meio do número de telefone (68) 3302-0405.

O profissional

Marcelo Novelino Camargo é professor doutor em Direito Público pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ); mestre em Direito pela Universidade Gama Filho. Também atua como professor de Direito Constitucional do G7 Jurídico, e é procurador federal.

É autor de diversas obras jurídicas, como “Curso De Direito Constitucional”, “Manual de Direito Constitucional” e “Constituição Federal Para Concursos”. (GECOM-TJAC)

Continuar lendo

Destaque 7

De volta a Cruzeiro, Marcus Viana promove debate para elaboração de plano de governo e visita bairros

Publicado

em

O pré-candidato a governador do Acre, Marcus Alexandre (PT) voltou a Cruzeiro do Sul para lançar na noite desta segunda-feira, 17, as oficinas temáticas de construção do Plano de Governo da Frente Popular na Regional Juruá que abrange Mâncio Lima e Rodrigues Alves. A reunião contou com a presença de lideranças políticas, comunitárias e religiosas, além de representantes do setor empresarial, movimento de mulheres e juventude.

As oficinas regionais de construção do Plano de Governo abordam temas como economia, desenvolvimento, saúde, educação, cultura, esporte, lazer, meio ambiente, produção, segurança, e tem o objetivo de identificar necessidades locais e coletar sugestões para compor o Plano de Governo do petista.

“O tema do nosso plano é União e Inovação e para nós tem sido muito importante todas as contribuições recebidas, todas as sugestões e opiniões. O Plano de Governo é mais do que um documento para compor o registro da candidatura, é uma importante ferramenta de gestão e um compromisso com a população do que a gente vai se propor a fazer pelo Acre. Um candidato precisa ter bons projetos, uma boa equipe e vontade de trabalhar. E é por isso que a gente está indo nos municípios ouvir as pessoas, coletar sugestões que se adequem a cada realidade e opiniões de como podemos melhorar, não vamos levar fórmula pronta”, disse Marcus Alexandre Viana.

Continuar lendo

Destaque 7

Cinco dos oito deputados federais do Acre assinam requerimento de CPI para investigar a Operação Lava Jato

Publicado

em

Os deputados federais do Acre, Flaviano Melo (MDB), César Messias (PSB), Raimundo Angelim, Léo de Brito e Sibá Machado, os três do PT, assinaram o requerimento para instalação de um Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que tem como principal objetivo investigar a Operação Lava Jato, deflagrada para desmontar o esquema de propinas criado entre empreiteiras e diretores da Petrobras, que financiava campanhas eleitorais em todo país.

Segundo informações de circulam nos bastidores políticos, o requerimento conta com 190 assinaturas de deputados federais que teriam como objetivo colocar um ponto final nas investigações que colocaram na cadeira figurões de diversos partidos, empresários e o ex-presidente Lula, do PT, condenado pela Justiça em primeira e segunda instância acusado de receber um apartamento tríplex no Guarujá, como propina por influenciar em negócios junto ao governo federal.

Os deputados que propõem a CPI da Lava Jato afirmam que o objetivo da comissão seria investigar esquemas de venda de proteção em delações premiadas por parte de advogados e delatores no âmbito da Operação Lava Jato e em investigações anteriores. O pedido de instalação da CPI depende do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), para que comece a funcionar. O número mínimo de assinaturas para requerer comissões de investigação é de 171.

Dos oito deputados federais da bancada do Acre na Câmara dos Deputados, apenas Jéssica Sales (MDB), Major Rocha (PSDB) e Alan Rick (DEM) não assinaram o requerimento que conta com assinaturas suficientes para instalar a comissão e dar andamento aos trabalhos no âmbito do Poder Legislativo. A CPI também é vista como um tipo de resposta dos políticos descontentes com a investigação que revelou um dos maiores esquemas de corrupção no Brasil.

A lista dos nomes dos deputados que assinaram o requerimento da CPI foi publicada pelo O Antagonista.

 

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2017 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.