Conecte-se agora

Cerca de 80 títulos de eleitores apareceram com duplicidade no Estado do Acre, informa TRE

Publicado

em

Segundo dados da Justiça Eleitoral aproximadamente 64 milhões de eleitores realizaram o cadastramento biométrico no Brasil. Desse total uma média de 25 mil registros de título de eleitor foram detectados com duplicidade ou múltiplos,segundo levantamento da Secretaria de Tecnologia da Informação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

A reportagem do ac24horas entrou em contato com a assessoria de imprensa do Tribunal Regional Eleitoral do Acre (TRE/AC) para saber os números no Estado. Segundo dados oficiais, 80 títulos apareceram em duplicidade, com cerca de 164 inscrições envolvidas.

Das nove Zonas Eleitorais somente a 3ª Zona não tem registro de coincidência. O órgão informou que os casos de irregularidade serão investigados conforme determina a Resolução TSE 21.538/2003, por meio de processo administrativo a cargo do juiz eleitoral ou Corregedor Regional Eleitoral.

Nos casos de confirmação do ilícito, o caso é enviado ao promotor eleitoral para instauração de inquérito policial. O sistema de recadastramento biométrico no Acre já alcançou o percentual de 79,46% do eleitorado, segundo informe do TRE.

BIOMETRIA – Segundo o TSE, a identificação biométrica é necessária para garantir que o eleitor seja único no cadastro eleitoral, uma vez que as digitais são únicas. Com isso, o cadastramento de biometria tem ajudado a encontrar fraudes no sistema documental, pois cada cidadão, por meio do CPF pode acessar a uma série de benefícios sociais junto ao Governo Federal e INSS. A Justiça Eleitoral estima que até 2022 o cadastramento biométrico esteja concluído.

Propaganda

Cidades

No Acre, casal é indenizado em mais de R$ 10 mil por cancelamento de voo

Publicado

em

O 1º Juizado Especial Cível da Comarca de Rio Branco julgou procedente o Processo n° 0600078-95.2018.8.01.0070 e condenou a companhia aérea Latam Airlines S/A pela má prestação de serviço. A empresa deve pagar R$ 3 mil a cada um dos demandantes, J.M.S.A.T. e I.V.O., a título de danos morais, pelo cancelamento de voo.

A juíza de Direito Lilian Deise, titular da unidade judiciária, determinou ainda o pagamento de R$ 4.778,78 pelos danos materiais. A decisão foi publicada na edição n° 6.104 do Diário da Justiça Eletrônico (fl. 74).

Decisão

De acordo com os autos, a empresa cancelou voo e a reacomodação não atendeu a necessidade dos passageiros, o que causou a perda do objeto da própria viagem.

Os prejuízos do cancelamento e a impossibilidade de embarque na data e horário previstos geraram os danos materiais, já que não houve reembolso aos consumidores do valor investido nas passagens.

No entendimento da magistrada, o risco da atividade impõe ao fornecedor dos serviços de transporte aéreo a manutenção sistemática de aeronaves. Portanto, os atrasos decorrentes de problemas técnicos não podem ser considerados caso fortuito ou de força maior, nem são capazes de excluir a obrigação de indenizar.

A ré não recorreu da decisão e realizou depósito judicial para ressarcir os demandantes.

Continuar lendo

Cidades

Inscrições para Oficina de Palhaçaria em Rio Branco já estão abertas

Publicado

em

Respeitável público, já estão abertas as inscrições para a “Oficina de Palhaçaria: O Corpo Cômico e Jogos de Dupla e Trio”, que acontecerá em Rio Branco entre os dias 16 e 18 de julho. Limitada a 25 vagas, a oficina será ministrada das 19h às 22h, no Serviço Social do Comércio (Sesc) do Centro. A atividade é parte do projeto de circulação pelo Acre do espetáculo teatral “O Dia da Caça”, da dupla de palhaças Las Cabaças.

As inscrições são gratuitas e as fichas devem ser solicitadas pelo e-mail bifiquinan@gmail.com ou pela página no Facebook Las Cabaças. O formulário deve ser preenchido e enviado para o mesmo endereço até o dia 11 de julho. A ação é voltada a estudantes ou profissionais de teatro, dança, circo, música, boneco ou performance. O resultado da seleção será divulgado no dia 13 e os aprovados têm até o dia seguinte para confirmarem participação.

“Queremos propor na oficina um estudo sobre a linguagem do palhaço e introdução ao jogo de dupla de palhaços, apresentando conteúdos e conceitos da palhaçaria clássica através de exercícios físicos, jogos teatrais em dupla e trio”, explicou Marina Quinan, uma das artistas e oficineiras da dupla Las Cabaças.

Após a Oficina de Palhaçaria, elas apresentam gratuitamente a peça “O Dia da Caça” em três cidades acreanas. A primeira delas é Rio Branco, que receberá o teatro de rua no dia 20 de julho (sexta-feira), às 19h, na Praça da Revolução, no Centro. Depois, as atrizes pegam a estrada rumo a Xapuri para, no dia 22 (domingo), às 18h, encenarem a peça na Praça de Eventos, também no Centro. Por fim, a dupla leva, no dia 27 (sexta), o espetáculo para Cruzeiro do Sul. A apresentação acontece às 18h, na Praça Orleir Cameli.

Encenada pelas atrizes Juliana Balsalobre e Marina Quinan, que interpretam, respectivamente, as palhaças Bifi e Quinan, “O Dia da Caça” emprega elementos da palhaçaria clássica e tem como tema uma típica caçada noturna na floresta. O uso de vocabulários da região amazônica e objetos cênicos típicos, como boroca, canoa, terçado, arco e flecha, aliado a situações típicas do universo ribeirinho, trazem ao espetáculo um contexto totalmente regional.

A dupla Las Cabaças vem da região do Baixo Amazonas e faz intervenções em espaços públicos e no cotidiano de comunidades do interior do país, visando a troca humana e cultural a fim de transformar as experiências em roteiros teatrais por meio da linguagem da palhaçaria. Desde 2006 as artistas realizam pesquisa prática na Amazônia, com visitas a comunidades ribeirinhas, indígenas e quilombolas e apresentações e intervenções artísticas valendo-se do modo de vida, palavras, gestos e histórias que aprenderam com as populações desses locais.

Toda a programação é promovida pela Nascedouro Gestão Cultural, Namazônia e Las Cabaças, por meio do Edital Petrobras Distribuidora de Cultura 2018/2019, através da Lei Rouanet do Ministério da Cultura (MinC).

Continuar lendo

Cidades

Com gol de Cristiano Ronaldo, Portugal vence e elimina Marrocos da Copa

Publicado

em

Por

Com um gol logo aos quatro minutos de jogo do artilheiro Cristiano Ronaldo, a seleção de Portugal derrotou Marrocos por 1 a 0 no Estádio Lujniki, em Moscou e eliminou a equipe africana da Copa do Mundo.

Cristiano marcou o gol da vitória no começo do jogo, com uma cabeçada forte, após escanteio da direita. Portugal teve mais chances para ampliar, mas Marrocos jogou melhor, com mais posse de bola e chances criadas. O goleiro Rui Patrício foi o herói português, com grandes defesas.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2017 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.