Conecte-se agora
Fechar

Saúde do Estado do Acre empossa 300 novos servidores na próxima quarta-feira (11)

Publicado

em

Um total de 307 novos servidores públicos efetivos serão empossados em cargos na Secretaria de Saúde do Acre (Sesacre) na próxima quarta-feira, dia 11, às 15 horas. A cerimônia pública ocorrerá no Teatro Plácido de Castro, em Rio Branco. Todos foram aprovados em concursos nos anos de 2013 e 2014 e, juntos, somam R$ 12 milhões em salários ao ano.

Além de enfermeiros, tomarão posse também, biomédicos, fisioterapeutas e servidores administrativos, dentre outras funções ofertadas pela pasta nos anos de 2013 e 2014. Essa foi uma promessa feita pelo secretário da pasta, Gemil Júnior, em maio durante a posse de outros 100 trabalhadores.

“Esse é o resultado de um esforço do governo. Mesmo com a crise financeira, que é do conhecimento de todos,
estaremos colocando mais servidores efetivos no quadro da Secretaria de Saúde, e isso é um ganho para a gestão e também para os profissionais. São trabalhadores para a Capital e também o interior”, disse o secretário.

Além dos 307, o governo de Sebastião Viana já contratou mais de 2 mil novos trabalhadores para a área da Saúde. Apenas em 2017, mais de 260 trabalhadores já tomaram posse nos cargos, isso incluindo médicos, enfermeiros, técnicos e cirurgiões-dentistas. “Não há satisfação maior que essa para um gestor”, completa Júnior.

Além de Rio Branco, os novos servidores serão lotados nas unidades de saúde de Acrelândia, Brasileia, Bujari, Cruzeiro do Sul, Feijó, Mâncio Lima, Manoel Urbano, Rodrigues Alves, Sena Madureira, Senador Guiomard, Tarauacá, Plácido de Castro e Porto Walter.

Acre

Homem é assassinado a golpes de faca na Vila do V, no município de Porto Acre

Publicado

em

Deusimar da Cruz Oliveira foi encontrado morto na manhã deste domingo (18), na Vila do V, região do município de Porto Acre. No corpo havia sinais de perfurações feitas por arma branca e em diligência a polícia conseguiu prender um dos suspeitos de praticar o crime de homicídio.

Segundo o apurado pela polícia a vítima teria tido um desentendimento em uma festa e na volta pra casa foi rendido e assassinado por duas pessoas. Um deles, o principal suspeito pelo crime já foi preso, mas, não teve a identidade divulgada. O outro já foi identificado e a polícia segue nas buscas pelas próximas 24hs.

O Corpo do homem foi encaminhado a base do Instituto Médico Legal (IML), e em seguida liberado para a família. O caso está sendo resolvido pela Delegacia da Quinta Regional de Polícia Civil.

Continuar lendo

Acre

Morre aos 75 anos o cronista acreano Albertino Viana Chaves, em Rio Branco

Publicado

em

Faleceu neste sábado, 17,  um dos maiores cronistas esportivos da história do Acre,Albertino Viana Chaves, aos 75 anos. Ele era portador de diabetes e realizava tratamento há vários anos, mas foi acometido de um ataque fulminante do coração, não resistindo e indo a óbito.

Natural da cidade de Brasiléia, cidade localizada a 230 quilômetros de Rio Branco, Albertino Chaves trabalhou nas editorias de Esportes dos jornais impressos de O Rio Branco e A Tribuna, além da Rádio Novo Andirá. Ele também era funcionário aposentado da Universidade Federal do Acre (Ufac) e deixa esposa, filhos e netos. O seu velório está ocorrendo na funerária São João Batista, próximo a TV Gazeta. O sepultamento está agendado para esse domingo (18), às 10h, no Cemitério São João Batista.

Continuar lendo

Acre

Delegado aposentado Ilzomar Pontes morre na UTI do hospital Amazônia, em Belém

Publicado

em

Depois de quase dois meses internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital Amazônia na cidade de Belém, no Estado do Pará, o delegado aposentado Ilzomar Pontes do Rosário, 59, que estava em tratamento de uma doença neurodegenerativa fatal que afetou os seus neurônios motores, acabou falecendo na noite deste sábado (17), por volta das 22h20min. O delegado que também foi jogador de futebol das equipes do Rio Branco, Juventus, Atlético e Independência foi encaminhado a UTI no início de janeiro deste ano e tinha apresentado uma leve melhora em seu quadro clinico, mas acabou não resistindo à agressiva doença.

Ilzomar é natural do Pará e veio para o Acre com 18 anos como jogador profissional, onde foi atleta por quatro clubes acreanos e se formou no curso de Direito da Universidade Federal do Acre (UFAC) e ingressou na Polícia Civil do Estado como delegado. Há poucos anos, Ilzomar se aposentou e foi morar fora do Estado com a família. Ao descobrir que estava com câncer, resolveu ficar perto dos demais familiares no Estado do Pará.

O delegado era reconhecido no Acre como um dos melhores goleiros de sua época e mesmo exercendo a profissão como membro da Polícia Civil, após deixar os gramados, nunca deixou o esporte de lado. Ilzomar gostava de fazer corridas, caminhadas, dança de salão e academia e nos tempos livres nunca deixou de jogar seu futebol com os amigos.

O diagnostico da doença acabou levando toda a família a unir forças no apoio à recuperação do delegado. Um dos maiores incentivos dele era os três filhos do primeiro casamento e a atual esposa Aurinete Souza, mas a doença com características muito agressivas afetava sua fala e os movimentos dos músculos e a deglutição, o que ocasionava a paralisia do corpo.

Segundo sua esposa, Aurinete Souza, a doença neurodegenerativa é rara e atinge mais os atletas e ex- esportistas. “Não sei se é câncer, só sei que é uma doença rara que a maioria das pessoas que são esportistas ou ex-esportistas acabam tendo”, disse.

Aurinete que atendeu com exclusividade a reportagem do ac24horas disse que Ilzomar era tudo em sua vida. “Ele representava tudo pra mim, pois quando viemos embora para cá, eu estava com depressão e querendo me matar por ter perdido minha filha de 14 anos. O Ilzomar me mostrou que valeria a pena viver e superar minha perda”, contou.

A esposa do delegado, bastante emocionada, lamentou a morte do marido e disse que Ilzomar faleceu no dia que fez três anos e quatro meses da morte de sua filha. “Minha filha morreu e agora ele também me deixou”, lamenta Aurinete.

De acordo com Aurinete, o corpo do delegado Ilzomar será enterrado em Rio Branco no cemitério São João Batista. “Eu levarei o corpo do Ilzomar para ser enterrado no Acre. Chegamos a Rio Branco na noite desta segunda-feira, mas ainda não sei o horário”, explicou.

Nas redes sociais, familiares, amigos e conhecidos prestavam as condolências pela morte do delegado. Na página do perfil de Ilzomar no facebook, por exemplo, várias mensagens estão sendo postadas com diversos elogios pelo profissional e esportista que foi no Acre. Sua esposa ao publicar a noticia da morte de Ilzomar, disse que ele morreu como um guerreiro, pois teria enfrentado a doença com todas as forças.

Ilzomar deixa a esposa e três filhos, além de um legado de história no Acre no memorial esportivo e na área da Segurança Pública do Estado. Sua paixão pela dança se conjuga com o esporte e principalmente com a história de deixar uma das cidades do Brasil que é Belém do Pará em pleno desenvolvimento na época para vir morar no Acre sozinho com apenas 18 anos de idade como jogador de futebol profissional.

Rio Branco FC – 1986 – Paulo Maravalha, Paulo Roberto, Ilzomar, Roberto, Valmir, Marquinho Amor e Chicão – Gil, Jorge Luiz, Oton, Paulo Henrique e Venícius (Foto: acervo Jorge Luiz)

Continuar lendo
Propaganda

Leia também

Mais lidas

Copyright © 2017 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.