Conecte-se agora

Advogados admitem que Peixes está “atravessando dificuldades financeiras”

Publicado

em

Será que piscicultura ainda é a “grande sacada” do Acre? O Complexo de Piscicultura Peixes da Amazônia S/A – que contou com investimentos na casa de R$ 80 milhões e foi apresentado pelo governador Sebastião Viana (PT), como um dos empreendimentos do segmento mais moderno do país, além de modelo de Economia Sustentável no Acre, pode estar passando por sérias dificuldades financeiras.

Pelo menos é o que afirmam os advogados da indústria no Processo no 0700516-73.2017.8.01.0003 – movido pelo produtor João Garcia Sobrinho, que entrou com uma ação na Justiça cobrando de R$ 49,6 mil reais de vendas de peixes para indústria de capital público/privado, no mês novembro de 2016. Garcia afirma que recebeu apenas uma parcela de R$ 15 mil no início de 2017 – de uma dívida total de R$ 64.641,75.

Segundo os autos do processo movido pelo produtor, apesar de ele tentar de todas as formas receber o valor da dívida, a direção da Peixes da Amazônia foi “indiferente as constantes suplicas do Autor, que já tentou de todas as formas receber, amigavelmente, o seu crédito, sem sucesso, pois o mesmo sobrevive apenas deste ofício. A ação de João Garcia Sobrinho pede bloqueio das contas da empresa.

O juiz da Vara Cível da Comarca de Brasileia acatou o pedido do produtor e determinou o arresto executivo de bens, via BacenJud. O juiz determinou ainda a pesquisa e o bloqueio de dinheiro em instituição financeira em nome Peixes da Amazônia. “Em sendo encontrados ativos financeiros devera ser decretado sua indisponibilidade, sem efetivação da penhora”, ordena o magistrado.

A Justiça pediu a intimação dos advogados da empresa nos autos do processo, no prazo de 15 dias, para efetuar o pagamento da dívida com o produtor rural ou apresentar justificativa pelo não cumprimento da decisão. A pesquisa realizada pela Justiça nas contas da Peixes da Amazônia teria localizado pouco mais de R$ 5 mil que foram bloqueados em uma das contas em instituição financeira não informada.

Os advogados se manifestaram sobre a dívida com Garcia e admitiram que a Piexes da Amazônia está em crise. “O credor requereu cumprimento de sentença por força do descumprimento do acordo realizado entre as partes. Contudo, importante informar que a empresa, momentaneamente, está atravessando dificuldades financeiras, porém, almeja dar continuidade ao acordo firmado em audiência”, destacam.

Segundo a defesa, a empresa requer um novo prazo para realizar o parcelamento e o pagamento da dívida. “A empresa devedora tem interesse em dar continuidade ao acordo, contudo com nova data de pagamento das parcelas, qual seja, dia 10 de cada mês, com início a partir desse mês de outubro, se ainda for de interesse do credor”, destaca, ao confirmar que a Peixes da Amazônia teria apenas R$ 5.486,02 em conta.

Esta não é a primeira vez que a empresa é acionada na Justiça por causa de dívidas. Nos últimos meses, várias ações de cobrança foram protocoladas em desfavor da Peixes da Amazônia, empreendimento inaugurado com as presenças dos ex-presidentes Lula e Dilma e o presidente da Bolívia, Evo Morales, além de ser apresentado pelo governador Sebastião Viana, como referência para o Brasil.

Propaganda

Destaque 2

Polícia Encontra Fiat Toro usada na morte de criança e prende suspeito

Publicado

em

Durante diligências no bairro Bahia, região da Baixada da Sobral, a Policia, por meio dos militares do 3º Batalhão, conseguiu apreender o veículo envolvido na morte da criança Rebeca Santos, de apenas 4 anos, ocorrida na noite de sexta-feira (21), no bairro Vila Betel, e ainda prender duas pessoas suspeitas de envolvimento no crime.

LEIA MAIS
Novo atentado em Rio Branco acaba com criança de 4 anos morta com tiro na cabeça

O carro Fiat Touro branco de placa QLV 4003 estava escondido em uma residência e na casa foram presos um homem identificado inicialmente como Francisco Ferreira de Souza que já tem passagem por homicídio e uma mulher de nome ainda não divulgado. Os dois estão sendo encaminhados à Delegacia de Flagrantes (Defla), e o carro deverá passar por perícia.

Entenda o caso

Rebeca Vitória Santos de apenas 4 anos morreu durante procedimento cirúrgico no Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco (Huerb), após ser baleada com um tiro na cabeça na Rua Brasiléia, no bairro Betel.

Os suspeitos usavam o veículo Fiat Touro e passaram atirando em direção as pessoas na rua chegando a atingir a criança e o jovem Matheus de Albuquerque Fonseca, na perna. Este não corre riscos de morte.

A coleta de informações foi feita pela Polícia Militar no local e em seguida dezenas de agentes sairam a procura dos suspeitos que fugiram tomando rumo ignorado. As diligências duraram toda a madrugada chegando ao local após investigações. Outras duas pessoas podem estar envolvidas.

Continuar lendo

Destaque 2

Novo atentado em Rio Branco acaba com criança de 4 anos morta com tiro na cabeça

Publicado

em

Uma criança de 4 anos deu entrada no Pronto Socorro de Rio Branco na noite desta sexta-feira (21), após ser alvejada por um disparo de arma de fogo na Rua Brasiléia, região do bairro Betel, em Rio Branco. Um jovem também foi baleado na perna na mesma ação.

A informação é de que dois homens em uma caminhonete Fiat Toro que havia sido roubada momentos antes teriam passado atirando em direção às pessoas que estavam na rua e os disparos acabaram atingindo uma criança na cabeça identificada como Rebeca Santos e um jovem  de 22 anos, Matheus de Albuquerque Fonseca, na perna.

Desesperada, a mãe acabou levando a criança por meios próprios ao Pronto Socorro da capital e o jovem foi socorrido por uma Unidade do Serviço de Atendimento Móvel Urgência (Samu), e também levado para atendimento.

A criança deu entrada no centro cirúrgico, mas não resistiu ao ferimento e veio a óbito horas depois.

 

Continuar lendo

Destaque 2

Gladson diz que números do Ibope motivam e Marcus não foi encontrado para opinar

Publicado

em

A política local foi movimentada nesta semana pela divulgação de três pesquisas eleitorais. A última delas e mais aguardada, a do Ibope, divulgada nesta quinta-feira à noite na TV Acre, que mostrou Gladson Cameli (Progressistas) na frente com 47% e Marcus Viana (PT) com 38%, repercutiu nas redes sociais.

Gladson Cameli, que aparece na frente de Marcus Viana com uma diferença de 9%, conforme o Ibope, diz que os números lhe motivam, mas que “o que vale mesmo é o resultado final das urnas. E por isso estamos com o mesmo empenho em mostrar que é possível fazer uma Mudança para que o Acre pertença a todos e não apenas a um partido político”.

O Coronel Ulysses Araújo (PSL) tem 6% na pesquisa a Ibope. Perguntado por ac24horas sobre seu desempenho, ele disse: “Vamos aguardar a pesquisa dos votos dentro da urna”.

Com 1%, a candidata Janaina Furtado (Rede) lamenta o fato de o poderio econômico ainda definir eleições. “O poder econômico ainda é o principal responsável pela definição das eleições. Quem tem dinheiro tem votos. Ponto final.”

Para David Hall, que não pontou, “as pesquisas não refletem a realidade”.

“As pesquisas privilegiaram e vão privilegiar aqueles que tem mandato, aqueles que são mais conhecidos e populares e quem têm recursos e grandes estruturas”, afirma o candidato.

Marcus Viana não foi encontrado para comentar seu desempenho no Ibope. A reportagem enviou pergunta a assessoria do candidato sobre a avaliação do resultado da pesquisa, mas não obteve resposta até às 9h45 desta sexta-feira.

Na terça-feira passada, na Fieac, momentos antes do Fórum de Desenvolvimento Acre 2050, Marcus Viana foi perguntado pela reportagem de ac24horas sobre seu desempenho nas pesquisas Real Big Data e Data Control em que ele aparece também em segundo e seu adversário Gladson Cameli em primeiro. Na oportunidade, o petista respondeu que não iria comentar os números e que estava aguardando a pesquisa de um instituto nacional.

A pesquisa Ibope/TV Acre foi realizada entre os dias 17 e 19 de setembro e mostra um crescimento de 10% do candidato progressista em relação ao seu oponente petista em comparação à primeira pesquisa do mesmo instituto feita em agosto. Naquela ocasião, Gladson Cameli e Marcus Viana apareciam empatados com 37%.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2017 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.