Conecte-se agora
Fechar

Sebastião Viana sorri ao explicar “calote” de R$ 2 milhões em advogados

Publicado

em

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Acre, advogado Marcus Vinícios Jardim, comentou o que chamou de atitude “desrespeitosa”, “irônica” e “infeliz” do governador Sebastião Viana ao classificar como “bobagem” o atraso nos pagamentos dos honorários advocatícios dativos.

Desde o fim de agosto, advogados estão cruzando os braços e entrando em greve diante do não pagamento dos honorários o que tem prejudicado drasticamente o fluxo processual no Poder Judiciário. Em Cruzeiro do Sul, Mâncio Lima e Rodrigues Alves, por exemplo, o Judiciário suspendeu o atendimento dativo aos presos.

“Tenho o Governador como uma pessoa (…) com base educacional suficiente para afirmar que sua atitude foi infeliz e incompatível com o cargo que exerce e com a importância que deveria ser dada ao tema (…) A manifestação, no mínimo desrespeitosa, ofende não só os advogados (…) mas também e principalmente os cidadãos mais carentes”, repudiou o advogado.

Em entrevista à TV 5, nesta segunda-feira, dia 02, o governador afirmou que a dívida do governo com os advogados não passa de uma “bobagem”, e destacou que a crise financeira pela qual passa o Estado é o que está impedindo a feitura dos pagamentos. “Essa é uma bobagem que está dentro dos tribunais, e eles não devem mais do que estão nos cobrando”, falou o governador ao ser questionado sobre a existência dos débitos.

O presidente da OAB lembra que a Lei Estadual n. 3.165/2016, que instituiu e regulamentou o pagamento dos advogados dativos foi proposta pelo próprio governador acreano, mas agora, quando deveria ser respeitada, é deixada de lado pelo chefe do Poder Executivo. “Não aceitamos vossa ironia, Excelentíssimo Governador! A Advocacia acreana merece e exige respeito!”, frisa Jardim.

Quem também rebateu as declarações do governador foi o advogado Silvano Santiago que, ao invés de apenas defender a classe, criticou o governador e falou que existem advogados que puxam saco do petista. Também no facebook, Santiago escreveu:

“É essa a forma do governador tratar os advogados. Diz ele que os advogados dativos devem muitos mais do que cobram. Deve ser os advogados que lhe bajulam, porque os advogados que militam, como eu, não devem nada”.

Essa foi a única declaração do governador sobre o problema. Diante dos débitos, a OAB/AC vai impetrar um mandado de segurança junto ao Tribunal de Justiça para conseguir que a Secretaria da Fazenda faça os pagamentos que, pelos cálculos, já ultrapassam R$ 2 milhões, quando observados os débitos iniciados em 2016.

Destaque 2

Chuva causa apagão em parte da capital, derruba árvores e alaga ruas

Publicado

em

A forte chuva sobre Rio Branco no final da tarde e na noite deste domingo, 10, causou apagão em várias regiões da cidade, provocou queda de árvores na fiação elétrica e em residências e alagou ruas.

A quantidade de chamadas com pedido de ajuda foi tanta que o telefone do Centro Integrado de Segurança Pública (Ciosp) ficou congestionado.

Até às 20h30 deste domingo haviam sido registadas somente no Bombeiros 46 ocorrências. A maioria de queda de árvores na rede elétrica, informou o major Falcão.

A maior quantidade de chamadas foi oriunda de moradores dos bairros Belo Jardim, Vila Acre, Santa Inês e Recanto dos Buritis, localizados no 2º Distrito de Rio Branco. Também há registros dos bairros Aeroporto Velho e Sobral, na região da Baixada da Sobral.

Foram registrados seis quedas de árvores sobre residências. O major Falcão informou que não há registro de vítimas, apenas danos materiais.

“São registro apenas via Ciosp. Não estamos nem conseguindo falar no número da Eletrobras devido a quantidade de chamadas. Sem falar que o trabalho à noite é sempre mais difícil, mas os nossos homens estão nas ruas atendendo as ocorrências”, disse.

A avenida Getúlio Vargas, uma das mais importantes da capital, ficou no escuro no trecho entre a escola Lourenço Filho e o Bradesco.

Alerta do Friale

Mais cedo, o pesquisador meteorológico Davi Friale fez um alerta sobre a ocorrência de chuvas e ventos fortes com a possibilidade de eventuais danos.

Ele informou que esta segunda-feira, 11, será com céu encoberto e chuvas a qualquer momento. Em alguns pontos, deve chover forte, com muitos raios e ventanias moderadas.

A causa é a chegada de uma frente fria fraca e a elevada umidade do ar que está sobre a região. Esta frente desloca-se rapidamente na direção do Acre, onde deverá chegar no começo da noite deste domingo. Não haverá incursão de ar frio polar, mas a temperatura, na segunda-feira, durante o dia, ficará agradável, abaixo de 26ºC, em Rio Branco, em Brasileia e nas proximidades, prevê o pesquisador.

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

Continuar lendo

Destaque 2

Servidores da Sesacre fecham a Avenida Brasil em protesto à terceirização de hospitais

Publicado

em

Servidores da Secretaria de Saúde do Acre (Sesacre) bloquearam novamente a Av. Brasil, no Centro, em protesto à terceirização de hospitais públicos do Estado. Essa é a proposta do Governo do Acre, já denunciada ao Ministério Público do Acre (MP/AC).

Com o protesto dos servidores, o trânsito está bastante lento no Centro, em Rio Branco, já que as vias centrais não estavam preparadas para o protesto. Diante disso, motoristas devem ficar atentos às ruas que vão pegar na região central.

Entre os manifestantes estão sindicalistas das áreas de Enfermagem, Técnicos e servidores administrativos. Além de protestar contra a terceirização, os manifestantes repudiam as demissões dos funcionários do Serviço Social da Saúde (ProSaúde).

Continuar lendo

Destaque 2

Operação prende homem suspeito de 10 homicídios no Mocinha Magalhães

Publicado

em

Desde as primeiras horas da manhã desta sexta-feira (08), as forças solícitos entre Polícia Militar, Batalhão Ambiental, Bope e Polícia Civil, estiveram empenhadas em uma operação que terminou na prisão de um homem suspeito de matar pelo menos dez pessoas e outros cinco pelo crime de tráfico e organização criminosa.

A operação também teve o apoio do Helicóptero João Donato e se deu dependências do bairro Mocinha Magalhães. A apresentação dos presos aconteceu no auditório da Secretaria de Polícia Civil.

De acordo com o secretário de segurança, Emylson Farias, o foco principal era prender o homicida, os demais foram presos em consequência a operação realizada. Matheus Barbosa da Silva, de 19 anos, é suspeito de cometer pelo menos dez crimes de homicídio e fazia parte da facção criminosa “Comando Vermelho”.

Lucas dos Santos Machado, 21, droga, Cleir Torres de Brito, 20, Matheus Barbosa da Silva, 19, vulgo Xorôco, Antônio Jonathan Dourado Pereira, 24, Crislaine Roque Mugrabe, 18, Sidney de Lima Castro Souza, 35, homicídio.

 

“Matheus se tornou um criminoso de alta periculosidade, começou com pequenos furtos, roubos e entrou para um grupo criminoso. Estava  causando terror ali naquela região e o prendemos com ajuda da população e pessoas que foram vítimas de tentativa de homicídio. Em depoimento, ele foi reconhecido e conseguimos cumprir agora o seu mandado de prisão”, disse o delegado Rêmulo Diniz.

 

Continuar lendo
Propaganda

Leia também

Mais lidas

Copyright © 2017 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.