Conecte-se agora

Publicado

em

A chuva na tarde desta quarta-feira, 27, gerou atoleiros em alguns pontos da BR-364 no interior do Acre. Em um desvio no trecho sentido Rio Branco/Sena Madureira, um caminhão teve que ser puxado por um trator, conforme mostra o vídeo enviado por internauta ao ac24horas.

Chuva derrubou árvores e alagou ruas em Rio Branco

Um vídeo mostra imagens impressionantes do temporal na rua Leblon, em Rio Branco, derrubando uma árvore em cima da rede elétrica. O acesso ficou parcialmente alagado.

O temporal também derrubou parte do muro do estacionamento da Secretaria da Cidade, no Centro da capital, em cima de alguns dos veículos estacionados no local. O terreno ficou complementarmente alagado.

O major Falcão, do Corpo de Bombeiros, informou que foram registradas 24 ocorrências de quedas de árvores em residências, via pública e prédios públicos. Todas essas ocorrências atendidas pelo Bombeiros.

Propaganda

Cotidiano

Doação para vítimas de temporal começa a funcionar às 13 horas, em Cruzeiro do Sul

Publicado

em

O prefeito Ilderlei Cordeiro anunciou na manhã deste sábado (21) a criação de um ponto de recolhimento de donativos para as famílias atingidas pelo temporal de sexta-feira (20). O ponto será na Secretaria de Planejamento e começa a funcionar a partir das 13 horas deste sábado.

Estima-se que mais de 100 casas foram danificadas pelo temporal em Cruzeiro do Sul, mas os prejuízos vão além e a Defesa Civil está atuando para amenizar o sofrimento das pessoas.

“O momento pede a colaboração de todos e quem puder ajudar, pode doar materiais de limpeza e higiene pessoal, alimentos não perecíveis, roupas, sapatos e materiais para construção civil, como madeiras, telhas e alumínios. A Prefeitura está a total disposição das vítimas, todas as medidas para amenizar os danos já estão sendo tomadas”, disse o prefeito.

Continuar lendo

Cotidiano

Energisa diz que aumento na conta de energia é decorrente da bandeira vermelha

Publicado

em

É unânime. Ao receberem a conta de luz este mês, moradores acreanos passaram a reclamar o nítido aumento na tarifa de energia elétrica. Essa semana, deputados estaduais se propuseram a levar o caso à Tribuna da Assembleia Legislativa, tamanho o número de reclamações.

Até a secretária de Turismo do Acre expôs o aumento de quase 50% em seu talão, mesmo tendo passado cerca de 15 dias fora de casa. Na tentativa de esclarecer a situação, a Energisa enviou uma nota ressaltando que desde o último mês de agosto, começou a incidir a bandeira vermelha, que trouxe uma taxa de R$ 4,00 a cada 100 quilowatts-hora consumidos (kWh).

Segundo a distribuidora, a medida está vigente em todo o país. “A estação mais seca do ano começou em julho, o que deixa menos favorável a geração de energia elétrica, por outro lado, existe um aumento de consumo de energia elétrica devido a época do ano, com temperaturas mais altas, principalmente neste mês de setembro”, afirma a Energisa.

Leia a nota:

Nota

A Energisa esclarece que a partir de agosto, por determinação da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), começou a incidir a bandeira vermelha, com taxa de R$ 4,00 a cada 100 quilowatts-hora consumidos (kWh), está medida atinge todas as concessionárias de energia do país. A estação mais seca do ano começou em julho, o que deixa menos favorável a geração de energia elétrica, por outro lado, existe um aumento de consumo de energia elétrica devido a época do ano, com temperaturas mais altas, principalmente neste mês de setembro.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.