Conecte-se agora

Sai Jamyl Asfury e entra a empresária e esposa do Coronel Ulisses Araújo no comando do partido de Jair Bolsonaro no Estado do Acre

Publicado

em

Um “golpe militar” pode ter acontecido no partido do presidenciável Jair Bolsonaro no Acre. Sai o ex-deputado estadual e policial federal Jamyl Asfury e quem deverá assumir a presidência do Patriotas – antigo Partido Ecológico Nacional (PEN) – é a empresária Dayanna Araújo, esposa do coronel da Polícia Militar, Ulisses Araújo, que confirmou que “as negociações estão avançadas” para o seu grupo político comandar a legenda.

Segundo o militar, “iniciamos as tratativas há um tempo, conversamos com dirigentes e com o próprio Bolsonaro, toda documentação já foi enviada para Brasília. Estamos apenas aguardando o anuncio que deverá ser feito pela executiva nacional do Patriotas. Quem deverá ser presidente do partido será minha a Dayanna, minha esposa. A expectativa é que o anuncio do novo diretório aconteça nos próximos dias”.

O Coronel Ulisses Araújo não descarta a possibilidade de o Patriotas lançar uma candidatura própria ao governo do Acre. “Eu tenho a pretensão de ser candidato a deputado estadual, mas a decisão final será da executiva nacional e temos que seguir as determinações que vem de cima. Se os dirigentes decidirem que o Patriotas terá candidato ao governo do Acre, eu vou para o sacrifício”, enfatiza o militar.

Procurado pela reportagem, o ainda presidente do Patriotas, o ex-deputado Jamyl Asfury disse que estaria conversando com Ulisses para decidirem sobre uma futura composição do diretório da legenda. Asfury afirma que não tem nenhum tipo de vaidade nem apego ao cargo de presidente. Ele avalia que as mudanças que levaram a agremiação para a extrema direita são prejudiciais no debate político democrático.

“O Ulisses tem um perfil mais ligado a imagem do Bolsonaro. É natural que ele tenha interesse nisso. Ele tem demonstrando interesse e não tem nem um problema nisso.
Uma candidatura de governo num momento como esse tem que ser uma coisa muito consciente, porque diante de dois titãs como Marcus Alexandre e Gladson Cameli é preciso muita coragem para enfrentar as duas estruturas”, destaca Jamyl.

Ele assegura que vem administrando a questão com serenidade, já que pretende se candidatar nas eleições do próximo ano, faltando apenas decidir se concorre a deputado estadual ou federal. “Estou avaliando e conversando, não tem pressa, eu estou tranquilo. Com os anos de vida pública que tenho, avalio que é desnecessário a disputa pela presidência de um partido. Não tenho essa vaidade”, afirma.

Para Jamyl Asfury, o momento é de procurar recuperar a confiança do eleitor na classe política e debater proposta de interesse público, sem atrelar os discursos a ser oposição ou situação. “Qual o interesse eu tenho em tornar o Patriotas só mais um partido de oposição ou situação? Eu gostaria que o partido fosse uma ferramenta para debater uma nova forma de fazer política no Estado do Acre”, finaliza.

Propaganda

Acre

Com domínio desde o início, Espanha marca com Diego Costa e ganha a primeira

Publicado

em

Por

Foi com muita dificuldade, mas a Espanha conseguiu sua primeira vitória na Copa do Mundo, ao bater o Irã por 1 a 0, na Arena Kazan, pela segunda rodada do grupo B. Os espanhóis tiveram muita dificuldade com a muralha montada pelos iranianos, que chegaram a empatar o jogo, mas tiveram o gol anulado por impedimento.

Após um primeiro tempo duro, com o Irã com os onze jogadores no campo de defesa, a Espanha chegou ao gol com oito minutos do segundo tempo, com Diego Costa, após pressionar a defesa e marcar de joelho após tentativa dos iranianos de afastar a bola. Aos 17, Ezatolahi empatou para o time asiático após bola levantada na área, mas teve o gol anulado por impedimento.

A Espanha decide sua classificação na próxima segunda-feira, em Kaliningrado, contra o já eliminado Marrocos. No mesmo dia, em Saransk, Irã enfrenta Portugal, também buscando vaga nas oitavas de final.

Continuar lendo

Acre

Suárez marca no 100º jogo e garante seleção do Uruguai nas oitavas da Copa do Mundo

Publicado

em

Foi um jogo morno, sem grandes emoções, mas o suficiente para garantir o Uruguai nas oitavas de final da Copa do Mundo. Com um gol solitário de Luis Suárez, aos 20 minutos do primeiro tempo, a Celeste venceu a Arábia Saudita por 1 a 0, em uma partida onde soube ditar o ritmo e não correu grandes perigos. Os árabes, por outro lado, lutaram bastante, mas esbarraram na limitação técnica e ficam pela fase de grupos do Mundial de 2018.

100X SUÁREZ
Na 100ª partida de Luis Suárez com a camisa da seleção uruguaia, o camisa 9 não passou batido e deixou sua marca novamente, chegando a 52 gols. Ele é o maior artilheiro da Celeste e ainda se tornou o primeiro jogador do país a marcar em três Copas do Mundo diferentes.

RÚSSIA E URUGUAI CLASSIFICADOS
O resultado foi magro, mas o suficiente para classificar Uruguai e Rússia às oitavas de final. Na terceira rodada, as duas equipes se enfrentam para decidir quem passa em primeiro lugar, com os russos jogando pelo empate (têm maior saldo de gols). Arábia Saudita e Egito vão jogar em caráter amistoso, com os dois já eliminados.

Continuar lendo

Acre

Fifa responde Confederação Brasileira e se nega a divulgar conversa dos árbitros

Publicado

em

Fonte: Gazeta Esportiva

A Fifa garantiu que não irá divulgar o conteúdo das conversas entre o árbitro de vídeo e o juiz mexicano César Ramos, que apitou o confronto entre Brasil e Suíça, no último domingo, em Rostov. A entidade que regula o futebol mundial, por meio de uma carta, alegou à CBF que todas as decisões da arbitragem foram acertadas.

Na última segunda-feira, a CBF acabou oficializando uma reclamação à Fifa por conta de dois lances que, ao seu ver, foram decisivos no empate em 1 a 1 com a Suíça. Na visão da entidade, Zuber faz falta em Miranda no lance do gol suíço, além de Gabriel Jesus ter sofrido falta de Akanji dentro da área, o que configuraria um pênalti para a Seleção Brasileira no segundo tempo.

Desta forma, a entidade brasileira pediu para que fosse divulgada a conversa do árbitro de vídeo com o juiz César Ramos. A Fifa, porém, se negou a repassar os diálogos, crendo que tal ação comprometeria o trabalho dos mesmos, além de não preservar a privacidade de seus profissionais.

O ofício enviado à CBF foi assinado por Pierluigi Colina, atual diretor do departamento de arbitragem da Fifa e responsável por ter apitado a grande final entre Brasil e Alemanha, na Copa do Mundo de 2002, na Coreia do Sul e Japão.

Apesar de não ter seu pedido atendido, a CBF crê que suas objeções perante à Fifa trarão resultados. Na visão da entidade, era preciso se posicionar de maneira firme sobre o tema até como forma de pressionar os responsáveis pela arbitragem deste Mundial a revisarem os procedimentos relacionados à tecnologia, que ao mesmo tempo que decide partidas, vem protagonizando algumas polêmicas.

Vale lembrar que a própria Fifa já garantiu que o VAR não irá esclarecer todos os lances duvidosos de uma partida de futebol. O uso da tecnologia é usado apenas em jogadas específicas, e o árbitro tem autonomia para interpretar da maneira que achar mais coerente as ações dos atletas em que não há um erro escandaloso.

A tendência é que aconteça uma entrevista coletiva de autoridades da Fifa para falarem sobre a implementação do VAR na Copa do Mundo após o final da primeira fase do torneio. Por enquanto, a posição oficial da entidade é de que todos estão satisfeitos com os resultados da tecnologia no futebol.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2017 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.