Conecte-se agora

Sai Jamyl Asfury e entra a empresária e esposa do Coronel Ulisses Araújo no comando do partido de Jair Bolsonaro no Estado do Acre

Publicado

em

Um “golpe militar” pode ter acontecido no partido do presidenciável Jair Bolsonaro no Acre. Sai o ex-deputado estadual e policial federal Jamyl Asfury e quem deverá assumir a presidência do Patriotas – antigo Partido Ecológico Nacional (PEN) – é a empresária Dayanna Araújo, esposa do coronel da Polícia Militar, Ulisses Araújo, que confirmou que “as negociações estão avançadas” para o seu grupo político comandar a legenda.

Segundo o militar, “iniciamos as tratativas há um tempo, conversamos com dirigentes e com o próprio Bolsonaro, toda documentação já foi enviada para Brasília. Estamos apenas aguardando o anuncio que deverá ser feito pela executiva nacional do Patriotas. Quem deverá ser presidente do partido será minha a Dayanna, minha esposa. A expectativa é que o anuncio do novo diretório aconteça nos próximos dias”.

O Coronel Ulisses Araújo não descarta a possibilidade de o Patriotas lançar uma candidatura própria ao governo do Acre. “Eu tenho a pretensão de ser candidato a deputado estadual, mas a decisão final será da executiva nacional e temos que seguir as determinações que vem de cima. Se os dirigentes decidirem que o Patriotas terá candidato ao governo do Acre, eu vou para o sacrifício”, enfatiza o militar.

Procurado pela reportagem, o ainda presidente do Patriotas, o ex-deputado Jamyl Asfury disse que estaria conversando com Ulisses para decidirem sobre uma futura composição do diretório da legenda. Asfury afirma que não tem nenhum tipo de vaidade nem apego ao cargo de presidente. Ele avalia que as mudanças que levaram a agremiação para a extrema direita são prejudiciais no debate político democrático.

“O Ulisses tem um perfil mais ligado a imagem do Bolsonaro. É natural que ele tenha interesse nisso. Ele tem demonstrando interesse e não tem nem um problema nisso.
Uma candidatura de governo num momento como esse tem que ser uma coisa muito consciente, porque diante de dois titãs como Marcus Alexandre e Gladson Cameli é preciso muita coragem para enfrentar as duas estruturas”, destaca Jamyl.

Ele assegura que vem administrando a questão com serenidade, já que pretende se candidatar nas eleições do próximo ano, faltando apenas decidir se concorre a deputado estadual ou federal. “Estou avaliando e conversando, não tem pressa, eu estou tranquilo. Com os anos de vida pública que tenho, avalio que é desnecessário a disputa pela presidência de um partido. Não tenho essa vaidade”, afirma.

Para Jamyl Asfury, o momento é de procurar recuperar a confiança do eleitor na classe política e debater proposta de interesse público, sem atrelar os discursos a ser oposição ou situação. “Qual o interesse eu tenho em tornar o Patriotas só mais um partido de oposição ou situação? Eu gostaria que o partido fosse uma ferramenta para debater uma nova forma de fazer política no Estado do Acre”, finaliza.

Propaganda

Acre

Comitê de Mara Rocha no centro amanhece depredado

Publicado

em

Vândalos depredaram na madrugada deste domingo, 23, o comitê da candidata a deputada federal pelo PSDB, Mara Rocha, localizado na esquina do cruzamento da rua Marechal Deodoro com a avenida Ceará, no centro de Rio Branco.

Além do vidro quebrado na fachada do prédio, rasgaram a foto principal da candidata no interior do comitê, esparramaram santinhos que estavam dentro de caixas e ainda furtaram uma bicicleta. O crime foi denunciado na delegacia da Cadeia Velha. Peritos estiveram no local na manhã deste domingo.

Mara Rocha não tem dúvidas de que a ação criminosa foi orquestrada por algum opositor político dela. “Nossa campanha está incomodando. O nosso comitê é bem visível, bem localizado. Eu acredito que é coisa de político que se opõe à nossa candidatura, pois o momento é muito favorável a nós. Já chegaram a denunciar nosso comitê. Estamos incomodando muita gente”, diz Mara Rocha.

A candidata informou que vai pedir aos vizinhos do prédio imagens de câmeras de segurança externa para tentar identificar quem praticou o crime.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Continuar lendo

Acre

Justiça determina e Facebook retira conteúdo ofensivo contra Ney

Publicado

em

O Facebook Serviços Online do Brasil, por meio dos operadores da empresa americana, excluiu um vídeo que maculava a imagem do deputado Ney Amorim na página do ‘Movimento Brasil Livre – Acre’. A decisão é do desembargador Samoel Evangelista, do Tribunal Regional Eleitoral do Estado do Acre, o TRE/AC, emitida na última terça-feira, 18.

A assessoria jurídica de Ney Amorim entrou com um pedido de liminar para determinar que a empresa retirasse postagem ofensiva contra o candidato ao Senado da República, fazendo ligações mentirosas de seu nome com supostos esquemas de corrupção na Assembleia Legislativa do Estado do Acre.

Em sua decisão, o desembargador Samoel Evangelista afirma que “trata-se de conteúdo ofensivo ao requerente, sendo bastante razoável inferir que a insinuação ali contida, agrida, ainda que subliminarmente, o candidato nela mencionado”.

Evangelista entende que “os limites da garantia da livre manifestação de pensamento estão contidos na Constituição Federal, que dentre outros veda o anonimato (artigo 5º, IV), protege a vida privada, a honra e a imagem das pessoas, assegurando o direito de indenização pelo dano material e moral decorrente de sua violação (artigo 5º, X) e garante o direito de resposta proporcional ao agravo, além da indenização por dano material, moral e à imagem (artigo 5º, V)”.

Se o Facebook tivesse descumprindo a decisão de Samoel Evangelista, a pena de multa diária determinada pelo TRE/AC era de R$ 1 mil por dia.

Continuar lendo

Acre

Coronel Ulysses defende carreira de estado para os médicos

Publicado

em

O candidato a governador pelo PSL, Coronel Ulysses Araújo, defendeu a carreira de estado para médico durante o bandeiraço realizado na tarde desta sexta-feira, 21, na rotatória do Tancredo Neves. Ele ainda afirmou que a meta inicial do seu governo será contratar os aprovados nos concursos da Polícia Militar e Polícia Civil.

Para o candidato de Bolsonaro no Acre, o próximo concurso público para a área da saúde já deve ser regido pela forma de carreira de estado, com isso os médicos poderiam passar primeiro pelo interior do Acre, reduzindo gastos com o Tratamento Fora de Domicílio.

“Nossa meta é oferecer a possibilidade de tratamento para a população e depois de três anos o profissional pode escolher se prefere se fixar no município ou se volta para Rio Branco”, afirmou.

Entre os planos de Coronel Ulysses está o reforço das forças de segurança, mas, para isso, ele propõe o redirecionamento de recursos e cortes de cargos comissionados para garantir os salários de todos os novos policiais ainda no início do mandato.

“Para buscar os recursos necessários, a nossa equipe já realizou os estudos e já foi o indicado o corte de secretarias, a redução de cargos comissionados e de gastos desnecessários, como no pagamento de diárias para cargos comissionados. além do corte com o custeio com coquetéis”, explicou o político.

O candidato ainda agradeceu o apoio da população nas carreatas Pró-Bolsonaro que estão sendo realizadas por todo o Estado. A última mobilização realizada foi em Sena Madureira, nesta sexta-feira, e no sábado será a vez de Cruzeiro do Sul.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2017 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.