Conecte-se conosco
Fechar

Sai Jamyl Asfury e entra a empresária e esposa do Coronel Ulisses Araújo no comando do partido de Jair Bolsonaro no Estado do Acre

Ray Melo, da editoria de política do ac24horas

Publicado

em

Um “golpe militar” pode ter acontecido no partido do presidenciável Jair Bolsonaro no Acre. Sai o ex-deputado estadual e policial federal Jamyl Asfury e quem deverá assumir a presidência do Patriotas – antigo Partido Ecológico Nacional (PEN) – é a empresária Dayanna Araújo, esposa do coronel da Polícia Militar, Ulisses Araújo, que confirmou que “as negociações estão avançadas” para o seu grupo político comandar a legenda.

Segundo o militar, “iniciamos as tratativas há um tempo, conversamos com dirigentes e com o próprio Bolsonaro, toda documentação já foi enviada para Brasília. Estamos apenas aguardando o anuncio que deverá ser feito pela executiva nacional do Patriotas. Quem deverá ser presidente do partido será minha a Dayanna, minha esposa. A expectativa é que o anuncio do novo diretório aconteça nos próximos dias”.

O Coronel Ulisses Araújo não descarta a possibilidade de o Patriotas lançar uma candidatura própria ao governo do Acre. “Eu tenho a pretensão de ser candidato a deputado estadual, mas a decisão final será da executiva nacional e temos que seguir as determinações que vem de cima. Se os dirigentes decidirem que o Patriotas terá candidato ao governo do Acre, eu vou para o sacrifício”, enfatiza o militar.

Procurado pela reportagem, o ainda presidente do Patriotas, o ex-deputado Jamyl Asfury disse que estaria conversando com Ulisses para decidirem sobre uma futura composição do diretório da legenda. Asfury afirma que não tem nenhum tipo de vaidade nem apego ao cargo de presidente. Ele avalia que as mudanças que levaram a agremiação para a extrema direita são prejudiciais no debate político democrático.

“O Ulisses tem um perfil mais ligado a imagem do Bolsonaro. É natural que ele tenha interesse nisso. Ele tem demonstrando interesse e não tem nem um problema nisso.
Uma candidatura de governo num momento como esse tem que ser uma coisa muito consciente, porque diante de dois titãs como Marcus Alexandre e Gladson Cameli é preciso muita coragem para enfrentar as duas estruturas”, destaca Jamyl.

Ele assegura que vem administrando a questão com serenidade, já que pretende se candidatar nas eleições do próximo ano, faltando apenas decidir se concorre a deputado estadual ou federal. “Estou avaliando e conversando, não tem pressa, eu estou tranquilo. Com os anos de vida pública que tenho, avalio que é desnecessário a disputa pela presidência de um partido. Não tenho essa vaidade”, afirma.

Para Jamyl Asfury, o momento é de procurar recuperar a confiança do eleitor na classe política e debater proposta de interesse público, sem atrelar os discursos a ser oposição ou situação. “Qual o interesse eu tenho em tornar o Patriotas só mais um partido de oposição ou situação? Eu gostaria que o partido fosse uma ferramenta para debater uma nova forma de fazer política no Estado do Acre”, finaliza.

Continuar lendo

Acre

Agentes da RBTrans fardados são flagrados jogando sinuca no horário de trabalho

Publicado

em

Agentes da RBTrans fardados foram flagrados jogando sinuca em um posto de lavagem em horário de trabalho. As imagens circulam nas redes sociais.

Em nota, a Superintendência de Trânsito de Rio Branco informou que lamenta a postura dos profissionais e acrescentou que esta “não é uma recomendação do órgão, que orienta, inclusive, para que os veículos quando em manutenção, sejam apenas deixados no local e estes (agentes) retornem as suas atividades”.

A nota assinada pelo superintendente do órgão, Gabriel Forneck, informa ainda que “tão logo tomamos conhecimento do ocorrido, adotamos as medidas administrativas cabíveis e abertura de procedimento de sindicância para apurar os fatos”.

Continuar lendo

Acre

Angelim denuncia “falácia” de que cobrança por bagagens reduziria tarifas aéreas

Publicado

em

Angelim denuncia “falácia” de que cobrança por bagagens reduziria tarifas aéreas Atuante na defesa dos assuntos de interesse da população acreana, o deputado Raimundo Angelim (PT-AC) voltou à tribuna da Câmara para mais uma vez alertar quanto aos preços abusivos praticados pelas companhias aéreas na cobrança das tarifas por viagens. Mais do que isso, o parlamentar voltou a exigir posicionamento da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) em relação ao valor das passagens.

“Eu e muitos outros colegas nos posicionamos contrários a mais cobrança que fatalmente atingiria os que têm menos condições de arcar com mais essa despesa e o que vemos agora é que, de fato, tratava-se de uma falácia que a cobrança por bagagem despachada resultaria em queda no preço das passagens. Muito pelo contrário, o que vemos é um verdadeiro absurdo de que as passagens estão cada vez mais caras.”, disse.

Apresentando o valor de um trecho entre Rio Branco e Brasília, que chega a casa dos 2 mil reais, Angelim lembrou que já havia alertado na tribuna da Câmara sobre o aumento das passagens aéreas após a cobrança no despacho de bagagem.

“As empresas aéreas haviam informado que após a cobrança de bagagens as tarifas iriam baixar, mas o que venho é denunciar mais uma vez os preços exorbitantes para o Acre que e todas as regiões”, ressaltou.

O deputado relatou ainda sua preocupação com o fato de que pagar a mala despachada afeta principalmente as famílias que precisam viajar para um tratamento de saúde ou pequenos e médios empresários que necessitam viajar a negócios, e tais deslocamentos custam muito caro, além do fato de que a população do Acre está
submetida a voos noturnos. “A não ser por um único voo diurno estamos submetidos a
mais esse capricho das empresas”, revelou.

Antes de concluir, Angelim repudiou a atitude da Anac ao lembrar que foi a própria agência que entrou na justiça para derrubar uma liminar que proibia, há época, as cobranças por bagagens despachadas.

“Os preços continuam abusivos e exorbitantes e o órgão que deveria defender os consumidores, a população, age a serviço das empresas aéreas que atuam no país.”, lamentou.

 

Continuar lendo

Acre

Cabo de 24 anos é encontrado morto em base da Aeronáutica na cidade de Cruzeiro do Sul

Publicado

em

O cabo Renan Costa, de 24 anos, foi encontrado morto com três perfurações de bala na cabeça e na lombar, na base da Aeronáutica na noite deste domingo, 15, em Cruzeiro do Sul, na rodovia AC-405.

Acionados, paramédicos do SAMU chegaram a atender o rapaz e constataram que ele havia sido atingido com três tiros.

A polícia informou que os tiros foram disparados de uma pistola de uso das Forças Armadas. Segundo o boletim da Polícia Militar no município, a guarnição local foi acionada para atender um suposto suicídio. O caso está sob investigação policial. A Aeronáutica deve se pronunciar por meio de nota acerca do caso.

 

Continuar lendo
Publicidade

Leia também

Mais lidas

Copyright © 2017 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.