Conecte-se agora

Bandidos amarram vigias e zelador e arrombam quatro lojas no comércio do Terminal Urbano

Publicado

em

“Ali virou uma cidade sem lei”, desabafou o vereador José Carlos Juruna (Livres) nesta terça-feira, 26, ao reclamar mais uma vez da falta de segurança no comércio popular do Calçadão da Benjamin Constant e no entorno do Terminal Urbano.

Juruna, que também é vice-presidente do Sindicato dos Camelôs, informou que nesta segunda-feira, 25, bandidos arrombaram quatro lojas dentro do conjunto de comércios localizados no Terminal Urbano e amarraram os três vigias e um zelador no local durante a ação criminosa.

“Estamos pedindo socorro. Não estamos mais aguentando. Em 24 dias foram 30 arrombamentos de bancas, 10 motos roubadas de camelôs, tem assalto à mão armada num negócio desse tamanho dentro do Terminal Urbano. Virou ali uma cidade sem lei e é por isso que a gente pede ao setor de segurança que tome providências”, disse.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Propaganda

Acre

A 17 dias das eleições, Ulysses intensifica agenda política

Publicado

em

Faltando 17 dias para as eleições o candidato a governador, Coronel Ulysses Araújo (PSL), intensificou a agenda política para mostrar a população acreana uma alternativa nova e capaz de mudar a história do Estado.

Na busca pela renovação, a campanha recebeu a adesão de mais apoiadores, seguidores de Bolsonaro, que estão ajudando no planejamento dos próximos eventos, como as carreatas a serem realizadas nos próximos dias.

“É com muita honra que todos os dias recebemos a adesão de voluntários que querem uma nova forma de governar o Acre. Vamos mostrar que podemos fazer mais pelo nosso povo, acabando com o desperdício do dinheiro público”, afirmou.

Coronel Ulysses segue também conversando com as pessoas de casa em casa, olhando nos olhos das pessoas e pedindo uma chance para ser governador.

Na manhã desta quinta-feira, 20, o candidato de Bolsonaro no Acre participou de reuniões em empresas e se reuniu com lideranças comunitárias. Na parte da tarde, o representante do “Mito” no Estado liderou os seguidores em um bandeiraço e adesivaço na Estrada da Floresta. Ele estava acompanhado do candidato a vice-governador, Réssini Jarude, e do candidato ao Senado Federal, advogado Paulo Pedrazza, e dos candidatos a deputado estadual e federal.

Continuar lendo

Acre

Feijó realiza carreata pró-Bolsonaro no dia 30, avisa Doutor Baba

Publicado

em

Eleitores de Jair Bolsonaro em Feijó estão se organizando para realizar uma carreata e cicleata em apoio ao presidenciável no dia 30 de setembro às 16h30.

A concentração inicial do ato político será no Contorno Beira-Rio, região movimentada da cidade.
O ex-vice-prefeito do Município, médico Rosaldo Firmo Aguiar, Doutor Baba, figura bastante conhecida na Feijó, é quem está organizando o evento.

“Todos vestidos de blusa Amarela, em homenagem ao nosso Capitão. Aqui é um evento sem partido político e a favor do Brasil.

Aos outros municípios é melhor #JairCopiando”, avisa Doutor Baba.

A onda bolsonarista se espalha pelo Acre. Em Cruzeiro do Sul, apoiadores de Bolsonaro também agendaram um ato público para este mês.

Continuar lendo

Acre

“O que falta ao país é gestão”, disse Minoru durante visita a Feijó

Publicado

em

O candidato ao Senado (Rede), Minoru Kinpara, cumpre agenda durante todo o dia de hoje, 20, no município de Tarauacá. Acompanhado da candidata ao governo do Acre pela Rede, Janaína Furtado, Kinpara fez panfletagem, conversou com eleitores e apresentou suas propostas para comerciantes, estudantes e professores durante caminhada pela avenida Antônio Frota. Ontem, 19, Minoru Kinpara se reuniu com líderes comunitários, ribeirinhos, produtores rurais e apoiadores de campanha na cidade de Feijó.

No diálogo que mantém com as pessoas, Minoru Kinpara,  sempre apresenta os seus projetos para o Senado, como a construção do Hospital Universitário, a expansão do ensino superior público no estado, a instalação do Parque Tecnológico, a alocação de recursos para o fortalecimento da segurança pública e também para a geração de emprego e renda no estado.

Minoru Kinpara foi reitor da Universidade Federal do Acre (Ufac) por cinco anos e meio. O candidato se contrapõe a declaração de alguns eleitores, que justificam seu voto baseados na sentença “rouba, mas faz”. “Fui reitor da Ufac: entrei ficha limpa e saí ficha limpa. A obrigação de quem ocupa um cargo público é de servir e não de roubar. Quando se tem projetos e políticas voltadas para o interesse público é possível fazer mais. O que falta ao país é gestão”, frisou Kinpara.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2017 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.