Conecte-se agora
Fechar

Como estão as suas definições de esperança?

Charlene Carvalho

Publicado

em

As minhas foram atualizadas – com louvor – bem recentemente durante uma conferência em que consegui a proeza de anotar “apenas” umas sete páginas da fala do preletor. O noticiário dos últimos dias me levou de volta aos alfarrábios (graças a Deus digitei no bloco de notas. Já pensou escrever sete laudas?).

Estava cá relendo, quando me deparei com esta frase: “viver pela fé é habilidade de manter a esperança em toda e qualquer circunstância”. Andei mais um pouquinho e me peguei nessa afirmação: “perseverança e esperança… Sem estas duas palavras não podemos vencer o desafio de fé. Não volte atrás: há a esperança”.

É uma reflexão e tanto, ao menos para mim, em um mundo cada vez mais sem esperança, onde as guerras, os rumores de guerras, as catástrofes naturais, sem contar a bagunça moral-ética-política-econômica-eleitoral-cultural e de caráter porque passa nossa nação, nos leva a perder um pouco do estímulo no acreditar que dias melhores virão.

Quase sempre tendemos a pensar: tá ruim, mas vai piorar. De fato os dias são maus. E neles é difícil ter esperança no futuro. Mas volto à conferência e aos meus guardados. Lá está escrito assim: fé é habilidade de ver o futuro. E no futuro há esperança; Precisamos estar preparados para o futuro.

São palavras fortes que renovam em mim a esperança. Porque diante de João, Maria, Irma, Kim Jong-un, terremotos e todo esse alvoroço na internet por conta de algumas versões – nem vou me ater a isso – de Apocalipse 12, bem no dia das trombetas (o Ano Novo Judaico de 5778), e nossa própria agonia política acreana – essa sim me preocupa muitíssimo –, onde tendemos a deixar de acreditar no futuro, preciso realmente atualizar minhas definições de esperança alinhadas à fé que professo. Porque quando perdemos a esperança perdemos tudo, me ensina o peregrino que acrescenta: não fosse a esperança, a muito teríamos sucumbido!

“Pois eu bem sei os planos que estou projetando para vós, diz o Senhor; planos de paz, e não de mal, para vos dar um futuro e uma esperança.”
Jeremias 29:11

Para quem se guia por fé e não por vistas, renovar a esperança é a certeza de crer no amanhã, afinal “porque Ele vive, posso crer no amanhã…”

Que sua fé e esperança sejam renovadas todos os dias!

Carinhos meus,

Charlene

Charlene Carvalho

Apenas mais uma de amor

Charlene Carvalho

Publicado

em

Continuar lendo

Charlene Carvalho

Amigo verdadeiro

Charlene Carvalho

Publicado

em

Continuar lendo

Charlene Carvalho

Sobre equilíbrio e pequenos desastres que nos realinham o prumo…

Charlene Carvalho

Publicado

em

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2017 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.