Conecte-se agora

Justiça Eleitoral cancela mais de 8 mil títulos eleitorais

Publicado

em

Mais de oito mil moradores de Cruzeiro do Sul não fizeram o recadastramento biométrico e tiveram o título eleitoral cancelado. O documento é indispensável para a participação nas eleições. A chefe do cartório eleitoral do município, Beatriz Pacífico, acredita que as ausências envolvam moradores de localidades distantes do perímetro
urbano e de difícil acesso. Segundo Beatriz, o recadastramento obrigatório foi feito por cerca de 49 mil eleitores.
Ela considera o resultado “satisfatório”.

Mesmo com a anulação do documento, os penalizados ainda podem regularizar sua situação. Basta que procurem o cartório eleitoral da cidade, conforme ressaltou Beatriz.

O cancelamento do título eleitoral acarreta consequências, entre as quais a proibição de se inscrever em concurso ou prova para cargo ou função pública, a não obtenção de passaporte ou carteira de identidade e a impossibilidade de obter empréstimos em órgãos financeiros mantidos pelo governo, a exemplo da Caixa Econômica Federal.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas