Conecte-se agora

Deputado Major Rocha se encontra com Promotores da Operação Midas e faz denuncia envolvendo a Emurb

Publicado

em

O deputado federal Major Rocha (PSDB/AC) esteve reunido na manhã desta segunda-feira, 11, com os promotores Fernando Régis Cembranel e Bernardo Fiterman Albano, do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público do Estado do Acre, responsável pela Força Tarefa da Operação Midas, que prendeu e denunciou 19 pessoas, entre servidores públicos e empresários, por estarem fazendo parte de um suposto esquema criminoso que desviava recursos da Empresa Municipal de Urbanização de Rio Branco (Emurb).

No encontro com o membros do Geaco, Rocha reapresentou denuncia feita no ano passado à Procuradoria da República e a Procuradoria-Geral de Justiça do Estado do Acre sobre os custos da Nova Estrada da Floresta, que segundo o parlamentar, apresentou problemas desde a sua inauguração. De acordo com Rocha, a nova denuncia visa subsidiar o trabalho de combate à corrupção no Estado.

Rocha protocolou denuncia destacando que em dezembro de 2015 a Nova Estrada da Floresta” teve sua primeira etapa entregue pela prefeitura de Rio Branco com intuito de melhorar o sistema viário da cidade. Segundo o deputado, a primeira fase da obra contou com a duplicação de 1.270 metros, ao custo total de R% 7,9 milhoes, mas que poucos meses depois a estrada já passava por reparos da Operação Tapa Buracos, executada, segundo o deputado, pela Emurb, gerenciada na época pelo então diretor Jackson Marinheiro. “A obra foi entregue e pouco tempos depois já vinha sofrendo reparos e isso leva a crê a péssima qualidade da obra executada que merece uma investigação minuciosa. Quem deveria fazer reparos deveria ser a empresa contrada para a obra e não a prefeitura de Rio Branco, através da Emurb”, questionou o deputado.

Os promotores receberam toda a documentação das mãos de Rocha e prometeram analisar o conteúdo.

Ao tomar conhecimento da movimentação de Rocha na Sede do Geaco, a Prefeitura de Rio Branco informou que a manutenção executada na Estrada da Floresta em 2015 pela Empresa Municipal de Urbanização (EMURB), conforme esclarecimentos encaminhados à época ao MPF, é de responsabilidade da empresa Bessa Construções que contratou a EMURB, empresa de economia mista, para realizar os reparos na referida Estrada. A secretaria de Obras Públicas encaminhou ao MPF cópia do contrato feito pela empresa Bessa a EMURB, disse o Departamento de Comunicação da PMRB.

Propaganda

Destaque 5

Passagens aéreas por apenas R$ 149 o trecho nos voos de Sampa e Rio de Janeiro para Rio Branco

Publicado

em

A LATAM (antiga TAM) lançou uma promoção imperdível de passagens aéreas nos voos para o Rio de Janeiro, São Paulo e Fortaleza. Os destaques da companhia são os bilhetes vendidos por apenas R$ 149 de Rio Branco para o Rio de Janeiro. Quem está na Cidade Maravilhosa também encontra passagem por R$ 149 no retorno ao Acre, mas é preciso comprar os bilhetes de ida e volta para ter acesso aos menores preços. A promoção está disponível para ida no dia 4 de setembro e volta no dia 12 do mesmo mês.

Nos voos da LATAM de Rio Branco é possível encontrar passagens por R$ 264,05 para embarcar no dia 16 de agosto e no retorno no dia 21 de agosto o bilhete sai por R$ 149. Para embarque na capital acreana no dia 4 de setembro a LATAM está vendendo a ida por R$ 259 e a volta de São Paulo está disponível por R$ 149. Em várias datas de setembro a tarifa de R$ 149 está disponível de São Paulo para o Acre.

De Rio Branco para Fortaleza a ida na LATAM custa R$ 333 e a volta também por R$ 333 para viagens nos meses de agosto e setembro deste ano. Os destaques da promoção da Gol são as passagens de Rio Branco para Cruzeiro do Sul por R$ 125,90 para embarque no dia 15 de agosto e por R$ 94,90 para retornar no dia 21 de agosto.

A Gol também lançou passagens por apenas R$ 129,90 de Rio Branco para Porto Velho para embarque no dia 15 de agosto e por R$ 103,84 para retorno no dia 21 de agosto. As taxas de embarques não estão incluídas nos exemplos citados nestes texto. Para viagens em outras datas é possível encontrar tarifas promocionais. Confira nos links abaixo todas as promoções citadas neste texto. A compra das passagens está disponível até às 8 horas (horário de Brasília) de segunda-feira (18/06).

ACESSE AQUI A PROMOÇÃO DE PASSAGENS POR R$ 148 DE RIO BRANCO PARA O RIO DE JANEIRO DE 4 A 12 DE SETEMBRO

ACESSE AQUI A PROMOÇÃO DE PASSAGENS POR R$ 148 DE RIO BRANCO PARA O RIO DE JANEIRO DE 13 A 20 DE SETEMBRO 

ENCONTRE AQUI A PROMOÇÃO DE PASSAGENS PARA SÃO PAULO PARA VIAGEM SEM SETEMBRO

AS OFERTAS DE RIO BRANCO PARA CRUZEIRO DO SUL ESTÁ DISPONÍVEL AQUI PARA VIAGEM EM AGOSTO

A PROMOÇÃO DE RIO BRANCO PARA CRUZEIRO DO SUL ESTÁ AQUI PARA VIAGEM EM AGOSTO

QUER VIAJAR E OUTRAS DATAS E PARA OUTROS DESTINOS? FAÇA AQUI A SUA PESQUISA

FONTE: TUDO VIAGEM

Continuar lendo

Destaque 5

Após 10 anos, Natex demite funcionários e encerra atividades em Xapuri

Publicado

em

A fábrica de preservativos Natex, em Xapuri, deu as contas de seus últimos funcionários e há pelo menos um mês encerrou sua produção. Desde 2016, o empreendimento vinha passando por dificuldades, com relatos frequentes de atraso nos pagamentos dos salários dos trabalhadores. O encerramento da operação acontece 10 anos após a sua inauguração.

Idealizada no governo Jorge Viana (1999-2006) e tirada do papel com Binho Marques (2007-2010), a Natex tinha como objetivo ser referência mundial como a única fábrica de preservativo a usar látex de seringueiras naturais. Com a falta do insumo natural, grande parte do látex usado já vinha sendo retirada dos chamados “seringais plantados”.

A Natex é gerenciada pela Fundação de Tecnologia do Acre (Funtac), órgão do governo. Em 2016 o governo aprovou projeto na Assembleia Legislativa que transferia a gestão da Natex para o setor privado – dois anos depois, nenhuma empresa topou. De acordo com denúncia levada ao MPT (Ministério Público do Trabalho) no começo de maio pela oposição, a estatal estaria com um passivo trabalhista na casa do R$ 1,2 milhão.

Conforme AC24horas apurou junto aos ex-funcionários, todos os direitos estão sendo pago de forma parcelada. Segundo um deles, que pediu para não ser identificado, a Natex dispensou os quase 100 trabalhadores que ainda prestavam serviços, sem comunicar se haveria a possibilidade das atividades serem retomadas.

Outra denúncia que surgiu nos últimos meses foi a de uso da Natex como curral eleitoral. As diretoras da fábrica estariam coagindo funcionários a votarem em candidatos do PT e de partidos da Frente Popular. Um áudio vazado de uma reunião deixa claro as ameaças de demissão que os servidores sofreram.

Continuar lendo

Destaque 5

Para não decretar falência, Prefeitura de Capixaba vai demitir e cortar salários

Publicado

em

A Prefeitura de Capixaba adota desde essa semana uma série de medidas de ajuste fiscal para equilibrar as contas e evitar sua completa falência. Com uma dívida de R$ 9 milhões somente com a Caixa Econômica pelo não repasse do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), pelas antigas gestões, dos servidores municipais, a prefeitura está impossibilitada de celebrar convênios com o governo federal.

“Deixamos de captar R$ 20 milhões porque a nossa dívida do FGTS herdada das gestões passadas chegou aos $ 9 milhões com a Caixa Econômica Federal e eles não dão um prazo suave para que a gente possa cobrir esse rombo”, explica o prefeito José Augusto (PP). Além do débito com o banco, a prefeitura ainda tem dívida de R$ 1 milhão com a Eletrobras, mais precatórios.

Entre as medidas mais urgentes que serão tomadas pelo progressista estão a demissão de servidores e a redução dos salários dos secretários, o dele e o do vice-prefeito pela metade. Desde que assumiu a prefeitura, José Augusto já reduziu em 50% o número de secretarias.

Por mais que faça viagens constantes a Brasília em busca de liberar recursos – como as emendas parlamentares – o prefeito tem sempre ouvido negativas. Os ministérios só podem liberar os recursos mediante a quitação destes débitos ou sua negociação.

Com a gestão de mãos atadas pela “herança maldita”, José Augusto pede a compreensão da população de Capixaba ante os impactos que suas medidas podem ocasionar num primeiro momento.

“Estou tentando fazer o possível pelo melhor do nosso município, e vamos vencer. Capixaba vai sair desse buraco que encontramos quando assumimos. A maré é ruim agora, mas vamos caminhar olhando para o futuro”, afirma ele.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2017 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.