Conecte-se agora
Fechar

Mara Rocha se torna forte candidata à vice depois de ser demitida da TV

Nelson Liano Jr.

Publicado

em

Eleitor adora vítima e tem gente importante no Acre que parece não ter aprendido essa lição. A jornalista Mara Rocha, filiada ao PSDB e irmã do deputado federal Major Rocha (PSDB), poderá se tornar um nome forte para ser candidata a vice na chapa de Gladson Cameli (PP), após a sua demissão da TV Gazeta. Não importa qual seja o motivo da sua demissão, o grande público irá interpretar o fato como “perseguição política”. Aliás é só olhar nas redes sociais e ver a reação das pessoas. Então se Mara Rocha já tinha chances, agora, elas aumentaram. É mulher, muito conhecida em todo os Estado devido ao seu trabalho na televisão, está filiada a uma legenda forte que terá candidato competitivo à presidência da República e mora em Rio Branco. Aí estão todos os ingredientes para abrir um novo caminho para a jornalista. Sem falar no acordo de que o PSDB terá a prerrogativa de indicar a vice na oposição. Mara Rocha entrou definitivamente no tabuleiro sucessório ao Governo do Acre.

Relações “perigosas”
Entendo que é uma questão de sobrevivência e, por isso, não vou apontar o dedo na cara de ninguém. Mas todo mundo sabe que a maioria das grandes empresas de comunicação do Acre depende das verbas publicitárias do Governo, atualmente na mão do PT. Sempre foi assim.

Relações “perigosas” 2
Então quando uma jornalista popular é demitida a primeira suspeita sempre é de conveniência política. Se foi isso que aconteceu com Mara Rocha avalio como um “tiro no pé” de quem pediu a cabeça da apresentadora, num ano pré-eleitoral. Se não foi, dificilmente a opinião pública acreana vai acreditar. E todos já sabem no colo de quem vai cair a culpa. Se não sabem perguntem ao vereador Eny Lima (DEM) de quem sempre é a culpa…

Me dê motivos…
Para justificar uma demissão como essa num momento político “delicado” teria que haver um motivo muito forte. Pelo que me consta Mara Rocha é uma profissional competente, senão não teria ficado 19 anos na mesma empresa.

…pra ir embora…
Outro fato óbvio é que o Major Rocha é considerado pela cúpula do PT como um dos seus principais adversários, para não dizer “inimigos”. É só ver quantos processos existem entre Rocha e os agregados do PT. É tiro pra todo lado. Como a jornalista é irmã do deputado tucano as pessoas vão somar um mais um.

Blefe
Noticiei a informação de que o governador Tião Viana (PT) considera Márcio Bittar (PSDB) mais forte que Gladson Cameli (PP) para disputar o Governo. E depois, como sempre faço, fui ler os comentários da coluna nas redes sociais. Até os mais simples dos internautas consideraram a afirmação do governador um “blefe”. Só uma catástrofe inesperada mudará a perspectiva da disputa entre Marcus Alexandre (PT) e Gladson Cameli ao Governo, em 2018.

Estrada da discórdia
O debate sobre a construção e a manutenção da BR 364 no Acre será um dos carros chefes na campanha eleitoral de 2018. Vai ter chumbo grosso trocado. Marcus Alexandre foi condenado a devolver (em primeira instância) mais de 200 milhões aos cofres públicos. E Gladson se comprometeu em recuperar a rodovia nesse verão. A gritaria será grande dos dois lados.

Nem só…
Tenho visto deputados federais que não votaram a favor do arquivamento do processo contra o presidente Temer (PMDB) tendo emendas liberadas. Inclusive, deputados federais e senadores ligados ao PT. A polêmica não tem sentido porque as emendas são impositivas e o Governo Federal é obrigado a liberá-las.

Notícia triste
Nesta quinta, 31, pela manhã, olhando as redes sociais vi uma postagem do radialista Acreucho dizendo que tinha tido um mal súbito de madrugada. De noite, enquanto assistia ao jogo da Seleção Brasileira, recebi a notícia do seu falecimento. Quero expressar os meus sentimentos aos familiares e amigos do Acreucho. Ele se tornou muito querido na política acreana. Nos tempos em que a mídia era restrita aos grandes meios de comunicação, Acreucho, usava carros volantes pra fazer política. Depois se tornou blogueiro e, mais recentemente, tinha uma atuação constante nas redes sociais. O fato é que nunca deixou de expressar o seu ponto de vista e as suas posições. Vi o Acreucho debater várias vezes com outros internautas que tinham posições políticas contrárias as suas, mas sempre dentro do respeito e da liberdade democrática. Tanto, que com a notícia da sua “viagem”, muitos desses internautas ligados à FPA se manifestaram com tristeza pela sua partida. Peço ao nosso Criador Divino que receba com todo amor o Acreucho no infinito. Na certeza, de que esse gaúcho que se misturou de coração e alma ao Acre, deverá estar assistindo o desenrolar das próximas eleições acreanas de algum ponto do Astral.

Mais Informações

Coluna do Nelson

Gladson e Marcus precipitam candidaturas e viram “vidraças” cedo

Nelson Liano Jr.

Publicado

em

Continuar lendo

Coluna do Nelson

Formação de chapas para deputados será problema à FPA e à Oposição

Nelson Liano Jr.

Publicado

em

Continuar lendo

Coluna do Nelson

Combate à violência une governadores brasileiros de diferentes partidos

Nelson Liano Jr.

Publicado

em

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2017 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.