Conecte-se conosco
Fechar

Marcus Alexandre intensifica viagens ao interior de olho em 2018

Nelson Liano Jr.

Publicado

em

Parece que a cena de cinema da FPA que colocou quatro nomes para o debate da disputa ao Governo em 2018 chegou ao fim. As atenções se voltam agora para a divulgação no interior do Estado daquele que deverá ser o candidato da coligação capitaneada pelo PT, o prefeito de Rio Branco Marcus Alexandre (PT). Neste final de semana haverá uma intensa movimentação no Alto Acre de palestras e encontros com lideranças políticas de uma comitiva petista que terá como estrelas principais Marcus, o senador Jorge Viana (PT) e o presidente da ALEAC, deputado estadual Ney Amorim (PT), todos prováveis pré-candidatos ao Governo e ao Senado. Um dos principais articuladores dos eventos na região da fronteira é o deputado estadual Manoel Moraes (PSB). Haverá várias atividades em Xapuri, Epitaciolândia e Brasiléia. Marcus Alexandre deverá fazer palestras sobre gestão para secretários municipais e assessores nesses municípios do Alto Acre. Segundo o que me contou o deputado do PSB a intenção é mostrar o conhecimento do prefeito da Capital sobre administração pública. Assim agendas técnicas e políticas estarão juntas e misturadas. O PSB terá reuniões políticas paralelas e está programado um grande encontro da FPA, no sábado, em Epitaciolândia sob a batuta do prefeito Tião Flores (PSB). Parafraseando a frase histórica da Revolução Acreana: “Isso não é festa, é pré-campanha mesmo”.

Cacife
O deputado Manoel Moraes se tornou uma das principais lideranças do PSB no Acre. Tem um jeito meio “mineiro” de fazer política, mas é eficiente. “Quietinho” colocou a sua esposa Maria Auxiliadora (PSB) de vice prefeita em Xapuri e indicou o genro secretário de saúde. E tem um bom relacionamento com Tião Flores de Epitaciolândia. Deverá ser um dos coordenadores da campanha majoritária da FPA no Alto Acre e não deve ter dificuldades para se reeleger deputado estadual.

Ainda no jogo
O PSB não esconde que pretende apresentar o nome do deputado federal César Messias (PSB) como vice de Marcus para 2018. O plano B poderá ser a ex-candidata à prefeitura de Cruzeiro do Sul, a delegada Carla Ivani (PSB). Mas Moraes me disse que o PSB poderá fazer convite a uma terceira liderança política do Juruá importante para fazer o papel de vice, como plano C. Quem será?

De cara no muro
O ex-deputado federal Henrique Afonso recém se filiou ao PSL que entrou em crise existencial por não poder mais fazer alianças com o PT. O presidente no Acre, Pedro Longo, já avisou que mudará de partido. E Henrique irá para onde?

De galho em galho
Não entendi porque o Henrique saiu do PSDB. Tinha toda a confiança e apoio do deputado federal Major Rocha (PSDB). A certeza de que seria o principal candidato a deputado federal dos tucanos. Henrique já mudou cinco vezes de partido o que não é muito bom para a sua imagem pública.

Quieto onde está
Conversei esses dias com o deputado estadual Luiz Gonzaga (PSDB) sobre a possibilidade de ser candidato a federal. Nessa altura, opção descartada. Na verdade, Gonzaguinha nunca esteve muito animado para concorrer a uma vaga na Câmara. Sempre preferiu concorrer à reeleição.

Questão de lógica
Acredito que quem vai indicar o candidato a vice do senador Gladson Cameli (PP) na disputa ao Governo será o PSDB. A tendência é Rocha disputar a reeleição. Com a provável aprovação do “Distritão” deverá ser candidato único da legenda.

Unidos e separados
A oposição terá uma disputa interna interessante pelos votos do Senado. Rocha deve se unir com o senador Sérgio Petecão (PSD). Por outro lado, Márcio Bittar (PMDB) terá o apoio no Juruá do ex-prefeito Vagner Sales (PMDB). Façam as suas apostas.

A história se repete
Também na FPA vamos ver Ney Amorim e Jorge Viana numa conversa de união pra “inglês ver”. Na hora da corrida pelos votos cada um para o seu lado. Não acredito que Ney ficará subserviente ao Jorge, como o Edvaldo Magalhães (PC do B) em 2010. A disputa interna por apoios será intensa.

Chances pequenas
Realmente não acredito que o deputado federal Alan Rick (DEM) tenha chances de ser o vice na chapa principal da oposição. O seu perfil não se encaixa naquele que ouço dizer nos bastidores que deverá ser escolhido. Nesse caso, ser jovem atrapalha.

De braços dado
O deputado federal Flaviano Melo (PMDB) presidente da legenda no Acre vai peregrinar pelo interior apresentando Márcio Bittar (PMDB) aos diretórios do partido. A candidatura do ex-tucano ao Senado pela oposição está mais consolidada do que parece.

Sumido
O vereador da Capital, Emerson Jarude (PSL) começou bem o seu mandato. Postura independente e participando dos debates mais polêmicos sobre Rio Branco. Não sei o que aconteceu que deu uma “sumida”.

Esbanjando beleza
A publicitária Charlene Lima (PTB) está organizando o PTB em todo o Acre. Ao mesmo tempo que incrementa a sua candidatura a deputada estadual. Esses dias se alinhou com o Sindicato da Beleza do Acre que tem mais de seis mil cabelereiras, esteticistas e maquiadoras filiadas. Vai juntando simpatizantes para entrar na disputa com cacife.

Continuar lendo

Coluna do Nelson

Facções criminosas estão mais fortes do que muitos partidos políticos

Nelson Liano Jr.

Publicado

em

Continuar lendo

Coluna do Nelson

Locutor do Formigão e Coronel Ulysses as novidades à disputa ao Governo

Nelson Liano Jr.

Publicado

em

Continuar lendo

Coluna do Nelson

Até quando os acreanos continuarão isolados do resto do Brasil?

Nelson Liano Jr.

Publicado

em

Continuar lendo
Publicidade

Mais lidas

Copyright © 2017 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.