Conecte-se agora
Fechar

App mostra que passagens aereas em Rio Branco são as mais caras do Pais

Publicado

em

Usuários do aplicativo Voopter que buscaram os melhores preços para passagens aéreas nacionais durante o primeiro semestre de 2017 encontraram em cinco capitais e cidades medias, entre elas Rio Branco, as cidades para onde viajar de avião exigiu mais poder aquisitivo dos passageiros durante o primeiro semestre de 2017. Alem da capital do Acre estão na mesma lista Vitória da Conquista (BA), Fernando de Noronha (PE), Natal (RN) e Macapá (AP).Embora os preços dependam de variáveis, como origem, data da viagem e antecedência, esses destinos foram os que tiveram as médias de preço mais altas.

Apenas como exemplo -um único exemplo -a passagem de Rio Branco a Porto Velho, a capital mais próxima do Acre, pode variar de R$206 a R$2,5 mil, segundo o Voopter. Esses precos estratosfericos tem sido motivo de forte embate pelos parlamentares federais acreanos.

O levantamento feito pelo Voopter Data levou em conta as pesquisas dos usuários do comparador de preços de passagens aéreas entre 1º de janeiro e 14 de julho. Em São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Brasília (DF), Curitiba (PR) e Belo Horizonte (MG) foram encontradas as melhores ofertas, em média. Para a capital paulista, o preço médio de um bilhete foi de R$ 645, sendo que houve ocasiões em que foi possível voar para São Paulo por R$ 120.

O Voopter é o comparador de preços de passagens aéreas líder no Brasil, com mais de 2 milhões de usuários por mês e 160 mil passagens reservadas por mês nos sites das companhias aéreas e agências de viagem após pesquisa no app ou site.

Mais Informações

Destaque 3

INSS muda algumas regras para manter o auxílio-doença de trabalhadores

Publicado

em

O Governo Federal, por meio do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), publicou no Diário Oficial da União (DOU) desta segunda-feira, 20, uma Instrução Normativa que muda algumas regras para a manutenção do auxílio-doença de trabalhadores.

Agora o segurado que recebe o benefício pode informar diretamente ao INSS que considera-se apto a voltar para o trabalho sem que necessite passar pela perícia médica. A medida, segundo o governo, foi adotada devido a demora pelo atendimento.

Já aqueles que não se considera apto para retornar ao trabalho só poderá fazer três pedidos de prorrogação ao órgão. Vale destacar que no terceiro pedido de prorrogação será obrigatório passar pela perícia médica. Antes, não existia limite para a quantidade de pedidos de prorrogação. Neste ano, o INSS realizou uma varredura é identificou 168 mil auxílio doença irregulares, a economia foi de R$ 2,7 bilhões por ano.

Continuar lendo

Destaque 3

Começa terceira fase de saques do PIS/Pasep; potencial de quase R$ 4 bi

Publicado

em

Homens com mais de 65 anos e mulheres com mais de 62 anos podem ter acesso ao PIS/Pasep a partir de hoje (23) na Caixa Econômica Federal (CEF) e no Banco do Brasil (BB). Os trabalhadores com conta corrente nas instituições recebem os créditos automaticamente. Para os demais cotistas, o atendimento nas agências começa na próxima segunda-feira (23).

Anteriormente, a programação de atendimento da 3ª fase de pagamentos das cotas do PIS/Pasep – Programa de Integração Social e Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público – previa saques a partir de 14 de dezembro. Com a antecipação, mais de 2 milhões de trabalhadores terão acesso aos recursos. O potencial de pagamentos desta terceira etapa é de que quase R$ 4 bilhões.

Com o início dos pagamentos aos aposentados na última semana, o total sacado do fundo atingiu o valor de R$ 1 bilhão até 19 de novembro. Sendo que 56% deste valor se refere a pagamentos de aposentados.

Maiores de 70 anos

Os pagamentos para aposentados, idosos acima de 70 anos e herdeiros de trabalhadores falecidos continuam a ser feitos regularmente para os que ainda não sacaram os recursos.

Os que não puderem comparecer às agências devem fazer a solicitação de saque por procuração. Para a consulta de saldos, os bancos criaram páginas específicas na internet.

Pasep

O Banco do Brasil é administrador exclusivo do Pasep. Atualmente, cerca de 1,6 milhão de pessoas preenche os requisitos para receber as cotas no banco, cujo fundo contabiliza R$ 4,7 bilhões. Cotistas clientes do BB recebem o crédito automaticamente na conta corrente ou poupança.

Para não correntistas do BB, com saldo de até R$ 2,5 mil, o banco pede o envio de TED para outra instituição financeira, por meio da internet e de terminais de autoatendimento. A operação pode ser feita sem custo.

PIS

A Caixa tem serviço exclusivo em seu site para facilitar o atendimento ao trabalhador que tem direito ao saque da cota do PIS por idade e aposentadoria. Na página, o trabalhador pode visualizar o valor que tem a receber, a data do saque e os canais disponíveis para realização do pagamento.

O trabalhador tem ainda a opção de se informar por meio do APP Caixa Trabalhador, que está disponível para download. O APP é gratuito. Para realizar a consulta no site e no APP, o trabalhador deverá informar o CPF ou NIS e data de nascimento.

Continuar lendo

Destaque 3

Rio branquenses estão ansiosos por “Black Friday” de fim de ano, diz pesquisa

Publicado

em

Pelo menos 79% dos rio-branquenses estão ansiosos pelas vendas na Black Friday, e aguardam ansiosos as compras de fim de ano, segundo pesquisa realizada com 401 pessoas entre os dias 8 e 16 de novembro.

A “Black Friday” é uma data comercial criada nos EUA e copiada pelo comércio brasileiro. A sexta-feira do mês de novembro, distinguida como “Black Friday” é uma data em que o comércio trabalha com “superdescontos”, ao tempo em que tem a oportunidade de vender mais e aumentar seu faturamento operacional.

De acordo com a pesquisa, 46% dos entrevistados se referiu aos preços baixos como atrativo e 33% às condições oferecidas ao consumidor. Outros 10% falaram que não estão empolgados com a data; 8% não se manifestaram a respeito e 3% afirmaram não querer adquirir mais gastos.

Os dados também demonstraram que 48% dos entrevistados aproveitaram a “Black Friday” do ano passado para compras de bens de consumo. Dentre os bens mais comprados por essa população, os aparelhos de TVs tiveram a preferência de 25%; geladeiras, de 17%; roupas de grife, de 16%; e 7% compraram fogão. Outros 7%, não lembram quanto ao objeto adquirido.

Em 2017, 58% afirmaram que os gastos para a “Black Friday” de 2017 devem manter-se no mesmo patamar do realizado no mesmo período em 2016, de modo que 18% dos rio-branquenses sinalizaram a perspectiva de gastos aumentados no próximo dia 24 de novembro.

A pesquisa foi realizada pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Acre (Fecomércio/AC), por meio do Instituto Fecomércio de Pesquisas Empresariais do Acre (Ifepac).

Continuar lendo
Propaganda

Leia também

Mais lidas