Conecte-se conosco
Fechar

Acre também é referência nacional quando o assunto é farra de passagens

Ray Melo, da editoria de política do ac24horas

Publicado

em

Bom dia! Boa tarde! Boa noite!

O Acre não se cansa de ser referência em tudo que um acreano coloca a mão. A “síndrome do toque de Midas” começou com o governador dos governadores, nosso líder maios Sebastião Viana (PT), que em pouco mais de sete anos transformou o Estado na capital mundial da economia sustentável, modelo para os EUA, Alemanha, China, França, Peru, Itália, Israel, Bolívia, Vietnã, Coreia do Sul, Cuba, Rússia, Colômbia e Marte, além de referência para União Europeia. Mas os talentos de nossos políticos a cada dia surpreendem. Agora, temos os ex-deputados campões em farra de passagem.

Ganhamos ouro, prata e bronze na lista dos denunciados do MPF à 12ª Vara Federal de Brasília. Os primeiros lugares ficaram com os ex-deputados acreanos que mais gastaram com bilhete de passagem. O prefeito de Cruzeiro do Sul, Ilderlei Cordeiro (PMDB) ganhou a medalha de ouro, ele gastou R$ 248 mil e 388 bilhetes emitidos. A medalha de prata vai para Henrique Afonso (PSL), com R$ 245 mil, e a a medalha de bronze foi para Nilson Mourão, com R$ 229 mil, já que na competição da farra com gastos de passagens um político petista não poderia deixar de se destacar.

Enquanto isso, na Comissão de Ética do Senado…



A indústria da
maconha na ZPE

Quero aproveitar a sugestão do líder do governo, Daniel Zen (PT) que quer ampliar o debate sobre a legalização da maconha, medida que de acordo com ele, ajudaria a conter a violência no Acre, para sugerir que as instalações da Zona de Processamento de Exportações (ZPE) seja destinada para instalar a indústria da maconha. A matéria prima não iria faltar. As fábricas não necessitariam usar a BR e esperara horas para atravessar o rio Madeira Para chegar no Estado, já que a produção da planta nos países vizinhos e em algumas localidades do Acre é abundante.

Acreditando no “toque de Midas” de nossos gestores, posso prever que o Acre seria referência global, desbancaríamos o Uruguai, país que legalizou a droga e vem arrecadando impostos com a venda fracionada em drogarias. Pensa numa viagem. O Estado regulamentando, cobrando tributos, arrecadando, enchendo os cofres. O problema é que aumentaria a fumaça, viveríamos um eterno período de queimadas, mas tudo bem, a industrialização é o que importa. A iniciativa também pode legalizar a atividade de “empresários do ramo” que trabalham na informalidade.

Oposicionista diz que Sebastião é mitomaníaco


Meus três leitores, vocês sabem o que é um mitomaníaco? É a pessoa que mente em excesso ou fantasia excessivamente. Essa foi a forma desrespeitosa que o deputado Gerlen Diniz (PP) definiu o governador Sebastião Viana, do PT. A afirmação foi porque, segundo o oposicionista, o petista disse que a onda de incêndios causada pelas facções criminosos foi graças aos bloqueadores de celulares no presídio. Quer dizer que esses ataques não aconteciam antes? Mentira. Cheguei a conclusão que nosso governador está doente. Nós temos um governador mitomaníaco. Falta humildade para o estado ligar para o presidente”.

O deputado afirma que os responsáveis pela violência no Estado são jovens que nasceram quando o PT começou a governar. “Estão roubando e matando. A violência é generaliza no nosso Estado. E o que é feito para melhorar? São feitas declarações inverídicas. Temos que investir e pedir ajuda ao governo federal, mas para investir o dinheiro na segurança, não para ser desviado. Até quando vamos ter que suporta a sensação horrível de ser assaltado, de ter o carro roubado. É hora de humildade, não é hora de mentir descaradamente para a população”, dispara Gerlen Diniz.

Emylson Farias agora tem voz na Aleac
Nos últimos meses, os deputados da base de governo evitaram abrir a boca para defender o secretário de segurança pública, Emylson Farias, diante da saraivada de criticas que ele vem sofrendo dos parlamentares do bloco de oposição pela guerra de facções que vem aterrorizando o Estado. Apesar de Farias fazer parte do primeiro escalão da administração do PT, partido que conta com a maior bancada no Poder Legislativo, além da maioria na base aliada, os governistas nunca assumiram sua defesa, mas agora a coisa mudou, Eber Machado quer dar voz ao secretário na Aleac.

“Criticar Emylson Farias não vai resolver o problema. Nos precisamos de união. Tivemos um contingenciamento de 52% de verbas do Ministério da Justiça. Enquanto o governo federal investe R$ 70 milhões no Rio de Janeiro que é consumidor da droga que passa no corredor de entrada que é o Acre. Cadê a Aeronáutica, o Exército? Ontem, aqui no Acre, nós tínhamos apenas cinco policiais rodoviários federais de plantão para cuidar de nossas rodovias. Como podem querem culpar o secretário estadual por todas as falhas que começam lá encima”, bardou Eber Machado.

O Plano permanente de valorização da vida
O suicídio é um assunto não menos grave que o estado tem enfrentado com a violência. Só nesse ano, 500 tentativas de suicídio foram registradas. As declarações são do deputado Nelson Sales. Ele apresentou ac um projeto que institui o Plano permanente de valorização da vida, que propõe o acompanhamento e tratamento de pessoas com transtornos psiquiátricos. “É importante que vejam que o suicídio é uma questão de saúde pública, que o estado precisa trabalhar mais incisivamente, promovendo parcerias com órgãos governamentais para tenhamos ferramentas e profissionais para tratamento e evitar atitudes extremas como a de tirar a vida”, justifica.

Valorizando a pessoa deficiente
Nos últimos anos, as pessoas que possuem algum tipo de deficiência estiveram esquecidas pelo poder público. Empunhando a bandeira da valorização e reconhecimento e inclusão das pessoas com necessidades especiais, o deputado Raimundinho da Saúde (PODEMOS) tem se empenhado para buscar alternativas que amenizem o sofrimento e a falta de acessibilidade desses cidadãos no contexto do dia a dia no Estado. Recentemente, ele apresentou uma emenda para comprar material para Oficina Ortopédica do Acre. “Só quem já teve a necessidade de utilizar um meio auxiliar de locomoção sabe bem a importância de uma oficina ortopédica a serviço da população”, destaca Raimundinho da Saúde.

Continuar lendo

Blog do Ray

“A Peixes da Amazônia virou história de pescador daquelas que ninguém acredita mais”

Ray Melo, da editoria de política do ac24horas

Publicado

em

Continuar lendo

Blog do Ray

Contrariando caciques do PMDB, deputada Jéssica Sales vota contra fundo bilionário de campanha na câmara

Ray Melo, da editoria de política do ac24horas

Publicado

em

Continuar lendo

Blog do Ray

“Jorge Viana faz um discurso com gotas de lucidez em milhares de litros de delírios”

Ray Melo, da editoria de política do ac24horas

Publicado

em

Continuar lendo
Publicidade

Mais lidas

Copyright © 2017 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.