Conecte-se agora
Fechar

Acreanos já pagaram R$ 1,7 bilhão em impostos neste ano

Publicado

em

Os números do Impostômetro revelam que os acreanos já pagaram mais de R$ 1,728 bilhão em impostos e tributos, isso ente 1º de janeiro e 25 de julho. O valor foi publicado nesta terça-feira, dia 25, pela Associação Comercial de São Paulo. Houve aumento considerável entre o ano passado e agora, sendo que no mesmo período, em 2016, o acreano pagou R$ 1,587 bilhão.

Já o valor pago pelos brasileiros em impostos neste ano alcançou R$ 1,2 trilhão. No ano passado, o mesmo montante foi registrado em 10 de agosto, o que revela crescimento da arrecadação tributária. A marca de R$ 1,2 trilhão equivale ao montante pago em impostos, taxas e contribuições no país desde o primeiro dia do ano. O dinheiro é destinado à União, aos estados e aos municípios.

Segundo o site da Acisa, com todo esse dinheiro seria possível comprar 1.292.666 apartamentos. Para os mais cuidadosos, seria possível aplicar esse dinheiro na poupança e ter um rendimento de R$ 9.699.224 por hora, um total de R$ 232.800 ao dia. Ou então comprar 38 mil carros, ou até receber 50 salários mínimos por mês durante 2 mil anos.

Realidade que, segundo o presidente da Acisa Rio Branco, reflete o aumento na carga tributária entre 2016 e 2017, demonstrando que o poder aquisitivo dos brasileiros está ainda menor. Celestino Oliveira explica esse cenário não foi impedido pela recessão que pairou no Acre desde 2015.

“Houve um crescimento na arrecadação de tributos, tanto do país quando do nosso estado, apesar da recessão com redução de empregos diretos, redução de receitas, e o estado, a nível Brasil, houve um aumento no recolhimento dos impostos. Isso quer dizer que o poder aquisitivo dos nossos trabalhadores diminuiu e consequentemente os empresários deixaram de vender e arrecadar”, diz o dirigente comercial.

No estado, a cidade que mais arrecadou foi Rio Branco, que chegou, na manhã desta terça-feira, à marca de R$ 75,8 milhões. Já Cruzeiro do Sul, a segundo maior cidade do estado, arrecadou quase que o valor da Capital: R$ 74,8 milhões. A cidade com menor arrecadou foi o Jordão, com R$ 347 mil desde o dia 1º de janeiro.

De forma crítica ao aumento de tributos, Celestino diz que o governo age assim para minimizar a alta do desemprego criado nos governos de Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff, ambos do PT, que deixaram o saldo de milhões de trabalhadores sem emprego formal. “O governo aumentou os tributos, para justificar a grande maioria de desemprego”, completa.

O que também chama a atenção é que será preciso trabalhar 153 dias para pagar todos os impostos cobrados pelos governos estadual, municipal e federal, este ano. E o numero é o mesmo do ano passado, contra os 151 do ano anterior, ou mesmo os 148 do início da década atual.

Mais Informações

Destaque 2

“Pacientes estão perdendo seus órgãos transplantados por falta de medicamentos no Acre”, denuncia Associação ao MPF

Publicado

em

A falta de medicamentos para pacientes de hemodiálise e transplantados renais na rede pública de Saúde do Acre foi denunciada nesta terça-feira, 21, ao Ministério Público Federal por pacientes que se dizem prejudicados pelo descaso do Estado.

O documento foi encaminhado ao procurador-chefe do MPF no Acre, Ricardo Alexandre Lago. Nele, a Associação dos Renais Crônicos e Transplantados (Apartac) denuncia a falta de micofelanato de sódio de 360 MG para transplantados e sacarato de ferro para pacientes com insuficiência renal crônica.

Há ainda relato de que pacientes estão perdendo seus órgãos transplantados por falta de medicamentos; unidade de Nefrologia superlotada e operando no limite e “órgãos perdidos e estragados por falta de solução e medicamentos”.

“Estaremos esperando por alguma resposta dessa instituição que deveria proteger e defender o cidadão, mas infelizmente ainda não tivemos apoio da mesma, pois já entramos com uma ação em fevereiro desse ano e a resposta foi que não viram nenhum problema sistêmico e encaminharam o processo para o MPE, quase um ano depois ainda não obtivemos nenhuma resposta do MPE e voltamos novamente ao MPF e relatamos que os problemas que eles não consideram sistêmico se agravou e pessoas estão morrendo e voltando para a máquina de hemodiálise por falta de medicamentos”, desabafa Vanderli Ferreira, presidente da Associação dos Pacientes Renais Crônicos.

Continuar lendo

Destaque 2

Membro do Bonde dos 13 é executado no bairro Belo Jardim, em Rio Branco

Publicado

em

Um jovem identificado como Natanael Silva Morais, de 24 anos, foi assassinado a tiros no início da noite desta segunda-feira (20), no Ramal da Judia, região do bairro Belo Jardim, no segundo distrito de Rio Branco.

O jovem, segundo populares, seria integrante da facção criminosa, “Bonde dos 13”, e foi encontrado morto com um tiro na região das costelas. Ninguém no local quis falar sobre o crime. Dias atrás, Natanael já havia sofrido uma tentativa de homicídio, inclusive, ele estava com a marca do tiro que pegou de raspão na região do pescoço.

Os militares fizeram o isolamento da área e em seguida chegou a perícia para os procedimentos de coleta de informações. Em seguida o corpo foi levado pata o Instituto Médico Legal (IML).

O caso soma aos outros homicídios ainda sem resolução que será investigado pela Polícia Civil.

Continuar lendo

Destaque 2

Polícia Civil prende dois suspeitos de assaltar agente de segurança em Rio Branco

Publicado

em

A Polícia Civil com o apoio de uma guarnição da Polícia Militar, conseguiu prender nesta segunda-feira (20), dois homens suspeitos de terem invadido a residência de um agente de segurança pública e saírem levando a arma de fogo, além de aparelhos celulares.

Carlos Airton Barbosa, dos Santos, de 23 anos e Jean Sales Ferreira, de 18, renderam a vítima na noite de domingo (19), no bairro Canaã. A intenção era sair levando o veículo com outros objetos de valor, porém, após perceberem a aproximação de uma guarnição da Polícia Militar eles conseguiram fugir levando apenas a arma de fogo e aparelhos celulares.

Um deles, Carlos Airton Barbosa dos Santos, estava com um mandado de prisão em aberto por estar considerado evadido do Sistema Penitenciário onde cumpria pena pelo crime de roubo.

A arma e os suspeitos foram apresentados na Delegacia de Investigações Criminais (DIC).

Segundo apurou ac24horas, Carlos Santos estava com um mandado de prisão em aberto e, justamente por isso, teve de ser levado prontamente para a delegacia de polícia, de onde seguirá para o presídio.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Continuar lendo
Propaganda

Leia também

Mais lidas

Copyright © 2017 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.