Conecte-se agora

Acreanos já pagaram R$ 1,7 bilhão em impostos neste ano

Publicado

em

Os números do Impostômetro revelam que os acreanos já pagaram mais de R$ 1,728 bilhão em impostos e tributos, isso ente 1º de janeiro e 25 de julho. O valor foi publicado nesta terça-feira, dia 25, pela Associação Comercial de São Paulo. Houve aumento considerável entre o ano passado e agora, sendo que no mesmo período, em 2016, o acreano pagou R$ 1,587 bilhão.

Já o valor pago pelos brasileiros em impostos neste ano alcançou R$ 1,2 trilhão. No ano passado, o mesmo montante foi registrado em 10 de agosto, o que revela crescimento da arrecadação tributária. A marca de R$ 1,2 trilhão equivale ao montante pago em impostos, taxas e contribuições no país desde o primeiro dia do ano. O dinheiro é destinado à União, aos estados e aos municípios.

Segundo o site da Acisa, com todo esse dinheiro seria possível comprar 1.292.666 apartamentos. Para os mais cuidadosos, seria possível aplicar esse dinheiro na poupança e ter um rendimento de R$ 9.699.224 por hora, um total de R$ 232.800 ao dia. Ou então comprar 38 mil carros, ou até receber 50 salários mínimos por mês durante 2 mil anos.

Realidade que, segundo o presidente da Acisa Rio Branco, reflete o aumento na carga tributária entre 2016 e 2017, demonstrando que o poder aquisitivo dos brasileiros está ainda menor. Celestino Oliveira explica esse cenário não foi impedido pela recessão que pairou no Acre desde 2015.

“Houve um crescimento na arrecadação de tributos, tanto do país quando do nosso estado, apesar da recessão com redução de empregos diretos, redução de receitas, e o estado, a nível Brasil, houve um aumento no recolhimento dos impostos. Isso quer dizer que o poder aquisitivo dos nossos trabalhadores diminuiu e consequentemente os empresários deixaram de vender e arrecadar”, diz o dirigente comercial.

No estado, a cidade que mais arrecadou foi Rio Branco, que chegou, na manhã desta terça-feira, à marca de R$ 75,8 milhões. Já Cruzeiro do Sul, a segundo maior cidade do estado, arrecadou quase que o valor da Capital: R$ 74,8 milhões. A cidade com menor arrecadou foi o Jordão, com R$ 347 mil desde o dia 1º de janeiro.

De forma crítica ao aumento de tributos, Celestino diz que o governo age assim para minimizar a alta do desemprego criado nos governos de Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff, ambos do PT, que deixaram o saldo de milhões de trabalhadores sem emprego formal. “O governo aumentou os tributos, para justificar a grande maioria de desemprego”, completa.

O que também chama a atenção é que será preciso trabalhar 153 dias para pagar todos os impostos cobrados pelos governos estadual, municipal e federal, este ano. E o numero é o mesmo do ano passado, contra os 151 do ano anterior, ou mesmo os 148 do início da década atual.

Propaganda

Destaque 2

Polícia Encontra Fiat Toro usada na morte de criança e prende suspeito

Publicado

em

Durante diligências no bairro Bahia, região da Baixada da Sobral, a Policia, por meio dos militares do 3º Batalhão, conseguiu apreender o veículo envolvido na morte da criança Rebeca Santos, de apenas 4 anos, ocorrida na noite de sexta-feira (21), no bairro Vila Betel, e ainda prender duas pessoas suspeitas de envolvimento no crime.

LEIA MAIS
Novo atentado em Rio Branco acaba com criança de 4 anos morta com tiro na cabeça

O carro Fiat Touro branco de placa QLV 4003 estava escondido em uma residência e na casa foram presos um homem identificado inicialmente como Francisco Ferreira de Souza que já tem passagem por homicídio e uma mulher de nome ainda não divulgado. Os dois estão sendo encaminhados à Delegacia de Flagrantes (Defla), e o carro deverá passar por perícia.

Entenda o caso

Rebeca Vitória Santos de apenas 4 anos morreu durante procedimento cirúrgico no Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco (Huerb), após ser baleada com um tiro na cabeça na Rua Brasiléia, no bairro Betel.

Os suspeitos usavam o veículo Fiat Touro e passaram atirando em direção as pessoas na rua chegando a atingir a criança e o jovem Matheus de Albuquerque Fonseca, na perna. Este não corre riscos de morte.

A coleta de informações foi feita pela Polícia Militar no local e em seguida dezenas de agentes sairam a procura dos suspeitos que fugiram tomando rumo ignorado. As diligências duraram toda a madrugada chegando ao local após investigações. Outras duas pessoas podem estar envolvidas.

Continuar lendo

Destaque 2

Novo atentado em Rio Branco acaba com criança de 4 anos morta com tiro na cabeça

Publicado

em

Uma criança de 4 anos deu entrada no Pronto Socorro de Rio Branco na noite desta sexta-feira (21), após ser alvejada por um disparo de arma de fogo na Rua Brasiléia, região do bairro Betel, em Rio Branco. Um jovem também foi baleado na perna na mesma ação.

A informação é de que dois homens em uma caminhonete Fiat Toro que havia sido roubada momentos antes teriam passado atirando em direção às pessoas que estavam na rua e os disparos acabaram atingindo uma criança na cabeça identificada como Rebeca Santos e um jovem  de 22 anos, Matheus de Albuquerque Fonseca, na perna.

Desesperada, a mãe acabou levando a criança por meios próprios ao Pronto Socorro da capital e o jovem foi socorrido por uma Unidade do Serviço de Atendimento Móvel Urgência (Samu), e também levado para atendimento.

A criança deu entrada no centro cirúrgico, mas não resistiu ao ferimento e veio a óbito horas depois.

 

Continuar lendo

Destaque 2

Gladson diz que números do Ibope motivam e Marcus não foi encontrado para opinar

Publicado

em

A política local foi movimentada nesta semana pela divulgação de três pesquisas eleitorais. A última delas e mais aguardada, a do Ibope, divulgada nesta quinta-feira à noite na TV Acre, que mostrou Gladson Cameli (Progressistas) na frente com 47% e Marcus Viana (PT) com 38%, repercutiu nas redes sociais.

Gladson Cameli, que aparece na frente de Marcus Viana com uma diferença de 9%, conforme o Ibope, diz que os números lhe motivam, mas que “o que vale mesmo é o resultado final das urnas. E por isso estamos com o mesmo empenho em mostrar que é possível fazer uma Mudança para que o Acre pertença a todos e não apenas a um partido político”.

O Coronel Ulysses Araújo (PSL) tem 6% na pesquisa a Ibope. Perguntado por ac24horas sobre seu desempenho, ele disse: “Vamos aguardar a pesquisa dos votos dentro da urna”.

Com 1%, a candidata Janaina Furtado (Rede) lamenta o fato de o poderio econômico ainda definir eleições. “O poder econômico ainda é o principal responsável pela definição das eleições. Quem tem dinheiro tem votos. Ponto final.”

Para David Hall, que não pontou, “as pesquisas não refletem a realidade”.

“As pesquisas privilegiaram e vão privilegiar aqueles que tem mandato, aqueles que são mais conhecidos e populares e quem têm recursos e grandes estruturas”, afirma o candidato.

Marcus Viana não foi encontrado para comentar seu desempenho no Ibope. A reportagem enviou pergunta a assessoria do candidato sobre a avaliação do resultado da pesquisa, mas não obteve resposta até às 9h45 desta sexta-feira.

Na terça-feira passada, na Fieac, momentos antes do Fórum de Desenvolvimento Acre 2050, Marcus Viana foi perguntado pela reportagem de ac24horas sobre seu desempenho nas pesquisas Real Big Data e Data Control em que ele aparece também em segundo e seu adversário Gladson Cameli em primeiro. Na oportunidade, o petista respondeu que não iria comentar os números e que estava aguardando a pesquisa de um instituto nacional.

A pesquisa Ibope/TV Acre foi realizada entre os dias 17 e 19 de setembro e mostra um crescimento de 10% do candidato progressista em relação ao seu oponente petista em comparação à primeira pesquisa do mesmo instituto feita em agosto. Naquela ocasião, Gladson Cameli e Marcus Viana apareciam empatados com 37%.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2017 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.