Conecte-se agora

ProUni já tem mais de 300 mil candidatos inscritos; prazo encerra nesta sexta-feira, 9

Publicado

em

As inscrições para o Programa Universidade para Todos (ProUni) do segundo semestre de 2017 terminam hoje (9). Estão sendo oferecidas 147.492 bolsas em 1.076 instituições privadas de educação superior. O prazo foi aberto na última terça-feira (6) e até as 13h de quinta-feira (8), o Ministério da Educação já registrava 307.668 inscritos, em um total de 593.691 inscrições. O estudante pode selecionar até duas opções de curso, entre os 27.237 disponíveis.

Os interessados em participar do ProUni podem consultar as bolsas oferecidas e se inscrever na página do programa na internet. O número de bolsas oferecidas é 17% maior em relação à segunda edição do programa do ano passado. Do total de bolsas, 67.603 são integrais e 79.889, parciais.

O ProUni é voltado para estudantes da rede pública ou bolsistas integrais de escolas particulares. Também estão incluídas as pessoas com deficiência e professores da educação básica em escolas públicas que compõem o quadro de pessoal permanente da instituição.

Podem concorrer às bolsas do ProUni estudantes brasileiros que não tenham diploma de curso superior e tenham feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2016, obtido mínimo de 450 pontos na média de notas do exame e não tenham zerado a redação. Os candidatos que pleitearem bolsas integrais devem ter renda familiar bruta mensal per capita de, no máximo, um salário mínimo e meio. No caso da bolsa parcial, a renda familiar não pode ser maior que três salários mínimos.

No caso dos professores, a oferta é restrita aos cursos de licenciatura, e não há necessidade de cumprir o requisito da renda. O ProUni tem ainda ações conjuntas com o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), que permite ao bolsista parcial financiar a parte da mensalidade não coberta.

O estado de São Paulo lidera o número de bolsas ofertadas (35.047), seguido de Minas Gerais (16.610) e do Paraná (11.590). O maior número de bolsas oferecidas está concentrada nos cursos de engenharia (16.314), administração (14.273), pedagogia (10.191) e direito (8.606). Para medicina, há 658 vagas disponíveis.

Cronograma

O processo seletivo será constituído de duas chamadas sucessivas, sendo que a primeira ocorrerá em 12 de junho e a segunda está prevista para 26 de junho. O candidato selecionado deverá comparecer à respectiva instituição de educação superior para a comprovação das informações prestadas e a eventual participação em processo seletivo próprio, quando for o caso, no período de 12 a 19 de junho, na primeira chamada, e de 26 a 30 de junho, na segunda chamada.

Para participar da lista de espera, o estudante deverá manifestar seu interesse na página do programa, entre 7 e 10 de julho. A lista estará disponível no sistema, para consulta pelas instituições de educação superior, no dia 13 de julho. Nesse caso, o candidato deverá comparecer à instituição e entregar a documentação no período de 17 a 18 de julho.

Anúncios

Destaque 3

Médico orienta que acreanos se restrinjam ao núcleo familiar em festividades do final de ano

Publicado

em

A chegada do mês de dezembro traz uma nova preocupação para as autoridades do estado e profissionais de saúde que estão enfrentando a Covid-19 desde que a pandemia chegou ao Acre. Isso porque as festividades de final de ano podem comprometer ainda mais o sistema público e privado de saúde, que já está em processo de saturação em meio ao novo pico de contaminação do coronavírus.

Reuniões, festas com aglomeração de pessoas, jantares e confraternizações tem sido mais frequentes nos últimos meses, por isso membros do Comitê de Acompanhamento Especial da Covid-19 no Acre defendem a permanência de cuidados sanitários, principalmente neste período.

De acordo com o médico Oswaldo Leal, que integra o Comitê, destaca que no momento o Acre se encontra numa fase em que o número de novos casos da doença, apesar de terem aumentado significativamente nas últimas semanas, está em situação de estabilidade, nem aumentando nem diminuído. “Mas temos muitos casos decorrentes de reuniões familiares, casos de famílias inteiras contaminadas porque uma pessoa da família levou [o vírus]”, disse em entrevista à Rede Amazônica.

Sobre as festividades de final de ano, Leal argumenta que “esse é outro aspecto importante, que a gente vem trabalhando em conjunto com os setores. Fazendo esforço entre poder público, com a economia e a sociedade”.

Ainda sobre o assunto, o médico afirma: “se relaxarmos muito nesse período teremos problemas sim no final do ano e não queremos isso, queremos que essas festividades aconteçam, de preferência no núcleo familiar”.

Leal sugere que os moradores devem evitar aglomeração e celebrações que envolvam muitas pessoas. “Que seja mais restrito e deixar as grandes celebrações para o momento que a gente consiga sair dessa pandemia”, conclui.

Continuar lendo

Destaque 3

MEC determina volta às aulas presenciais em instituições federais a partir de janeiro

Publicado

em

O Diário Oficial da União publica nesta quarta-feira, 2, portaria do Ministério da Educação (MEC) determinando que instituições federais de ensino superior voltem às aulas presenciais, a partir de 4 de janeiro de 2021. Para isso, as instituições devem adotar um “protocolo de biossegurança”, definido na Portaria MEC nº 572, de 1º de julho de 2020, contra a propagação do novo coronavírus (covid-19).

O documento estabelece ainda a adoção de recursos educacionais digitais, tecnologias de informação e comunicação ou outros meios convencionais, que deverão ser “utilizados de forma complementar, em caráter excepcional, para integralização da carga horária das atividades pedagógicas”.

O texto da portaria diz, também, que as “práticas profissionais de estágios ou as que exijam laboratórios especializados, a aplicação da excepcionalidade”, devem obedecer as Diretrizes Nacionais Curriculares aprovadas pelo Conselho Nacional de Educação (CNE), “ficando vedada a aplicação da excepcionalidade aos cursos que não estejam disciplinados pelo CNE”.

O documento estabelece, que, especificamente, para o curso de medicina, “fica autorizada a excepcionalidade apenas às disciplinas teórico-cognitivas do primeiro ao quarto ano do curso, conforme disciplinado pelo CNE”.

 

Continuar lendo

Destaque 3

Com 228 pacientes internados, Acre registra 304 casos e mais três óbitos por Covid-19

Publicado

em

A Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre), por meio do Departamento de Vigilância em Saúde (DVS), registrou nesta terça-feira, 01, 304 casos de contaminação pelo novo coronavírus no Acre.

Dos 304 novos casos, 152 são de exames RT-PCR e 152 testes rápido. O número de infectados subiu de 36.259 para 36.563, em 24 horas.

Até o momento, o Acre já registrou 100.836 notificações de contaminação pela doença, sendo que 63.965, casos foram descartadas. Atualmente, 308 exames de RT-PCR seguem aguardando análise pelo Laboratório Central de Saúde Pública do Acre (Lacen) ou pelo Centro de Infectologia Charles Mérieux. Pelo menos 30.725 pessoas já receberam alta médica da doença, enquanto 140 pessoas seguem internadas.

Mais 3 notificações de óbitos foram registradas nesta terça-feira, dia 1º, sendo dois do sexo masculino, e 1 do sexo feminino, fazendo com que o número oficial de mortes por Covid-19 suba para 726 em todo o estado.

Segundo dados do boletim de leitos do SUS no Estado, foram identificados 228 pacientes internados nos estabelecimentos monitorados, dos quais 140 testaram positivo para Covid-19. Do total hospitalizado, 41 estão em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 187 (clínicos, obstétricos e pediátricos).

A média de internações geral foi de 220 pacientes, observando-se, esta terça-feira, 01, um aumento de 4,7% no total de internações em relação à média dos últimos 7 dias.

Continuar lendo

Destaque 3

Educação do Acre retoma cronograma e realiza processo seletivo para cadastro de reserva

Publicado

em

A Secretaria de Estado de Educação Cultura e Esportes (SEE) anunciou nesta terça-feira, 01, a retomada do cronograma previsto dos processos seletivos simplificados da Educação: Aprender é o Caminho, Educação do Campo, ensino regular, de correção e distorção de idade e série, implementado na rede em 2020 para os alunos do ensino fundamental anos finais.

As provas objetivas serão realizadas no domingo, 6, de forma presencial, seguindo todas as normas de segurança. As vagas são para cadastro Educação Especial, Educação de Jovens e Adultos (EJA) e de reserva com o objetivo de atender necessidades nos 22 municípios acreanos. O cronograma pode ser acompanhado no site do Instituto Brasileiro de Apoio e Desenvolvimento Executivo (Ibade), www.ibade.org.br, bem como local e horário da prova.

“Esses processos estavam em andamento e previstos para ocorrer no mês de março, mas foram suspensos devido à pandemia do novo coronavírus, sendo retomado no mês de novembro”, informou a secretaria por meio da Agência de Notícias do Acre. A previsão é de que, em janeiro, os profissionais sejam convocados. São oferecidas vagas para assistente educacional, professor mediador, professor de atendimento educacional especializado (AEE) e intérprete em libras e braile.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas