Conecte-se agora

População de Manoel Urbano denuncia caos na saúde, durante audiência da Aleac

Publicado

em

A população e profissionais da área médica de Manoel Urbano, distante 210 quilômetros de Rio Branco, apresentaram graves denúncias sobre as condições na Unidade Mista de Saúde do município, durante audiência pública realizada pelo Sindicato dos Trabalhadores em Saúde (Sintesac) e Comissão de Saúde da Aleac.

Segundo o deputado Nelson Sales (PV), a unidade de saúde apresenta inúmeros problemas como o Raio X precário, a não realização de exames de fezes e urina, alimentação precária, escala de profissionais com déficit e tirando plantões de até quatro dias consecutivos e a falta de uma ambulância do Samu.

“Podemos comprovar que o que tem ocorrido na unidade da saúde de lá é uma tremenda irresponsabilidade por parte do governo, a saúde pública daquela cidade está completamente abandonada. A situação é desumana. Os pacientes em situação de emergência aguardam 10 horas para serem socorridos”, afirma o deputado

Segundo Sales, “A ambulância que atende os pacientes de Manoel Urbano sai de Rio Branco. O governador disse que o munícipio não pode ser habilitado para ter um Samu e quem paga o pato é a população como sempre, né. Em Manoel Urbano não tem ambulância, não tem medicamentos, os equipamentos para exames não funcionam”.

Os servidores da saúde teriam denunciado que e os profissionais fazem cinco plantões seguidos de 24 horas. “Isso é desumano, é criminoso. Como se pode ter um bom atendimento assim? “Senão bastasse toda a precariedade do local, a direção tem agido com desumanidade no trato aos servidores, com perseguições”, afirma Sales.

O deputado informa que várias reuniões foram realizadas e as denúncias foram encaminhadas ao MP. “Durante a audiência a população pediu em coro a demissão da atual gestora, o problema é que ela não pode ser demitida uma vez que é apadrinhada pelo governo. O que nós queremos é que toda essa situação seja resolvida”, finaliza.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas