Conecte-se agora

Mãe de jovem desaparecido Bruno Borges, busca conforto no Velho Testamento

Publicado

em

Na véspera do Dia das Mães, a empresária Denise Borges, mãe do estudante desaparecido Bruno Borges, usou o versículo 15  do capítulo  20 do 2º livro bíblico de Crônicas, no Velho Testamento,  para expressar seus sentimentos nesta data. O versículo diz “não temais, nem vos assusteis pois a peleja não é vossa mas de Deus”.

Havia uma guerra às portas do reino de Judá. Vários povos se juntaram e marchavam contra o rei Josafá, que teve medo e apelou a Deus, que durante um culto usou o jovem Jaaziel para afirmar ao líder dos judeus que não deveria ter medo da multidão que se encaminhava às suas terras, pedindo apenas que juntasse seu exército e  fosse  encontrar os invasores.

A ordem de Deus era que ficassem esperando, pois Ele lutaria por Josafá. E foi o que aconteceu. Os inimigos padeceram sem que Josafá tivesse de ir ao embate com eles.

 

Anúncios

Acre

Acre terá aduana de fiscalização na fronteira com Peru e Bolívia

Publicado

em

O Ministério da Agricultura irá implantar em alguns meses a aduana de fiscalização agropecuária na região de tríplice fronteira do Acre, segundo assegurou nesta quinta-feira (22) a ministra Tereza Cristina ao vice-governador Major Rocha.

“A ministra também garantiu para os próximos meses o funcionamento da aduana na fiscalização na região da tríplice fronteira, destacando técnicos do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento no Acre para atuarem na região”, disse Rocha.

Autoridades peruanas tem especial interesse nessa medida, e já pediram empenho das autoridades brasileiras quanto ao funcionamento da aduana no lado brasileiro, que em algumas ocasiões funciona apenas uma vez por semana.

Continuar lendo

Notícias

Capes premiará mulheres da área de biotecnologia

Publicado

em

Esta é a primeira vez que a Capes apoia premiação específica para o público feminino

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) vai premiar doutoras no Prêmio CAPES de Tese. Esta é a primeira vez que a Capes vai apoiar uma premiação voltada especificamente para o público feminino. 

Será premiada uma autora na área de biotecnologia, com tema voltado para inovação e empreendedorismo. Além do prêmio em dinheiro, o trabalho será selecionado para receber o reconhecimento nos editais do Prêmio de 2020 e 2021. 

A premiação será realizada em parceria com a Dimensions Sciences (DS), organização americana sem fins lucrativos fundada pela cientista brasileira Márcia Vasconcellos Fournier, com sede em Washington, Estados Unidos. A Dimensions Sciences tem como objetivo é capacitar cientistas e estudantes, fornecendo bolsas de estudo para acesso a programas de ensino superior, pesquisa científica, inovação e intercâmbio internacional de pesquisadores.

Entre as teses já inscritas para o certame deste ano, a comissão de premiação fará a seleção conforme os critérios estabelecidos, para que uma doutora receba o valor de U$2 mil, pagos pela Dimensions Sciences. Além da nova parceria com a Dimensions Sciences, a iniciativa conta, ainda, com o apoio da Fundação Carlos Chagas, da Comissão Fulbright e do Instituto Serrapilheira, que também oferecerão prêmios adicionais às autoras das teses vencedoras.

Prêmio CAPES de Tese

O Prêmio CAPES de Tese reconhece os melhores trabalhos de conclusão de doutorado defendidos em programas de pós-graduação brasileiros de acordo com os seguintes critérios: originalidade do trabalho, relevância para o desenvolvimento científico, tecnológico, cultural, social e de inovação e o valor agregado pelo sistema educacional ao candidato.

A CAPES divulgou os 49 selecionados na 15ª edição da premiação, em 1º de outubro. Durante a cerimônia de entrega do Prêmio, que em 2020 será virtual por causa da pandemia, outros 94 candidatos receberão menções honrosas.

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

Continuar lendo

Destaque 3

Acre passa de 30 mil contaminados pela Covid-19 e soma mais 3 mortes pela doença

Publicado

em

O Estado do Acre ultrapassou a marca de 30 mil infectados pelo novo coronavírus nesta quinta-feira (22). Com 103 novos casos de Covid-19 registrados nas últimas 24 horas, a Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre) confirma agora que o número de infectados subiu para 30.028.

O Departamento de Vigilância em Saúde (DVS) também contabilizou mais três mortes decorrentes da doença de ontem para hoje, fazendo com que o total de óbitos chegasse a 685 em todo o estado nesta quinta.

As vítimas fatais recém-confirmadas são uma do sexo masculino: A.A.G.S D., de 40 anos. Morador de Feijó, deu entrada no dia 9 de outubro no Hospital Regional do Juruá e veio a óbito no dia 13. E duas do sexo feminino: Z.L.C., de 86 anos. Moradora de Feijó, deu entrada na quarta-feira, 21, no Hospital Regional do Juruá e veio a óbito no mesmo dia. E N.P.A., de 87 anos. Moradora de Rio Branco, deu entrada no dia 2 de julho no Instituto de Ortopedia e Traumatologia (Into) Acre, e veio a óbito na quarta-feira, 21.

Até o momento, o Acre registra 78.957 notificações de contaminação pela doença, sendo que 48.903 casos foram descartados, enquanto 26 amostra de RT-PCR estão em análise pelo Laboratório Central de Saúde Pública do Acre (Lacen) e pelo Centro de Infectologia Charles Mérieux. Pelo menos 27.806 pessoas já receberam alta médica da doença, enquanto 65 seguem hospitalizadas.

Continuar lendo

Cotidiano

Descentralização no combate à malária reduz 12% os casos da doença no Acre

Publicado

em

O Acre reduziu 12% nos índices que apontam casos de malária no estado. No período de janeiro a setembro de 2019, o estado registrou 9,3 mil notificações da doença. No mesmo período deste ano, foram 8,1 mil casos. Os dados são do Sistema de Informações da Malária (Sivep-Malária).

A vigilância epidemiológica da Secretaria de Saúde do Acre (Sesacre) garante que o ato de descentralização do combate à malária, com parceria entre governo e prefeituras, contribuiu para a diminuição dos índices da doença nas regiões de maior prevalência, como o Juruá.

Cruzeiro do Sul, Mâncio Lima e Rodrigues Alves ainda detêm a maior concentração de casos. Juntos, os três municípios que formam a Regional do Juruá somam 91% do total de notificações de todo o estado. Entretanto, Mâncio Lima e Rodrigues Alves apresentaram redução. De janeiro a setembro deste ano, as duas cidades registraram 2,4 mil casos, enquanto que no mesmo período do ano passado foram 4,2 mil.

Outra redução ainda mais expressiva ocorreu nos municípios de Senador Guiomard e Marechal Thaumaturgo, com diminuições de 33,2% e 44%, respectivamente, se comparados os primeiros 9 meses de 2019, em relação a este ano.

Entre os fatores que resultam na redução de casos, o responsável pela área técnica da malária da Vigilância em Saúde da Sesacre, Dorian Jinkins de Lima, destaca o diagnóstico mais precoce e a descentralização das ações de prevenção e controle da doença. As principais ações desenvolvidas contra a malária são exames diagnósticos, borrifação de veneno nos domicílios e atividades de prevenção e orientação promovidas pelo município, com apoio do governo do Estado, por meio da Sesacre, além da entrega de medicamentos para tratamento nas residências.

Fonte: Agência de Notícias do Acre

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas