Conecte-se conosco
Fechar

PSD e DEM também não escapam da delação da Odebrecht

Publicado

em

A criação do PSD pelo ex-prefeito Gilberto Kassab teria como origem dinheiro da Odebrecht. Até os moralistas do DEM, que denunciavam corrupção no governo Dilma, terão de se explicar sobre o caixa dois em suas campanhas

O escândalo de dinheiro sujo da Odebrecht atinge em cheio dois dos principais partidos conservadores brasileiros: o PSD e o Democratas. A primeira legenda, que saiu da costela do Democratas e é liderada pelo ministro Gilberto Kassab (Comunicações), está manchada pelas suspeitas de ter recebido R$ 17,9 milhões da construtora em 2014, quando o partido precisou se estruturar em todo o país.

Já o Democratas tem alguns de seus principais caciques, incluindo o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, o presidente da legenda, senador José Agripino Maia (RN) – alguns dos mais radicais entusiastas do impeachment de Dilma, acusada de acobertar a corrupção na Petrobras – são citados nas delações de executivos da Odebrecht, junto com outros seis correligionários, como suspeitos de receber dinheiro de caixa dois.

Em delação que resultou no pedido de abertura de inquérito pelo Supremo Tribunal Federal, o executivo da Odebrecht Benedicto Júnior diz que Kassab pediu recursos não contabilizados para estruturar o PSD para a corrida eleitoral de 2014. Em 2011, o senador Sergio Petecão deixou o PMN para se filiar ao PSD, colocando-se desde então como a principal liderança da legenda no Acre. Sobre Petecão não há denúncias de repasses de caixa dois, até porque o parlamentar foi eleito em 2010 por outra legenda.

O encontro entre Kassab e um executivo da Odebrecht teria ocorrido em 2013. Os pagamentos só viriam a acontecer entre novembro de 2013 e setembro de 2014, sempre em caixa dois, no valor de R$ 17,9 milhões. Segundo Benedicto Júnior, Kassab sabia que o dinheiro era de caixa dois porque aquele era um “valor expressivo”. Em nota oficial, Kassab limitou-se a dizer que “confia na Justiça e que não teve acesso oficialmente às informações”. Segundo o ministro, “é necessário ter cautela com depoimentos de colaboradores, que não são provas”.

Leia mais sobre o  efeito Lava Jato
>>> Um ninho de R$ 155 milhões para o PSDB
>>> O PMDB de Temer: R$ 396 milhões em propinas
>>> PT afunda no escândalo
>>> PP e PRB gravitam na corrupção da Odebrecht

Kassab ainda figura no inquérito 4463 da Lava Jato, que investiga o repasse de R$ 3,4 milhões em caixa dois para a campanha à Prefeitura de São Paulo em 2008, quando o hoje ministro ainda integrava o DEM. Considerado herdeiro da velha Arena, o partido que apoiou a ditadura militar, por sua vez filho direto da conservadora UDN dos anos 50, que virou PDS depois do fim do bipartidarismo no final dos anos 70, pulou do fim do regime militar vestindo o nome de Frente Liberal, depois PFL, e se remoçou já nos anos 2000 como DEM, o partido mais conservador da história republicana também não escapou da Lava Jato.

Pelo menos oito democratas estão entre os suspeitos de levarem dinheiro de caixa dois da Odebrecht. Além do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (RJ) e seu pai, o vereador César Maia (RJ), figuras como Agripino Maia e o filho, o deputado Felipe Maia (RN), além de correligionários como José Carlos Aleluia (BA), Ônyx Lorenzoni (RS) e Rodrigo Garcia (SP) vão ter de se explicar à Justiça. Ainda enfrentarão o constrangimento, nas eleições de 2018, de serem jogados na mesma vala daqueles que sempre criticaram, como o PT, de que também usaram recursos indevidamente nas eleições.

No caso do Agripino Maia, pesa ainda a suspeita de que o senador teria recebido propina da empresa OAS e, em troca, teria ajudado na liberação de recursos de financiamento do BNDES direcionados à construção da Arena das Dunas, em Natal. A OAS venceu a licitação da obra na gestão da governadora Rosalba Ciarlini (DEM). Ele nega que tenha atuado, lembrando que o BNDES estava então sob a gestão do governo de Dilma Rousseff.

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso determinou a quebra do sigilo bancário do diretório nacional do Democratas, entre 1º de janeiro de 2012 e 31 de dezembro de 2014, e o dos sigilos telefônicos do presidente da legenda, do ex-presidente da OAS Léo Pinheiro e de Raimundo Maia, primo do senador, pelo mesmo período.

 

Salvar

Salvar

Salvar

Continuar lendo

Extra Total

Alunos e professores são feitos reféns dentro de escola durante arrastões

Publicado

em

Alunos e professores da Escola Pedro Martinello, no bairro Tancredo Neves, em Rio Branco, passaram por momentos de pânico por pelo menos três vezes apenas em outubro. A escola foi invadida por criminosos armados que renderam quem estava no local e roubaram pertences. O medo é o sentimento que paira na instituição.

Câmeras de segurança capturaram imagens que já foram entregues à polícia e mostram o exato momento em que criminosos, quase sempre em motocicletas, chegam à escola e pulam o muro para invadir as salas e fazerem os arrastões. Os bandidos chegam a agredir fisicamente alunos que não tem pertences de valor.

A diretora da escola, professora Katianny Lima, contou ao ac24horas neste sábado, dia 21 que a equipe administrativa da escola se reuniu com autoridades da Segurança Público na tarde de sexta no intuito de debater diretrizes de ação para conter a criminalidade que não tem deixado nem a escola de lado. Horas depois, uma ligação: dois suspeitos de envolvimento com os crimes haviam sido presos.

“Um meliante encapuzado abordou cinco funcionários e, armado, s levou para a sala dos professores causando terror, levando todos os pertences pessoais, mochilas, celulares. Em dois dias não foi possível capturar imagens [dos criminosos]”, relata a gestora escolar ao se dizer preocupada com os próximos dias de aula.

Diante da situação, a metodologia de combate ao crime da região da escola vai mudar. Entre as ações, explica o major Agleisson Correa, do Policiamento Escolar, está o maior número de efetivo policial para contenção dos criminosos. “Teremos novas viaturas para atender a demanda da comunidade escolar”, garante.

“Teremos modificações na modalidade de policiamento escolar na perspectiva de melhorar essa atividade. Maior efetivo policial será empregado, além de novas viaturas para atender a demanda da comunidade escolar”, disse o major Agleisson Correia.

De acordo com o delegado Pedro Paulo Buzolin, as investigações sobre os episódios de violência estão avançadas, e já tiveram nove mandados de busca e apreensão cumpridos. Dois suspeitos foram presos portando  uma pistola calibre 380.

Continuar lendo

Destaque 2

Ação de saúde bucal faz sucesso entre crianças e idosos no Centro de Rio Branco

Publicado

em

O projeto “Um Sorriso do Tamanho do Brasil” acontece hoje em todo o país em comemoração ao Dia do Cirurgião Dentista, celebrado em 25 de outubro. No Acre, a ação foi realizada neste sábado no Senadinho e reuniu inúmeras pessoas em torno de um sorriso mais bonito e, principalmente, mais saudável.

Durante a atividade, que visa promover a saúde bucal, foram distribuídos kits com escova, creme dental, sabonete e material informativo, para o público infantil, além da aplicação tópica de flúor, escovação supervisionada com dentistas, acadêmicos e professores de odontologia, teste rápido de hepatite C, vacina contra poliomielite e distribuição de mudas de ipê.

Ivanete Caetano vê a iniciativa com bons olhos. Portanto, aproveitou para levar o filho Rodrigo para uma breve avaliação do seu sorriso. “A gente vinha passando e a moça convidou a gente. Ao acordar meu filho escova os dentes tranquilo, mas depois do almoço e ao deitar ainda não consegui convencer ele. E nessa ação as meninas fizeram a escovação, elas conversaram com ele direitinho então eu creio que agora elas o convenceram”, disse.


A Secretaria de saúde tem dado o apoio ao evento, “a união das entidades de odontologia do Estado em prol da promoção e prevenção de saúde bucal, pois é uma parte indissociável da saúde geral do indivíduo”, disse Paulo Roberto Pires, Gerente da Divisão de Saúde Bucal da Sesacre.

O projeto, da Associação Brasileira de Odontologia (ABO) em parceria com a Secretaria de Saúde do Estado (Sesacre), Sindicato dos Dentistas do Acre (Sinodonto), Conselho Regional de Odontologia (CRO), OdontoFameta e Rotary Club Rio Branco, ocorre em todo território brasileiro e tem como objetivo alertar a população em geral sobre a importância da saúde para a saúde bucal.

Durante a semana serão realizadas atividades lúdicas principalmente com crianças de 2 a 12 anos, com muitas cantigas e brincadeiras que falam sobre saúde bucal, além dos escovódromos. As informações são da Agência Acre.

Continuar lendo

Acre

Após prisão, empresária se desliga do “Quiosque da Bruna” e diz que foi “perseguida”

Publicado

em

Um ano após ser presa e alegar que teria sido injustiçada, a empresária Bruna Fernanda Silva, até pouco tempo dona do Quiosque da Bruna, um bar badalado de Rio Branco, anunciou oficialmente que está se desligando do empreendimento para seguir uma nova vida, possivelmente em São Paulo, como fez questão de anunciar aos amigos do facebook.

Ao avisar os amigos sobre a saída da empresa, Bruna deixou um depoimento que relembra o passado e fala do sentimento que tem ao deixar o empreendimento que já foi considerado uma dos mais procurados da capital acreana e região. Ela diz quer sofreu com a inveja de outras pessoas, teve falsos amigos e que foi perseguida por gerar emprego e renda.

“Nunca pensei q seria perseguida por trabalhar, por gerar renda na cidade. O quiosque chegou a um limite de todos os eventos terem fiscalizações nas portas, mesmo tendo todos os alvarás em dias! Tivemos blitz na porta do quiosque sem falar inúmeras denúncias de ter algo ilícito lá dentro!”, escreveu.

Ao destacar que foi abandonada por amigos, Bruna diz que ao administrar a empresa perdeu a paz e o sossego e que, agora, sente dor no coração ao se despedir de um sonho realizado por ela, o Quiosque da Bruna. A empresária diz que hoje consegue ver como são as pessoas.

“Hj deixo como exemplo a todos o preço do sucesso, da fama, tive amigos aliás que se diziam amigos que aplaudiam a minha desgraça, nunca na minha vida imaginei por passar por tantas coisas, tive minha vida exposta meus filhos foram expostos e ninguém quis saber se eu tinha uma família a zelar”, completa.

Continuar lendo
Publicidade

Leia também

Mais lidas

Copyright © 2017 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.