Conecte-se agora

Ação parlamentar de Alan Rick garante R$ 2,5 milhões para obras do complexo em Sena Madureira

Publicado

em

A ação parlamentar do deputado federal Alan Rick (PRB) garantiu, junto ao Ministério do Esporte, a aprovação de recursos da ordem de R$ 2,5 milhões para as obras do Complexo Esportivo do Estádio Marreirão, em Sena Madureira, que incluem a ampliação das arquibancadas, construção de alojamentos, vestiários, restaurante e uma quadra de grama sintética. Os recursos foram garantidos pelo ministro Leonardo Picciani ao próprio deputado no final de março. O projeto já está pronto e as obras serão realizadas pela prefeitura de Sena Madureira.

Na manhã desta quinta-feira, 20, Alan Rick esteve em Sena Madureira e ao lado do prefeito Mazinho Serafim (PMDB), conheceu de perto a realidade do local que deve ter as obras reiniciadas nos próximos meses, uma vez que a prefeitura já dispõe de recursos iniciais para a primeira etapa do projeto.

“Essa obra é um sonho da população de Sena Madureira. Há muitos anos reformas ou tentativas de reformas vem se arrastando aqui sem sucesso e, muitas vezes, com sérios problemas. Agora, graças à ajuda do deputado Alan Rick, que alocou R$ 2,5 milhões no Ministério do Esporte para o nosso município, nossa gestão vai poder reconstruir o Marreirão e resgatar a história do futebol em Sena Madureira. Aqui teremos um espaço de esporte e lazer de qualidade para os nossos jovens e para toda a população da nossa cidade. Sou grato ao deputado Alan Rick, pelo apoio que tem dado à nossa gestão com esses recursos”, disse o prefeito Mazinho Serafim.

Alan Rick, por sua vez, lembrou que há dois anos vem batalhando, junto ao Ministério do Esporte, pela liberação desses recursos. “ O Marreirão foi palco de uma bela história do futebol em Sena Madureira. Espaço onde grandes times e grandes talentos se apresentavam todos os domingos. Infelizmente nos últimos anos ficou completamente abandonado. Mas essa história está mudando. Graças a Deus, temos essa oportunidade de virar e mudar essa página da história do município”, disse o deputado.

“Não tenho dúvidas de que esse complexo esportivo vai ser uma referência na região. Quero parabenizar o prefeito pelo belo projeto que aqui vai se tornar realidade e, dessa forma, resgatar a história do futebol em Sena Madureira e garantir espaço de lazer para toda a comunidade”, disse Alan Rick.

REVITALIZAÇÃO DE UM ESPAÇO DE GRANDES HISTÓRIAS

O Estádio Antônio Marreiro Filho, o Marreirão, em Sena Madureira, foi inaugurado em 1983 pelo então governador Nabor Júnior. Até a década de 1990, foi a principal praça esportiva do município, onde era realizado, anualmente, o campeonato municipal com times de grande expressão na região, entre os quais o Grêmio, Comercial, Fluminense, Assincra, Vasco da Gama entre outros. Mas o que era um espaço de lazer, hoje é um lugar abandonado.

Com a garantia dos recursos de R$ 2,5 milhões do Ministério do Esporte viabilizados pelo deputado federal Alan Rick, o Complexo do Marreirão deixa de ser um sonho e torna-se realidade. Lá também estão garantidas as obras do estacionamento para deficiente e demais clientes, dois vestiários com banheiro, reforma do túnel de acesso ao campo, construção da praça de alimentação interna, construção de três quiosques de alimentação para o público externo, pavimentação das áreas internas de trânsito e circulação para os frequentadores, implementação de quatro torres profissionais de iluminação e também a construção de arquibancadas para deficientes, ampliação do muro lateral, além de alojamento com restaurante.




Propaganda

Acre

Após críticas ao IAPEN, Renê Fontes é exonerado do governo Cameli

Publicado

em

O ex-candidato à deputado estadual pelo PTB, Renê Fontes, que conseguiu mais de 2 mil votos nas últimas eleições, não faz mais parte do time de Gladson Cameli, já que na edição desta segunda-feira, 27, do Diário Oficial, o governador acreano exonerou Renê do cargo de chefe de departamento da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Urbano e Regional (SEDUR).

Até agora, nem Renê Fontes, nem o governo deram explicações sobre a exoneração.

O ex-candidato que também é policial penal fez duras críticas na semana passada ao diretor-presidente do Instituto de Administração Penitenciária, Lucas Gomes, ao afirmar em uma rede social que o gestor comprou uma briga desnecessária com o poder judiciário e que há uma insatisfação muito grande da categoria, entre outras acusações.

A exoneração foi assinada pelo deputado estadual Nicolau Júnior, presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Acre e que ocupou a função de governador em exercício nas ausências de Gladson Cameli e Major Rocha, governador e vice, respectivamente.




Continuar lendo

Acre

Bandidos armados em moto fazem arrastão na estrada do Amapá

Publicado

em

O jornalista e pré-candidato a prefeitura de Rio Branco Rogério Wenceslau denunciou um arrastão ocorrido em plena manhã deste domingo, 26, na estrada do Amapá, em frente ao restaurante Manto Verde, na capital acreana. Wenceslau afirmou que dezenas de pessoas foram vítimas de dois bandidos, que estavam numa motocicleta.

“Uma situação muito desagradável agora pela manhã. A violência no Acre está fora de controle”, disse Rogério num vídeo publicado por ele nas redes sociais. O jornalista explica que estava saindo do local – onde estava a trabalho – quando os suspeitos passaram, um desceu da motocicleta e começou a render quem estava na estrada, local que fica bem em frente ao restaurante.

“As pessoas tiveram vários objetos roubados. Tinha gente lá fora [do restaurante], tinha ciclistas. Eles desceram da moto já com a arma na calça anunciando o assalto”. O jornalista conta que teve de entregar seu celular e outro equipamento de gravação de vídeo. “De outras pessoas eles pegaram relógio, carteira também”.

Os criminosos ainda fecharam uma caminhonete que ia passando pela estrada e abordaram as pessoas que estavam no carro. Tudo isso por volta das 10 horas da manhã de hoje.

Wenceslau aproveitou para destacar que a estrada é movimentada e mesmo assim “o governo do Acre não conseguiu dar resposta à falta de segurança. As pessoas que se propuseram a atuar na segurança fracassaram”, disparou.

Ele diz que estava com a esposa no momento do ocorrido, que teve de se esconder dentro do carro para não ser vítima do arrastão. “Chegou a minha vez, assim como milhares de acreanos também foram vítimas”.

Após o arrastão, Rogério foi até a Delegacia de Flagrantes registrar um Boletim de Ocorrências. “Sei que a possibilidade de ter o meu equipamento recuperado é muito remota”. Cerca de uma hora depois de ser assaltado, o jornalista recebeu a informação de que os bandidos continuavam no local fazendo mais vítimas.




Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required
Propaganda
Propaganda

Mais lidas