Conecte-se conosco
Fechar

Atenção, pais: estudante de Rio Branco tenta o suicídio após participar do jogo Baleia Azul

Publicado

em

Uma estudante da escola Carlos Casavechia, no Conjunto Xavier Maia, em Rio Branco, tentou suicídio depois de participar do famoso jogo da Baleia Azul. O assunto veio à tona através da mãe da estudante, que divulgou o conteúdo das conversas sobre o game em um grupo de WhatsApp. Ambas não terão seus nomes divulgados.

No grupo, após divulgar imagens de vários cortes e pontos cirúrgicos em um dos braços, a estudante confessa ter tentado o suicídio depois de ter chegado à última fase do jogo macabro.

O assunto assustou os outros estudantes, conforme mostram os prints. Alguns deles aconselham a jovem a abandonar o Baleia Azul, outros tratam o assunto como uma brincadeira.

A jovem começa dizendo: “gente, tentei me matar. Não morri porque Deus não quis”. Um colega aconselha: “Nem ele quer e nem eu. Continue viva. Sua vida é mais importante que qualquer problema”. Outro colega pergunta: “já desenhou a baleia?”.

Chamado Baleia Azul, esse game de origem russa começa por meio de contatos com grupos secretos do Facebook e culmina com um administrador repassando 50 desafios de graus variáveis de dificuldade, sendo a última tarefa a pessoa dar cabo da própria vida. Até o ano passado em todo mundo havia o registo de pelo menos 130 suicídios com vínculos a comunidades denominadas “grupos da morte”.

Semana passada, uma adolescente de 16 anos, que morava na cidade de Vila Rica (MT), cometeu suicídio e deixou duas cartas contando a cronologia e regras do Baleia Azul. Ela estava com cortes nas pernas e braços.
Há registros também no Rio de Janeiro, Minas Gerais e Paraíba.

Como funciona

O jogo tem um curador ou moderador que distribui os desafios a partir de um grupo secreto onde os contatos são inciados pelo Facebook. Entre os desafios estão provas mórbidas que de certa forma preparam os participantes para o suicídio.

São desafios típicos, por exemplo: escrever frases e fazer desenhos com lâminas na palma da mão e nos braços, assistir a filmes de terror de madrugada, subir no alto de um telhado ou edifício, escutar músicas depressivas, mutilar partes do corpo – como os lábios -, ficar doente, ir a uma estrada de ferro de madrugada, receber e aceitar uma data para a sua morte e cumprir essa missão.

Continuar lendo

Acre

Nova propaganda da Brastemp faz brincadeira com sumiço do “Menino do Acre”; veja o vídeo

Publicado

em

“Ô produção, cadê o Menino do Acre que tava aqui?”. Foi uma das citações feitas na nova propaganda da Brastemp em uma sátira aos memes da internet para homenagear a nova geração de produtos da marca.

A empresa usa seus antigos garotos-propagandas e estrelas virtuais como Glória Pires e Susana Vieira. O vídeo de pouco mais de dois minutos lançado ontem na rede tem milhares de visualizações e quase 80 mil curtidas na página da Brastemp no Facebook.

“Menino do Acre” é uma referência ao estudante acreano Bruno Borges que ficou conhecido após ter sumido em março deste ano e reaparecido cinco meses depois com supostas descobertas com bases esotéricas e filosóficas que lhe rendeu até a publicação de livros.

A cena da citação ao “Menino do Acre” mostra um sofá vazio e um parede cheia de símbolos, uma referência a parede do quarto da casa de Bruno Borges.

Continuar lendo

Acre

Homem pesca Jaú de 32 kg no Rio Acre, às margens da Gameleira, e imagem viraliza

Publicado

em

Dessa vez não é história de pescador. No último domingo, dia 15, o amante da pesca Arnaldo Júnior conseguiu fisgar um Jaú de 32kg no leito do Rio Acre, em Rio Branco. O peixe, que não se pesca por ali todos os dias, fez sucesso nas redes sociais e já foi “filado” pelos amigos de Arnaldo, que ajudaram na retirada.

“Essa não é a primeira vez. Foi um trabalho de equipe, então resolvi doar o peixe para o pessoal. Mas é um peixe que estava bem nutrido, bem sadio, a carne era muito boa. Eu fisguei, mas ele enroscou lá, aí o pessoal me ajudou a tirar. Foi bem na frente da bandeira, ali na Gameleira”, diz o pescador.

O que chama ainda mais atenção na pesca, é que não todo dia que se vê peixes tão grandes e bonitos pelo leito do rio. Com o grande volume de esgoto despejado no leito do rio, bem no Centro de Rio Branco, há quem acredite que já não é mais possível fisgar bons peixes no manancial.

No ano passado, em julho, o mesmo grupo de pescadores conseguiu pescar um outro Jaú com cerca de 100 kg. A curiosidade está fazendo muito sucesso nas redes sociais. E Arnaldo deixou claro que as pescarias vão continuar. “Um agradecimento especial aos dois mergulhadores que ajudaram, o Arnou e Antonio Carlos”, completa.

Continuar lendo

Acre

Diretor do Deracre rebate crítica e diz que Jonas Lima está fazendo politicagem

Publicado

em

O diretor-geral do Deracre, Cristovam Moura, rebateu a fala do deputado Jonas Lima, de que deveria deixar o cargo para fazer política. Moura se manifestou logo após a manifestação do deputado petista ser publicada no ac24horas.

“O deputado Jonas Lima está fazendo politicagem em cima de problemas pontuais que ocorrem devido às dificuldades financeiras do Estado. Estou todos os dias no Deracre e nos trechos com minha equipe trabalhando duro. Temos alcançado resultados mesmo num cenário de severa crise”, disse Moura.

Segundo o diretor do Deracre, o Acre teve perdas de R$ 300 milhões de repasses da União em média por ano, o que tem prejudicado todas as atividades do Estado.

“Veja a ironia. Ele diz que eu fico fazendo política, mas quem está preocupado em pedir votos é ele. Num momento como esse, precisamos de união para enfrentar os grandes desafios que se colocam à nossa frente, e não picuinhas”, finalizou.

Continuar lendo
Publicidade

Leia também

Mais lidas

Copyright © 2017 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.