Conecte-se agora

Prefeitura de Rio Branco arrecadou R$ 21 milhões com IPTU ano passado e espera R$ 59 milhões em 2017

Publicado

em

A prefeitura de Rio Branco arrecadou R$ 21 milhões com IPTU no ano passado, informou nesta terça-feira, 11, o secretário de Finanças do Município, Marcelo Macedo, durante sessão na Câmara de Vereadores. Para este ano, a prefeitura pretende mais que dobrar na arrecadação do imposto: R$ 59 milhões.

Marcelo Macedo e o secretário da Cidade, Ricardo Araújo, foram convidados por meio de um requerimento do vereador Roberto Duarte, do PMDB, para explicarem supostas cobranças abusivas do imposto e a aplicabilidade dos recursos arrecadados em obras na capital.

O secretário de Finanças disse que o que é arrecadado com IPTU ainda é insuficiente para bancar serviços essenciais como infraestrutura e saúde, por exemplo.

Ricardo Araújo reforçou que a elevação na arrecadação se deve ao aumento no número de imóveis cadastrados na prefeitura. Em 2016 havia o registro 95 mil imóveis, um ano depois são mais de 132 mil. O salto na atualização cadastral ocorreu após a implantação do Sistema de Informação Territorial (SITgeo) do Município com o objetivo de “referenciar e mapear os imóveis”, informou o secretário da Cidade.

“Algumas áreas da cidade como a Vila Acre, a Curva do Tucumã, regiões do Segundo Distrito ainda não foram cadastradas. Ainda há também a Cidade do Povo”, acrescentou.

Anúncios

Acre

Policiais acampam no Aeroporto de Rio Branco à espera de Ícaro

Publicado

em

Um grupo de policiais civis se encontra no Aeroporto Internacional de Rio na manhã deste sábado, 15, possivelmente à espera do desembarque do fisioterapeuta Ícaro José da Silva Pinto, de 33 anos, acusado de dirigir a BMW que atropelou e matou a jovem Jonhliane Paiva de Souza, enquanto a vítima estava a caminho do trabalho no último dia 6 de agosto, em Rio Branco.

Os policiais estão com o mandado de prisão de Ícaro nas mãos. No aeroporto, os agentes fazem abordagem nas aeronaves que chegam à capital acreana. Um primeiro voo da Latam que chegou por volta das 10h20 de hoje foi revistado, no entanto, Ícaro não estava a bordo.

Haverá o desembarque de outra aeronave da mesma empresa após o meio-dia, que também terá os passageiros abordados.

Nessa sexta-feira, o advogado de defesa de Ícaro, o criminalista Sanderson Moura, informou que não diria o dia que o cliente chegaria a Rio Branco, mas que ele seria entregue dentro de 48 horas à polícia.

Continuar lendo

Acre

Cadeira de rodas quebra e idoso quase cai no PS de Rio Branco

Publicado

em

Um idoso de 86 anos que acabou de fazer uma cirurgia no coração por pouco não caiu no pátio da entrada de emergência do pronto-socorro de Rio Branco enquanto era transferido em uma cadeira de rodas sucateada do hospital até o carro de seus familiares na noite desta sexta-feira (15).

Segundo informações da família, o idoso estava no hospital fazendo a substituição de um marca-passo – estrutura somática que tem a função de estabelecer e manter uma atividade rítmica no coração – e teve uma cirurgia de sucesso. Ele recebeu alta médica e enquanto seguia na cadeira de rodas do PS até o veículo que iria levá-lo para a sua casa, uma das rodas caiu.

O ancião só não foi ao chão porque um familiar conseguiu segurar a cadeira danificada. Segundo informações colhidas no local, a cadeira, mesmo sem condições, era utilizada todos os dias por vários pacientes.

“O idoso foi bem atendido no pronto-socorro, isso eu não tenho que reclamar, recebeu todas as atenções necessárias. O ruim foi essa cadeira de rodas quebrada, absurdo, pagamos nossos impostos para ter coisas novas no nosso pronto-socorro e não essas cadeiras de rodas sucateadas, o pior poderia ter acontecido se não estivéssemos atentos”, disse um familiar que conduzia o idoso.

A reportagem do ac24horas já presenciou por várias vezes a real situação das cadeiras de rodas no Pronto-Socorro. Além de se encontrarem em estado sucateado, muitos pacientes que chegam pela a entrada de emergência precisam carregar os seus familiares nos braços por falta do equipamento de acessibilidade.

A secretaria de Saúde do Estado já foi informada do problema em relação às cadeiras de rodas por gestores do hospital, mas segundo ele, nada foi resolvido. A reportagem tentou contato com o secretário da pasta, Alysson Bestene, mas não obteve retorno. O espaço segue aberto para posicionamento do Estado.

Assista ao vídeo:

Continuar lendo

Acre

Avião doado ao Acre já fez mais de 40 horas de voo na pandemia

Publicado

em

Doado ao Governo do Acre pela Polícia Rodoviária Federal, o avião Harpia 02 já realizou mais de 40 horas de voo em missões relacionadas ao enfrentamento à Covid-19 no Estado.

O uso nesta pandemia é resultado da parceria entre Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) e Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre).

O coordenador do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer), Nayck Trindade de Souza, diz que todos os municípios isolados já foram atendidos. “Essa tem sido uma constante desde que começou a pandemia e nós já atendemos todos os municípios isolados e esse avião tem sido fundamental para esse auxílio”, destacou o coordenador.

Os últimos voos ocorreram nesta sexta-feira (14) em mais viagens a Jordão e Santa Rosa do Purus, levando 400 quilos de medicamentos, oxigênio e Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) às unidades de saúde.

Continuar lendo

Acre

Petecão defende receita digital: “não sabemos que vem por aí”

Publicado

em

Está permitida a utilização de receita médica digital por profissionais que atendam pacientes à distância. O Congresso Nacional derrubou o veto presidencial ao trecho da lei que regulamenta a telemedicina no Brasil durante o estado de calamidade provocado pela pandemia do coronavírus.

“Entendo que não podemos facilitar, flexibilizar porque a situação é grave e não sabemos o que está por vir”, disse o senador Sergio Petecão ao defender a receita digital.

Pela proposta, a receita deverá ter assinatura digital, comprovada por certificação digital, e ser fundamentada em prontuário eletrônico do paciente armazenado em sistemas de registro eletrônico. Os sistemas de validação deverão ser autorizados pelas autoridades sanitárias brasileiras.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas