Conecte-se agora

Janeiro terminou com temperaturas abaixo da média no Acre

Publicado

em

A média das máximas, em Rio Branco, foi 29,0ºC, ou seja, quase 2ºC inferior à normal climatológica para janeiro, informou o pesquisador meteorológico Davi Friale.

Já as chuvas superaram bastante a média do mês em todo o Acre, exceto na região de Brasileia, acrescenta.

“Choveu 61% acima da média, na cidade de Tarauacá, 53,7% a mais, em Cruzeiro do Sul, e 40,9% superior à média, em Rio Branco. No entanto, na região de Brasileia, as chuvas acumuladas ficaram abaixo da média, com, apenas, 85,2% da normal climatológica de janeiro.”

Enquanto no Alto Acre, as chuvas somaram pouco mais de 200mm, nas demais áreas do estado, choveu acima de 400mm.
O número de dias com chuva também ficou acima da média. Foram 23 dias com chuva, em Rio Branco, e 24, em Tarauacá.

A menor temperatura registrada, neste mês de 2017, no Acre, foi 20,7ºC e a maior, 33,7ºC.

É interessante que estes dois extremos foram registradas na mesma cidade: Brasileia.

Na capital acreana, a maior temperatura de janeiro de 2017 foi 31,2ºC, ou seja, quase igual à media das máximas do mês que é de 30,9ºC.

No Brasil, a temperatura variou entre a mínima de 6,8ºC e a máxima de 40,3ºC.

MÉDIAS E EXTREMOS REGISTRADOS EM JANEIRO DE 2017

RIO BRANCO
Menor temperatura: 21,2ºC, no dia 19.
Maior temperatura: 31,2ºC, no dia 15.
Tarde mais fria ou menor máxima: 24,3ºC, no dia 16.
Noite mais quente ou maior mínima: 23,1ºC, no dia 11.
Média das mínimas: 22,1ºC, ficando 0,1ºC inferior à média do mês.
Média das máximas: 29,0ºC, ficando 1,9ºC inferior à média do mês.
Chuva acumulada: 405mm, superando em 40,9% a média do mês.
Número de dias com chuva: 23, superando em 2 dias a média do mês.

ACRE
Menor temperatura: 20,7ºC, em Brasileia e Epitaciolândia, no dia 23.
Maior temperatura: 33,7ºC, em Brasileia e Epitaciolândia, no dia 18.

Anúncios


Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas