Conecte-se agora

Porto Velho e suas boas opções no roteiro dos acreanos

Publicado

em

O acreano está aproveitando cada vez mais os feriadões para curtir balneários, hotéis e atrações turísticas do vizinho estado de Rondônia. Porto Velho e Cacoal, que tem um belíssimo hotel de selva, são os roteiros mais frequentes.


Preço
Ir passar feriado prolongado em Porto Velho ou Cacoal tem duas vantagens: preço mais em conta que ir para outros destinos (passagens aéreas continuam caríssimas) e as boas opções de lazer que tem lá, inclusive para quem gosta de bares, pubs e boates. Sem contar que se pode ir e vir de carro facilmente.

Mais fácil

As idas para gastar dindin com as coisas boas que tem em Rondônia ficarão ainda mais fáceis quando a ponte do Madeira estiver concluída.  Hoje o que mais atrapalha a viagem não é o fato de que Porto Velho não é tão bem cuidada como Rio Branco, é a balsa mesmo.

De lascar
Ir para aqueles hotéis fazendas, banhos de cachoeira ou mesmo visitar familiares – há muitos acreanos morando em Rondônia – é bem legal e faz a gente sair da rotina, mas a travessia da balsa é uma bagaceira. Principalmente quando ela atrasa ou o rio está seco. Fora que o preço da travessia é um assalto.

Jantar

Embora haja rumores que ele possa desistir, o deputado federal Rogério Rosso (PSD-DF), candidato à presidência da Câmara dos Deputados, estará em Rio Branco com pelo menos mais oito parlamentares federais. Vem pedir votos aos deputados federais do Acre.

Ausências
O problema da visita de Rosso ao Acre é quórum. A maioria dos parlamentares estão fora do Estado. Alguns estavam no Estado até a semana passada. Resta saber quem vai prestigiar o jantar, que não por acaso, será realizado no Jannu’s Bistrô, um dos mais elegantes da cidade. Bom gosto ele tem.

Kaoma
Na semana passada não deu tempo de comentar a morte da cantora do Kaoma. Fiquei triste. Minha pessoa era fã do Kaoma. Gostava de lambada. É muito anos 80? É sim, mas fez parte da minha adolescência. E cantei e ainda canto muito “chorando se foi…” Gosto da letra, gosto da melodia e gosto das boas memórias que ela me traz.
Pode me julgar. Não ligo. Não renego minhas origens. Só lamento que nunca aprendi aqueles passos.

Café e açúcar

Tenho por tradição, sempre que faço exame de sangue, tomar café no Mercado do Bosque (cada doido tem sua mania, respeite a minha, leitor!), mas na semana passada tive uma péssima experiência na minha banca favorita e nem foi o valor da conta: o café estava tão doce, mas tão doce, que era impossível tomar.  Desisti no segundo gole, pois a impressão era de que tinha mais açúcar que pó.

Copinho ou Copão
Pois bem. Como desgraça pouca é bobagem, no dia seguinte precisava fazer outro exame de sangue, esse mais complexo – precisava ficar duas horas e meia no laboratório e tomar uma gororoba que era açúcar puro – mudei minha rotina e fui tomar café num espaço ali perto da Santa Inês. Tinha menos açúcar, é verdade, mas o preço… meio copo, isso mesmo, meio copo Nadir Figueiredo (aquele que tu gostas de tomar cerveja, leitor) de café puro custou s um real e cinquenta. E nem era expresso.

Frio
 E como eu andava sem sorte nos cafés e cia, fui no shopping com minha mãe e minha irmã e pedi um cappuccino pequeno – bem pequeno – que custa R$ 4. Demorou mais de 10 minutos para chegar na mesa e veio frio. Quando fui pagar, o rapaz perguntou se estava tudo bem. Disse que o cappuccino estava bom, mas foi servido frio. Ele? Apenas deu de ombros e nada mais. Ontem voltei lá. Pedi um chá. Falei do cappuccino para outra funcionária, uma espécie de gerente. Silêncio absoluto. Como dizia-se antigamente: nem tchum.

Qualidade
Já passou da hora dos nossos prestadores de serviços terem mais atenção com seus clientes. Café com excesso de açúcar não é legal. Frio pior ainda. O preço alto e boa qualidade a gente reclama, mas aguenta, agora serviço caro e de qualidade ruim só tem garantia de uma coisa: o cliente raramente volta.

Direito
Outra coisa: reclamar de atendimento é direito do cliente. E a obrigação do prestador de serviços é melhorar. Mas nem sempre funciona assim por aqui. Às vezes você reclama e é ignorado. Em outras ainda é xingado.

Revolução
Amanhã é dia de comemorarmos o fim da Revolução Acreana, que nos garantiu o direito de sermos brasileiros. Marca a tomada de Puerto Alonso, hoje Porto Acre, mas se acalme que os feriados foram só sexta e hoje. Amanhã é dia normal de trabalho.
Mesmo sem feriado, viva a vitória da Revolução!!!

Casal de médicos Flávia e Rinauro Santos, queridos pelos amigos e pelos pacientes pela simpatia e cuidado

Daniel Jordão Santos de Melo, na foto com a esposa Carol, é uma das pessoas que a gente ama porque ama. Dan, como é mais conhecido, tem um coração gigante e um talento nato para a música e o serviço na Casa do Senhor

 Kathleen Makloren, com os pais Idel e Zeneide Diniz, aproveitou o feriadão para comemorar o aniversário em família no Cacoal Selva Hotel

Mara Braga e George Dobré, casal de empreendedores que faz a diferença em dois setores em crescimento na economia: culinária e designer. Se você não as delícias que a Mara produz, precisa visitar sua Chez Mémé, onde também estão expostos alguns dos móveis produzidos pelo George

 

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas