Conecte-se agora

Falso bombeiro civil engana coronéis e mais de 200 pessoas com formação ilegal e promessa de empregos

Publicado

em

Mais de 200 jovens podem ter sido enganados pelo senhor Almerito Bandeira de Melo. Ao concluírem o curso de formação em bombeiro civil eles descobriram que o instrutor não era habilitado e que sua empresa Life Acre conseguiu alvará junto ao Corpo de Bombeiros Militar com a apresentação de um diploma falso.

A denúncia partiu de um dos jovens que se sentiu lesado, Sidney Camurça Souza e está sendo formalizada pela Associação dos Praças do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Acre através de seu presidente, o BM Abrahão Pupio.

978fab27-7455-4a2a-8dd5-b3ec0133e4e3
73fef67d-311b-49ad-b20f-cd1349b38eb6

Pupio explicou que a profissão Bombeiro Civil é reconhecida e que no caso, a empresa Life Acre existe, tem cadastro perante o Conselho Nacional de Bombeiros Civis, constando sua inscrição com a situação “ativa com pendências”, mas que Almerito Bandeira além de não ser bombeiro civil, apresentou documentação falsa para ter direito ao alvará de funcionamento e ministrar de forma irregular cursos em todo o estado.

Sidney disse que desconfiou do golpe quando solicitou de Almerito, no início da formação, documentos que comprovavam a sua habilitação e a certificação de sua empresa para ministrar o curso. Após a conclusão e a emissão de certificados assinados por Almerito veio a surpresa. Consultada, a Associação de Bombeiros do Estado de São Paulo (ABESP), no dia 06 de janeiro de 201 afirmou a ilegalidade.

“Em nossos arquivo e registro não existe nenhuma informação ou cadastro do indivíduo Almerito Bandeira de Melo portador do RG 1009547, não houve cadastro de aluno, nem a conclusão do curso de formação de bombeiro civil”.

802ba07d-6c04-4fe8-9028-57eb8dbabb7c

ac24horas teve acesso ao certificado falso apresentado por Almerito Bandeira, supostamente emitido pela ABCESP. Com esse documento, ele conseguiu enganar o Comandante-Geral Coronel BM Roney Cunha da Conceição e o Diretor de Ensino e Instrução Major BM James Cley Silva de Carvalho, que de boa-fé, credenciaram a empresa Life Acre a formar bombeiros civis em todo o estado.

355fc7ce-3a14-401d-a84c-6c5c86191744

Sidney também apresentou o certificado assinado por Almerito. Assim como ele, mais de 200 alunos que foram treinados e “formados” pelo falso bombeiro civil, podem estar sendo vítimas perante o Código de Defesa do Consumidor (LEI N.º 8.078, DE 11 DE SETEMBRO DE 1990).

Ontem à noite, Sidney e outros alunos que estão se sentido lesados se reuniram e decidiram denunciar o caso ao Ministério Público Estadual onde a empresa Life Acre vem sendo investigada. Sidney confirmou a promessa de empregos durante a ministração do curso.

Do TAC entre CBMAC e Empresa Life Acre: riscos aos consumidores e aos direitos coletivos

O Ministério Público realizou uma investigação, que tramitou perante a 1º Promotoria de Justiça Especializada de Defesa do Consumidor (nº 06.2016.00000144-0), onde em agosto de 2016 fora firmado um termo de ajuste de condutas (TAC), para que a empresa Life Acre – A. Bandeira de Melo – ME, de propriedade do Sr. Almerito se regularizasse.

No referido TAC consta, entre outras obrigatoriedades, que a empresa deveria suspender a abertura ou continuação das turmas até o atendimento completo das cláusulas constantes no documento, sob pena de multa de R$ 2.000 por ato.

Segundo o Presidente do Conselho Deliberativo do Sindicato dos Policiais Militares Abraão Púpio, o empresário bombeiro civil Almerito Bandeira de Melo continua sem expedir nota fiscal a seus clientes, sonegando tributos, e pode ter o alvará de funcionamento anulado perante o CBMAC, em razão da invalidade de seu diploma de formação.

Debate sobre bombeiro civil é antigo e não tem aval de empresários e comerciantes

No segundo semestre de 2016, tramitou a proposta então aprovada nas CCJ da Camara Municipal de Rio Branco e da Assembleia Legislativa do Estado. Tratava-se no município do substitutivo n.º 25/2016, que tornava obrigatório a contratação às expensas do empresário de bombeiros civis para estabelecimentos públicos e empresariais, sob o argumento de geração de emprego e renda.

A Acisa admitiu a possibilidade de demissão em massa caso o projeto tivesse sido aprovado. O então projeto de lei de autoria da então vereadora Rose Costa, poderia impactar em gastos de até R$ 15 mil para empresários da capital.

Pelos projetos, a empresa privada de bombeiros civis entraria somente com os formados, enquanto o empresário, estaria obrigado a contratar essa mão de obra com carga horária de 12 horas trabalhadas por 36 horas de folga. De acordo com a lei 11.901, de 12 de janeiro de 2009, o empresário estaria sujeito a ter pelo menos 4 guarnições em seus estabelecimentos, pagando além do salário, 30% de adicional de periculosidade e seguro de vida especial.

A meta dos empresários, segundo a ACISA, tem sido manter os atuais empregos dos acreanos no cenário de crise. A entidade diz que o comércio e a indústria já não aguentam arcar com as atuais obrigações e tributação. Celestino Bento destacou que já existe a fiscalização do corpo de bombeiros militar, e que já se paga a taxa compulsória para liberação do alvará de vistoria e funcionamento, que só é expedido depois que se atendem todas as exigências militares para prevenção e combate contra incêndio e pânico.

O Diretor da Associação das Praças do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Acre (APRABMAC), Sargento BM Abrahão Púpio, defendeu e provou a inconstitucionalidade no projeto, ocasionando a sua retirada de pauta, porque ele violava prerrogativas constitucionais do Corpo de Bombeiros Militar, nos termos do Art. 21, inciso XIV e Art. 144, inciso V e Art. 144, parágrafos 5º e 6º.

Abrahão Púpio falou ainda que o bombeiro civil é uma empresa privada, pontuando que o CBMAC é uma instituição secular do Estado, há muitos anos no topo como a profissão mais confiável do mundo. Assim como os vigilantes privados são fiscalizados pela Polícia Federal, os bombeiros civis precisam ter a qualidade dos serviços prestados e sua formação fiscalizada e credenciada pelo Corpo de Bombeiros Militar.

O presidente da Associação acrescentou ainda que um procedimento de primeiros socorros feito de modo equivocado pode agravar a condição da vítima, levando até ao óbito. Citou as técnicas de combate a incêndio urbano que precisam ser observadas, sob pena de transformar o profissional em vítima.

“Bombeiros Militares passam por curso de formação com carga horária de 1.700 horas só no curso de soldado (básico). São mais de 500 horas no curso de Cabo (6 anos de serviço) e 1.500 horas no curso de sargento (9 anos de serviço). Um oficial do Corpo de Bombeiros passa por curso de mais de 4.000 mil horas. Paralelos ainda têm os cursos de especialização e aperfeiçoamento, com instruções avançadas em engenharia, mecânica de fluidos, enfermagem, mergulho, mecânica e socorros de urgência” destacou Pupio.

O outro lado: 

A reportagem não conseguiu localizar o empresário Almerito Bandeira para ele falar sobre o assunto.

A assessoria de imprensa do Corpo de Bombeiros através do Major Falcão, informou que a instituição ainda não tinha conhecimento do teor da denúncia, e que através da diretoria de ensino e do próprio comando – instâncias que trataram diretamente sobre o assunto – deverá se pronunciar oficialmente.

Anúncios

Destaque 5

STJ suspende inquérito que investiga filho de deputado acusado de desvio de recursos na merenda

Publicado

em

O Ministro Sebastião Reis Júnior, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), acatou um pedido de liminar em favor do empresário Cristian Silva Sales, filho do deputado estadual Manoel Moraes (PSB), para que o inquérito da polícia Civil que que investiga desvio de recursos na distribuição da merenda escolar no Estado do Acre seja suspenso. A decisão do STJ beneficia além de Cristian, Andrea Cristina Sena Araújo, Odimar de Araújo Teixeira, Marcus Samuel Silva Lira, Tiago Leite Silva e Manoel de Jesus Leite Silva, que faleceu recentemente vítima de covid-19.

Os advogados do empresário indiciado pleiteavam a anulação da investigação, porém o magistrado deferiu apenas a suspensão e fez o pedido de mais informações a respeito do caso a 4ª Vara Criminal de Rio Branco, responsável por autorizar a Operação Mitocôndria em abril deste ano.

Os advogados alegaram ao STJ que existe um entendimento que desvio de verbas oriundas do Programa Nacional de Alimentação Escolar – PNAE, integrante do Fundo Nacional de Desenvolvimento Escolar – FNDE, correspondem ao interesse da união e portanto o Tribunal de Justiça do Acre não teria competência para julgar o caso.

Com reconsideração do ministro, as decisões proferidas pela 4ª Vara Criminal de Rio Branco como medidas cautelares de bloqueio de ativos, indisponibilidade de bens, busca e apreensões e decretação de prisões temporárias, em razão da prática, em tese, dos crimes licitatórios, peculato, corrupção, falsidade ideológica, falsificação de documento público, lavagem de capitais e associação criminosa, estão suspensas até análise do mérito.

Seguindo entendimento do STJ, o juiz Cloves Augusto, da 4ª Vara Criminal, acatou a ordem superior e destacou que considerando a referida determinação de suspensão do IPL em razão da dúvida quanto à competência da Justiça Estadual, entendia que todos os demais feitos devem também ter seu andamento suspenso, para evitar que possível decisão em feitos conexos ou apensos seja considerado como descumprimento da liminar.

Continuar lendo

Coluna do Astério

Enquanto isso, na Escolinha do Professor Gladson…

Publicado

em


_ Aluno Bestene!

_ Presente, professor Gladson!

_ Você anda muito maluvido, vai levar um zero pra começar e terminar a conversa.

_ Mas, professor…

_ Ca-la-do!

_ Senhor Minoru, onde fica o Japão?

_ No Quinari, professor Glads!

_ Vai levar nota dois, não decorou a minha cartilha mas é um menino muito inteligente.

_ Seu Rocha, me responda sem gaguejar…porque você só pensa naquilo, nessa prefeitura?

_ Professor eu quero saber porque o senhor quer escolher uma aluna de outra escola, da farda encarnada, para ser a nossa líder de classe?

_ Porque…ora bolas, porque! Porque eu sou o professor, quem manda sou eu!

_ Seu Petecão da Seis de Agosto…

_ Diga, amado mestre!

_ Como é que você se junta com o aluno Bestene e a dona Maílsa que, por sinal faltou hoje, para bagunçar com a minha aula? Me responda, o que foi que você viu nesse Bocalon?

_ E o senhor professor, o que foi que o senhor viu…

_ Ca-la-do! Quem faz as perguntas sou eu, o professor!

_ Seu Nicolau Júnior, me responda rapidamente…quanto é cinco mais cinco?

_ Depende do senhor, professor!

_ Depende de quê?

_ Vamos discutir na Casa do Povo pra ver quanto vai dar ?

_ Menino bom, vai continuar na presidência do grêmio da escola, e o salário dos deputados!!

_ E o salário dos deputados, Óh!!!

“Escreveu não leu o pau comeu”. (adágio popular)

Quebrando o espinhaço

Nessa queda de braço envolvendo o Palácio, o PSB e o PROGRESSISTA alguém vai ficar desmoralizado. Velando-se de um ditado que diz que “o pau sempre quebra para o lado mais fraco” há de prever para que lado ele vai cair.

Coordenação tucana

O presidente do PSDB estadual , Pedro Correia, o Correinha, e o da executiva municipal, Mário Paiva, são os responsáveis pelas articulações dos tucanos com vistas às eleições municipais, principalmente com a ida do vice-governador major Rocha para o PSL.

Negacionista

O deputado José Bestene (PROGRESSISTA) negava ontem bastante irritado de que tinha capitulado diante da candidatura da prefeita Socorro Neri (PSB) apoiada pelo governador Gladson Cameli. Segundo ele, jamais deixaria Tião Bocalom sozinho sentado à beira do caminho. Tipo a música do Roberto Carlos.

Novos PROGRESSISTAS

Os novos PROGRESSSISTAS Ney Amorim e Moisés Diniz participaram da operação fulmina candidatura Bocalom. O encontro para discutir a retirada do nome de Bocalom foi simplesmente extravagante. Ney e Moisés negam!

Ciro Nogueira é meu amigo

O senador Sérgio Petecão (PSD) disse que o seu amigo e compadre Ciro Nogueira, presidente nacional do PROGRESSISTA já mais vai deixa-lo na mão. Isto significa que tem muita confusão pela frente.

Continuar lendo

Destaque 5

Alan Rick visita Policlínica do Tucumã e destaca sua emenda para equipamentos médicos

Publicado

em

O deputado federal Alan Rick (DEM) visitou na manhã de terça-feira, 7, a Policlínica do Tucumã. O parlamentar foi recebido pelo Gerente Geral João Paulo Nogueira, o Diretor Administrativo Alex Lustosa e Duciana Araújo, Diretora de Assistência.

Na oportunidade, o parlamentar destacou que destinou R$ 160.000,00 para a aquisição de equipamentos médicos para a unidade. O recurso já está na conta da Sesacre.

“Com esse recurso a Policlínica do Tucumã poderá adquirir um novo ultrassom, detector fetal, aminioscópio, cardiotocógrafo, cadeiras e outros equipamentos para a implantação de atendimento especializado para gestantes de alto risco”, disse o deputado.

A Policlínica, que foi Upa até 2017, realiza atualmente atendimentos do Programa Saúde da Família e de outros como o de pediatria, de endocrinologia e ginecologia.

“Trabalhamos com ambulatório especializado. Além disso, montamos um planejamento familiar para a realização de vasectomia e laqueadura. Um ponto de apoio ao Estado. A Policlínica tem feito também teste rápido da Covid-19. Com os recursos do deputado Alan Rick poderemos fortalecer ainda mais o trabalho desenvolvido aqui. Agradeço a ele pela parceria com a Policlínica e por ter um olhar diferenciado para a área da Saúde”, disse João Paulo.

Continuar lendo

Coluna do Astério

Menino bom esse Pádua

Publicado

em

Zé Lezim Duvale

Mamãe já dizia que menino bom é aquele do Zé Geraldo, que escuta qualquer fofoquinha vem logo aqui contar. A frase do governador Gladson Cameli, ao jornalista Luís Carlos Moreira Jorge, no Blog do Crica, de que “vai mandar embora do seu governo todo aquele que não beijar a mão branca da prefeita Socorro Neri só livrando o Pádua [Bruzugu], me fez lembrar da minha “véinha”.Depois de matutar sobre a frase por diversos aspectos, chego à conclusão de que o filho de Martim Bruzugu tá certo. Ninguém pode tirar a razão dele e nem seus méritos. Bem faz ele avisar ao governador que o caminhão de mudança não vai alcançar o Posto Ipiranga.

Mesmo sendo da cozinha do deputado Flaviano Melo, sempre transitou por diversos becos e terreiros. Sabe servir e animar um ambiente como ninguém. Quando o padrinho Flaviano dá uma esticadinha em Brasília, no Rio ou nos EUA, Pádua se achega na casa do Petecão 100% popular. Conta boas piadas, sonoras gargalhadas, faz um lero-lero aqui, outro ali, (o anão Montana Jack chega baba ouvindo o Pádua), por último prepara uma fritada de mandi e pronto! Pode arriar a Devassa! Tá escalado para o lugar no time dos que levam e trazem as boas e más notícias do mundo político acreano. Sabe de tudo…

Com a acessão de Gladson ao governo, o tampinha, chamado nos bastidores do Palácio Rio Branco de “tamborete de forró”, também andou azeitando uma comidinha ao chefe e por sua gentileza e conversa afiada, ganhou espaço na gestão. Se diz leal ao chefe e por contar-lhe coisas que outros não contam, conquistou cadeira cativa no ninho do Cameli. Acontece que nessa confusão toda de apoia não apoia Socorro Neri, Pádua está que nem curió de muda: não dá um pio. Agora ele se encontra entre a cruz e a espada, já que o Roberto Duarte é o candidato do padrinho Flaviano. Vai ter que dá uma no cravo e outra a ferradura!

Funcionou, Pádua! O chefe também te ama, o de Cruzeiro do Sul!

“O risco que corre o pau corre o machado”. (Velho adágio seringueiro aplicado a política por Guiomard Santos)

. O ex-prefeito Tião Bocalom é um sujeito muito sério, não está para brincadeira!

. Muito menos a senadora Mailza Gomes, José Bestene e toda a tropa do Progressista que vê em Bocalom a chance de chegar a prefeitura da Capital.

. “Se os institutos de pesquisas estivessem fabricando uma vacina para o coronavírus estaríamos muito bem porque elas são muitos sérias e verdadeiras”, diz Maria Rosa.

. A Maria Rosa é que nem o Príncipe Myshkim, O Idiota, de Dostoievski, acredita em todo mundo!

. No mundo de hoje continua sendo um incômodo!

. De acordo com o presidente do Avante, Manoel Roque, o partido tem a melhor proposta para governar Rio Branco encabeçada pelo seu pré-candidato, Jarbas Soster.

. Questionado pela coluna sobre a declaração do governador Gladson sobre os que não apoiarem a prefeita Socorro Neri irão catar coco de babaçu no Maranhão, Rocha disse que não tinha nada a dizer.

. “Não sou o governador, nem sou do Progressista, não é um problema meu…”.

. O senador Petecão, Mailza Gomes, José Bestene, deputados estaduais passaram o dia acalmando os afilhados políticos em cargo de confiança.

. Disse na coluna que o alvoroço iria ser grande!

. O esforçado Luziel Carvalho meteu o pé na jaca!

. Deve se juntar ao amigo Fernando Zamora!

. Cá entre nós, o Zamora (gente boa) pulou uma fogueira sem tamanho, escapou de um rabo de foguete para a lua.

. O que iria ter de candidato, cabo eleitoral e eleitor lhe torrando a paciência por dinheiro na campanha não estava escrito em lugar nenhum.

. Maria Rosa se aproxima de mima com uma moeda não mão e vai dizendo:

. “Está vendo essa moeda? Digamos que represente a política, ela tem dois lados, um é a direita e o outro a esquerda, mas a moeda é a mesma”…

. Onde você aprendeu isso?

. “Na minha igreja”!

. Que igreja é essa?

. “Ainda estamos pensando em um nome”!

. Por que isso?

. “Porque um missionário foi pregar o evangelho na parada de ônibus da praça do Calafate confundiram ele com um eleitor de Bolsonaro, acharam que tudo é a mesma coisa, mas não é”.

. Hummmm…

. Deus abençoe a nova igreja!

. Bom dia!

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas