Conecte-se agora

Mogno com selo verde exportado de Manoel Urbano pelo Acre foi destaque nacional

Publicado

em

MANOEL URBANO – O mogno, a madeira mais famosa da Amazônia, exportada a partir da madeireira Agrocortex, instalada na cidade de Manoel Urbano, no Acre, foi destaque em reportagem da revista Época. Reportagem assinada pelo jornalista Alexandre Mansour fala da primeira certificação ecológica de mogno do país. O estranho é que o conteúdo produzido em fevereiro de 2016, não tenha sido explorado pelo marketing do governador Sebastião Viana.

Segundo a reportagem, o mogno no país é um marco para uma espécie que ganhou fama mundial nos anos 1980 por sua beleza e por alimentar a devastação da Amazônia. “Agora, o mogno passa a ser vendido de novo, com garantias de que o a produção segue cuidados sociais e ambientais” diz a matéria.

Município ganhou com geração de empregos

Município ganhou com geração de empregos

A área da Agrocortex fica nos municípios de Manoel Urbano, no Acre e Pauini e Boca do Acre, no Amazonas. O primeiro lote de toras de mogno que já saiu da floresta para exportação, chegou, segundo a revista, a US$ 3 mil o metro cúbico no mercado.

O engenheiro florestal Rui Ribeiro, diretor executivo da empresa, garante que a entrada no mercado se deu através do fornecimento de um produto de floresta bem manejadas, certificadas e para garantir a diminuição da pressão predatória sobre as áreas.

O mogno da Agrocortex é certificado pelo selo do Conselho de Manejo Florestal (mais conhecido pela sigla FSC), o mais respeitado do mundo. O selo é concedido por uma auditoria independente feita pela certificadora Imaflora, a maior do Brasil. A certificação garante que a madeira é extraída segundo um plano de manejo que segue a lei e ainda incorpora vários cuidados.

A reportagem abordou o plano de manejo que garante que a produção não esgota a floresta. Seu princípio é simples. A madeireira divide a área em lotes. A cada ano, ela explora apenas um lote. Tira desse lote só as árvores de valor comercial, que já estão grandes o bastante para o corte. Elas são poucas. Cerca de uma ou duas na área de um campo de futebol.

Quem passa de avião sobre uma floresta explorada assim nem percebe que há atividade madeireira lá embaixo. A exploração econômica somente ocorre em 3% da área. E mesmo nessa área menos de 5% das árvores são exploradas. Depois a área é deixada protegida por 30 anos. Nesse período a floresta se recupera. Esse uso sustentável da floresta garante uma produção eterna e mantém o ecossistema saudável, preservando o clima, a proteção dos mananciais e diversidade de animais.

 

Anúncios

Cidades

Presidente da FIEAC exalta avanços na proposta de integração entre o Juruá e Pucallpa

Publicado

em

Entusiasta do estreitamento das relações internacionais do Acre com os países vizinhos, o presidente da Federação das Indústrias (FIEAC), José Adriano, se mostrou confiante com os avanços no debate da proposta de integração rodoviária entre Cruzeiro do Sul, no Vale do Juruá, e Pucallpa, no Peru.

O empresário participou do II Encontro Brasil/Peru, realizado na última sexta-feira, 25 de setembro, e que contou com as ilustres presenças dos ministros das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, e do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, além do senador Marcio Bittar, articulador do evento, do governador Gladson Cameli, entre outras autoridades.

Do lado peruano, por meio de videoconferência, estiveram no Encontro Internacional o governador de Madre de Dios, Luis Guillermo Hidalgo, o governador de Ucayali, Francisco Pesos Torres, e outros representantes. Tanto autoridades brasileiras como do país vizinhos se disseram compromissados em unir esforços para que a proposta de integração seja concretizada.

“Eu e o ministro Ernesto estamos aqui para mostrar que o governo federal de fato tem um compromisso com o Acre. O projeto já foi apresentado, definido pelo presidente Bolsonaro, contará com apoio do Executivo e faremos esforços para que esses recursos estejam consignados no orçamento do próximo ano”, assegurou Rogério Marinho.

O chanceler Ernesto Araújo ressaltou que o Acre tem uma importância enorme para o Brasil e desafios a serem vencidos. “Nós temos tido a experiência de que a integração fronteiriça não permite apenas uma soma de oportunidades, mas uma multiplicação. E é isso que nós queremos para o Acre e, através do Itamaraty, com essa presença aqui, a gente quer mostrar que não estamos apenas nas grandes negociações, mas com os pés no chão aqui na fronteira de um estado tão importante e querido como o Acre”, completou.

O presidente da FIEAC, José Adriano, enalteceu a importância do senador Marcio Bittar e da bancada federal acreana, bem como o empenho do vice-governador Major Rocha e do governo do Acre em viabilizar a vinda dos ministros ao Acre para discutir de forma mais próxima a construção da estrada ligando Cruzeiro do Sul a Pucallpa.

“Estamos falando de um desafio muito grande que é viabilizar a construção de obra grandiosa que proporcionará um desenvolvimento significativo não só para Cruzeiro do Sul e municípios do entorno, mas para todo o Acre. Ficamos muito confiantes com esse compromisso do governo federal com a proposta e agora seguiremos acompanhando e colaborando, no que estiver ao nosso alcance, para que tudo isso possa se tornar realidade”, asseverou José Adriano.

Assessoria FIEAC, com informações da Agência Notícias do Acre

Continuar lendo

Cidades

Clodoaldo participa com Gladson da entrega da Avenida Cultural e de frota de ônibus

Publicado

em

Ao lado do governador Gladson Cameli, o prefeito Clodoaldo Rodrigues participou na manhã desta segunda-feira, 28, da entrega da Avenida Cultural, onde estão localizados importantes prédios que foram revitalizados e também reinaugurados hoje, como o Ginásio Poliesportivo Alailton Negreiros e o Salão Cultural Cordélia Lima. Na ocasião, o governo do estado realizou ainda a entrega de uma frota de 20 ônibus para Regional do Juruá, onde 09 devem ficar em Cruzeiro do Sul. Na mesma avenida também está o localizado o Teatro dos Náuas, que será reinaugurado nesta noite.

O governador destacou a importância de cuidar dos espaços, para que as futuras gerações também possam ter acesso aos benefícios, através da conservação dos locais. Cameli parabenizou Cruzeiro do Sul pelos 116 anos, destacando sua felicidade em entregar as obras em uma data tão especial, o aniversário da cidade onde nasceu.

“São 110 ônibus no total para o estado e para esta região são 21 que estamos entregando hoje. Estamos entregando toda estrutura do Ginásio Alailton Negreiros, do Cordélia Lima, a Avenida Cultural e à noite o Teatro, todos revitalizados. Vamos colocar os responsáveis para cuidar desses locais, manter tudo em ordem, para cuidar dos bens da nossa cidade, que não venham a ser novamente deteriorados. É um presente para Cruzeiro do Sul nesta data tão especial”, destacou o governador Gladson Cameli.

O prefeito Clodoaldo Rodrigues participou do evento, e comemorou os benefícios que chegam para Cruzeiro do Sul. Para Clodoaldo a união entre estado e município são fundamentais para um melhor desenvolvimento da cidade.

“Esse é um momento muito importante para nossa cidade. Agradecemos muito pelos investimentos que estão sendo realizados pelo governo do estado, pelo governador Gladson, nesta parte estrutural, de revitalização de espaços tão importantes como esses. Precisamos ter esse olhar diferenciado, de valorização cultural e esportiva, oferecendo espaços de qualidade para nossos jovens. Outro grande benefício trazido hoje é a frota de ônibus que vai ajudar bastante os estudantes no deslocamento até as escolas. Cruzeiro do Sul faz aniversário e os cruzeirenses ganham esse grandioso presente”, enfatizou o prefeito.

Continuar lendo

Cidades

Xapuri se torna o município com mais registros de covid-19 no Alto Acre

Publicado

em

Nesse fim de semana, o município de Xapuri passou a ser o primeiro colocado em número de casos confirmados do novo coronavírus na regional do Alto Acre, atingindo 1.169 infecções pelo agente causador da covid-19, com o registro de 13 mortes.

A posição pertencia a Brasiléia, que a partir do mês de agosto passou a ter uma grande redução no número de casos, de acordo com os números divulgados pelo boletim diário da Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre).

O último Boletim da Secretaria Municipal de Saúde de Xapuri (Semusa), divulgado na última sexta-feira, 25, apresenta números divergentes do informativo estadual, com 10 casos e 2 mortes a mais que o divulgado pelo Boletim Sesacre.

Apesar de assumir o topo do ranking de casos na regional, na última semana o município teve a menor média de novas infecções desde o pico ocorrido no mês de agosto, registrando apenas 6 novas confirmações diárias em um período de 7 dias.

Quanto à incidência da doença, Xapuri continua em segundo lugar com taxa de 6.049,8 casos confirmados por grupo de 100 mil habitantes. Assis Brasil é o primeiro, com alarmante taxa de 8.318,7 casos positivos por 100.000 habitantes.

Os quatro municípios do Alto Acre somam 3.455 casos do novo coronavírus, com o registro de 56 mortes. De acordo com Boletim Informativo da Assistência à Saúde atualizado neste domingo, 27, havia apenas um leito por paciente de covid-19 na regional.

Continuar lendo

Cidades

Assis Brasil é o município com menos eleitores e mais candidatos no Alto Acre

Publicado

em

Com apenas 5.688 eleitores aptos, o município de Assis Brasil é o que mais terá concorrentes à cadeira de prefeito na regional do Alto Acre nas eleições deste ano, de acordo com os dados divulgados pela Justiça Eleitoral. Serão 5 candidatos ao cargo majoritário e 82 para a Câmara Municipal.

Concorrem ao cargo maior no município o atual prefeito, Antônio Barbosa, o Zum, do PSDB; Jerry Correia, o Professor Jerry, do PT; Jesus Sebastian, o Pilique, do PC do B; João Batista dos Santos Júnior, o João Júnior, do MDB; e o atual vice-prefeito, José Ferreira do Nascimento Filho, o Zé do Posto, do PSD.

O número de candidaturas registradas em Assis Brasil quase dobrou com relação à eleição anterior. A evolução foi de 59 candidatos em 2016 para 92 que tiveram pedidos apresentados para o pleito deste ano. Para o cargo de vereador, a proporção é de 9,11 candidatos para cada vaga disponível.

Do total de candidatos que pediram registro, incluindo os cargos de prefeito e vereador, 5 concorrerão à reeleição, entre eles o atual gestor do município, Antônio Zum. O PC do B foi o partido que apresentou o maior número de candidatos, 1 para prefeito e 15 para vereador, totalizando 16.

Com população estimada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 7.534 pessoas [2020], Assis Brasil está localizada na tríplice fronteira entre o Brasil, o Peru e a Bolívia, formando um núcleo de populações vizinhas, com a cidade peruana de Iñapari e com a cidade boliviana de Bolpebra.

O município recebeu seu nome em homenagem a Joaquim Francisco de Assis Brasil, embaixador que teve papel de destaque, junto com o Barão do Rio Branco e Plácido de Castro, na Questão do Acre, que culminou com a assinatura do Tratado de Petrópolis, entre Brasil e Bolívia, que tornou o estado brasileiro.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas