Conecte-se agora

Asma oferece curso sobre “Liberdade de Expressão e de Imprensa” para jornalistas

Publicado

em

O juiz do Tribunal de Justiça, Giordane Dourado, está oferecendo um curso “Liberdade de Expressão e de Imprensa” aos jornalistas. Como especialista em Direito Constitucional, objetivo dele é compartilhar o conhecimento, realizando uma comparação do tema no Brasil, nos Estados Unidos e na Europa.

A qualificação acontecerá entre os dias 20 e 21 de fevereiro na Escola do Poder Judiciário (Ejud), que fica na sede do Tribunal de Justiça. O magistrado promete traduzir o juridiquês. É uma boa oportunidade para ampliar os conhecimentos dos profissionais que lidam todos os dias com a divulgação de informações de forma útil e importante para a sociedade.

As inscrições foram abertas com bastante antecedência para que os jornalistas possam se planejar uma vez que se tratam de profissionais que atuam em diversos turnos do dia e até da noite, no fechamento das edições dos jornais impressos ou em programas de TV.

Giordane Dourado é presidente da Associação dos Magistrados do Acre (Asmac), entidade que patrocina o evento, possui MBA pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e é mestrando em Direito Constitucional pela Universidade Clássica de Lisboa.

O curso é gratuito, mas é preciso realizar a inscrição para garantir a vaga. O endereço para a inscrição é https://goo.gl/forms/83Di1R95yUifZbrm2.

Anúncios

Destaque 2

Quadrilha do Maranhão clonou celulares e deu golpe em empresários e deputados do Acre

Publicado

em

A Polícia Civil do Acre identificou os integrantes da quadrilha especializada em clonar aplicativos de mensagens de aparelho celular que fizeram no Acre, ao menos três deputados estaduais e o sócio-proprietário da Uninorte, Fábio Ricardo Leite, vítimas de estelionato.

Em maio, quatro deputados do Acre, incluindo o presidente da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), Nicolau Júnior, e até o governador do estado, Gladson Cameli, tiveram os números clonados.

Segundo a investigação, os criminosos clonavam o número do aplicativo de mensagens dos deputados e empresários e pediam dinheiro a amigos e que estavam em sua lista de contatos.

De acordo com informações obtidas por ac24horas, o dono da Uninorte, Ricardo Leite, o Rico como é mais conhecido, transferiu a Frederico Matta (estelionatário) R$ 4, 8 mil e José Mauri da Silva transferiu R$ 5 mil a Argentino Silva (estelionatário), e a outra vítima Ester Queiroz Silva (ligada ao deputado Luiz Gonzaga) transferiu à Pablo Silva (estelionatário) a quantia de R$ 10 mil, totalizando R$ 19.800,00.

Em depoimento, o empresário, Fábio Ricardo Leite afirmou que realizou a transferência a pedido da pessoa que se passava pelo deputado Jenilson Leite. Mauri e Ester acreditavam que estavam falando com o deputado Luiz Gonzaga (PSDB).

Após uma longa investigação, o delegado da Polícia Civil do Acre, Pedro Paulo Buzolin, identificou a quadrilha que operava no Maranhão, e teve acesso a câmera dos caixas eletrônicos em que os criminosos realizavam os saques, após o dinheiro cair na conta, em Nova Imperatriz (MA).

Os envolvidos Frederico Matta, Argentino Silva, Pablo Silva e Aldean Correa devem responder por estelionato e associação criminosa. Após o término das investigações, Buzolin encaminhou o inquérito à Justiça do Maranhão para o indiciamento dos envolvidos e adoção de medidas cabíveis.

Continuar lendo

Acre 01

Entregadores de aplicativo realizam buzinaço em frente ao restaurante e pizzaria a Princesinha  

Publicado

em

Um grupo de entregadores promoveu um buzinaço neste sábado, 19, em frente ao Restaurante e Pizzaria A Princesinha, onde um entregador de aplicativo foi chamado de “golpista”, pelo gerente do estabelecimento, Ramon Oliveira, nesta sexta-feira, 18, em rede social.   O ato ocorreu por volta das 19 horas e contou com a participação de entregadores e apoiadores. Diversos vídeos do ato foram veiculados nas redes sociais.

O protesto ocorreu, após o gerente do estabelecimento, Ramon Oliver,  publicar um post no grupo “Gastronomia Acre” acusando o entregador de aplicativo Raimundo Eliandro Garcia do Carmo, mais conhecido como Leandro, de retirar um pedido no estabelecimento que não foi entregue em seu destino final.

No post, o gerente pede para que o motoboy não faça esse tipo de “sacanagem”. “Trabalhamos dia e noite aqui os boys sabe da nossa luta, aí um cara desse vem aqui e aplica esse tipo de golpe”, afirmou o gerente. A publicação do representante do restaurante viralizou nas redes sociais.

Ao tomar ciência da acusação, o motoboy que soube que foi chamado de golpista pelo gerente relatou nas redes sociais que, após retirar o pedido do estabelecimento para a entrega, recebeu ligação da esposa contando que o filho menor de idade sofreu um acidente dentro de casa.

Neste momento, o entregador de aplicativos relatou que largou as entregas que tinham pendentes e correu para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do 2º Distrito para socorrer o filho.

Ao ac24horas, o motoboy enviou fotos e vídeos comprovando que passou a noite de sexta-feira, 18, para sábado, 18, na Unidade de Pronto Atendimento (UPA). Em um vídeo nas redes sociais, o motoboy, na manhã deste sábado, 18, foi à Princesinha pagar a pizza que ele supostamente desviou.

“Esse cidadão não teve nem coragem de se desculpar. E eu quero que todos saibam que eu sou um homem e não um golpista que nem esse Ramon disse”, afirmou.

Após o caso viralizar no grupo da Gastronomia, o motoboy registrou Boletim de Ocorrência (B.O) contra o gerente Ramon Oliver na Delegacia de Combate a Roubos e Extorsões.

ASSISTA O VÍDEO!

Continuar lendo

Cotidiano

Criminosos em motocicleta executam mulher com tiro na cabeça na Cidade Nova

Publicado

em

Uma mulher identificada como Luciana foi executada com um tiro na cabeça em via pública na tarde deste sábado, 19. O crime aconteceu na rua Uirapuru, no Cidade Nova, no Segundo Distrito de Rio Branco.

De acordo com informações da Polícia, Bruna é moradora do bairro e estava pedalando em sua bicicleta quando, inesperadamente, dois homens não identificados, se aproximaram em uma motocicleta e o  da garupa, em posse de uma arma de fogo, efetuou um tiro que atingiu a cabeça da vítima.

Após a ação, os criminosos fugiram do local. O caso já está sendo investigado pelos agentes de Polícia Civil da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Populares que passavam pelo local acionaram a ambulância do suporte avançado do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), mas quando os paramédicos chegaram Bruna já se encontrava sem vida.

A área foi isolada pela Polícia Militar para os trabalhos dos peritos em criminalística, em seguida, os policiais colheram as características dos criminosos e fizeram patrulhamento na região em busca de prendê-los, mas ninguém foi encontrado.

O corpo foi removido e encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para os exames cadavérico e identificação. A Polícia não soube informar a motivação do crime.

Continuar lendo

Acre 01

Gerente da Princesinha chama motoboy de golpista, que rebate e caso vai parar na delegacia

Publicado

em

O gerente do Restaurante e Pizzaria A Princesinha, Ramon Oliver, usou as redes sociais nesta sexta-feira, 18, para publicar um post no grupo “Gastronomia Acre” acusando o entregador de aplicativo Raimundo Eliandro Garcia do Carmo, mais conhecido como “Leandro”, de retirar um pedido no estabelecimento que não foi entregue em seu destino final.

No post, o gerente pede para que o motoboy não faça esse tipo de “sacanagem”. “Trabalhamos dia e noite aqui os boys sabe da nossa luta, aí um cara desse vem aqui e aplica esse tipo de golpe”, afirmou o gerente. A publicação do representante do restaurante viralizou nas redes sociais.

Ao tomar ciência da acusação, o motoboy que soube que foi chamado de golpista pelo gerente relatou nas redes sociais que, após retirar o pedido do estabelecimento para a entrega, recebeu ligação da esposa contando que o filho menor de idade sofreu um acidente dentro de casa.

Neste momento, o entregador de aplicativos relatou que largou as entregas que tinham pendentes e correu para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do 2º Distrito para socorrer o filho.

Ao ac24horas, o motoboy enviou fotos e vídeos comprovando que passou a noite de sexta-feira, 18, para sábado, 18, na Unidade de Pronto Atendimento (UPA). Em um vídeo nas redes sociais, o motoboy, na manhã deste sábado, 18, foi à Princesinha pagar a pizza que ele supostamente desviou.

“Esse cidadão não teve nem coragem de se desculpar. E eu quero que todos saibam que eu sou um homem e não um golpista que nem esse Ramon disse”, afirmou.

Após o caso viralizar no grupo da Gastronomia, o motoboy registrou Boletim de Ocorrência (B.O) contra o gerente Ramon Oliver na Delegacia de Combate a Roubos e Extorsões.

A Princesinha ainda não se manifestou oficialmente, mas os motoristas de aplicativos prometem às 18 horas deste sábado, 19, em frente ao estabelecimento, um protesto pedindo a saída do funcionário da empresa e uma Nota de Retratação.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas