Conecte-se agora

Obras do Shopping Popular,, na capital, avançam para a etapa final das estruturas

Publicado

em

unnamed

Uma comitiva liderada pelo prefeito Marcus Alexandre; a vice-prefeita Socorro Neri; o vice-presidente do Senado da República, Jorge Viana;o deputado federal Alan Rick; o vereador Juruna, secretários e assessores da Prefeitura de Rio Branco visitou nesta terça-feira, 3, as obras do Shopping Popular, que a partir desta data entram na fase final de estrutura. Acompanharam a visita a secretária de Obras de Rio Branco, Claudia Cunha, e seu secretário Adjunto de Obras, Marcos Vinicius; o chefe da Fiscalização Urbana da PMRB, Marcos Café; e o coordenador da Central de Abastecimento de Rio Branco (CEASA), Edy Celular, além de responsáveis pela empresa que executa a obra.

A vice-prefeita ficou especialmente impressionada com a grandeza do projeto: “fico feliz de vir ver este empreendimento acompanhando de pessoas que lutam pela realização do Shopping Popular. É uma obra revolucionária”, disse Socorro Neri. De fato, trata-se de um projeto de R$17,3 milhões que quando pronto, terá 450 boxes divididos em três andares e está edificado ao lado do Terminal Urbano. Serão 165 boxes no térreo, mais 165 no primeiro piso e outros 120 no segundo piso, onde ficará também a praça de alimentação, elevadores e jardins. O empreendimento está sendo erguido numa área de mais de 12 mil metros quadrados.

unnamed-1

Trata-se ainda de um projeto que conta com o apoio de Jorge Viana e Alan Rick, os quais não se cansam de reunir-se com ministros e técnicos em Brasília para garantir o calendário dos repasses. Antes de visitar o canteiro de obras, Jorge Viana propôs uma reunião com os presentes para apontar sugestões que visam assegurar os recursos para a etapa final e deixarem o projeto ainda melhor. No escritório técnico da obra, o engenheiro responsável pelo projeto, Alan Jones, apresentou aos presentes os detalhes da obra e a atual fase dos serviços.
Atualmente, estão sendo construídos os pilares para finalizar a última laje. Esses pilares vão sustentar as treliças para que se possa dar início à fase de alvenaria.

“É uma alegria trabalhar por esta obra”, diz Jorge Viana

unnamed-4

Em reunião no escritório técnico da obra, os desafios futuros foram debatidos. “É uma alegria trabalhar para que uma obra como esta possa realizar o sonho de muita gente”, afirmou Jorge Viana. “Trabalhar em Brasília pela Prefeitura de Rio Branco é fácil. Sabem que os projetos são bem executados e nós temos colocado nossa vida nesse trabalho”, completou Alan Rick ao expressar seu compromisso em lutar pelos recursos para conclusão do Shopping Popular se possível ainda este ano. “Estamos vendo as dificuldades, a crise econômica, mas vemos também o otimismo e o esforço para que as obras avancem”, declarou, no mesmo sentido, o vereador Juruna, que é também líder no Camelódromo.

O prefeito Marcus Alexandre lembrou aos presentes que não fosse a mobilização do senador Jorge Viana e do deputado Alan Rick em dezembro passado, as obras estariam ainda mais atrasadas, já que se consideram os revezes sofridos pela conjuntura política e econômica. “Se ainda tivéssemos a maior laje por concretar a obra não teria andado conforme andou”, explicou o prefeito, agradecendo a cada um pelo esforço na realização do projeto.

Em breve começa a implantação da alvenaria: com esforço, obra seguirá sem sobressaltos

Seguindo o pensamento de Jorge Viana, consultorias especializadas indicam que o Shopping Popular deverá se tornar uma referência para o turista em relação ao artesanato, alimentação e vestuário regional, podendo criar até mais de 1,3 mil empregos diretos e indiretos, fortalecer a economia popular, criando um espaço adequado para comercialização de produtos regionais e locais.

Mas nada tem sido fácil nesse projeto porque há desde o início há muita complexidade na execução da obra. No entanto, conforme lembrou o prefeito Marcus Alexandre, ao chegar nesta etapa final de estrutura, a próxima fase –a de implantação da alvenaria –pode ser feita sob diferentes circunstâncias.

Projeto humanizado e voltado à qualidade de vida das famílias

unnamed-3

O Shopping Popular está sendo edificado em uma área de 12 mil metros quadrados. O terreno fica ao lado do Terminal Urbano de Rio Branco. É um prédio de três andares, contendo boxes onde funcionarão os comércios, praça de alimentação e jardins, além de amplo espaço para estacionamento.

No começo da obra, o terreno teve de ser reconstruído pois ali havia um enorme charco d´água e a proximidade com o rio e o Igarapé da Maternidade elevam o nível de atenção no projeto – mas há muita humanização em seus detalhes, como, por exemplo, o banheiro familiar. Esse equipamento foi incluído no projeto por sugestão da engenheira civil Gicélia Viana, Primeira Dama de Rio Branco, que participa voluntariamente das ações da Prefeitura. O banheiro familiar permitirá ao pai ou à mãe adentrar ao WC com o filho menor para ajudá-lo em suas dificuldades.

Anúncios

Destaque 6

Por 69 a 0, Alerj aprova continuidade do impeachment de Witzel

Publicado

em

A Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) deu nesta quarta-feira (23) mais um passo no processo que pede o impeachment Wilson Witzel (PSC). Os deputados aprovaram, por unanimidade (69 a 0), o projeto que autoriza a abertura de um processo de crime de responsabilidade contra o governador afastado.

Agora, o caso vai para um Tribunal Misto formado por cinco deputados e cinco desembargadores do Tribunal de Justiça, onde será julgado.

Num primeiro momento, o tribunal define se Witzel deve ser afastado do cargo. Depois, se ele cometeu crime de responsabilidade e se deve perder os direitos políticos.

Independentemente da decisão do Tribunal Misto, Witzel já está afastado do cargo por decisão do ministro Benedito Gonçalves, do Superior Tribunal de Justiça (STJ).

O ministro diz que o Ministério Público Federal (MPF) descobriu uma “sofisticada organização criminosa, composta por pelo menos três grupos de poder, encabeçada pelo governador Wilson Witzel”.

O projeto de resolução aprovado é baseado no relatório do relator Rodrigo Bacelar (Solidariedade) que defendia a continuidade da ação, e recebeu 24 dos 25 votos dos integrantes da comissão do impeachment. O único parlamentar que não votou está com Covid-19 e licenciado.

Próximos passos

– quinta-feira (25): publicação da decisão no Diário Oficial

– sexta-feira (26): deputados lançam candidatura para participar do Tribunal Misto

– terça-feira (29): eleição na Alerj para escolher os 5 deputados membros do Tribunal Misto

– em até 5 dias: TJ sorteia os 5 desembargadores do Tribunal Misto

– em até 120 dias: conclusão do processo de crime de responsabilidade

Witzel desistiu de se defender pessoalmente

Witzel era esperado para se defender pessoalmente na votação desta quarta-feira (23), mas ele fez a defesa por videoconferência.

“Eu não me importo de ser julgado e submetido a julgamento nenhum porque tenho a convicção de que jamais cometi um ato ilícito”, disse, em discurso inflamado.

Em sua fala, Wiztel também atacou deputados, se emocionou ao falar da mulher e demonstrou ter certeza de que a votação seria pelo prosseguimento do processo.

“Esta casa está em vias de aceitar, pelo visto, né, já é unanimidade, todo mundo já falou, então para que eu vou aqui tentar me defender? Não posso me defender quando os juízes já previamente se manifestaram que vão votar sim no meu processo, a minha denúncia. Que julgamento é esse? Eu jamais, como magistrado, manifestei previamente meu juízo de admissibilidade numa denúncia ou numa sentença. Porque várias vezes ao final do processo eu absolvi o réu”, disse.

O que diz a denúncia

O pedido de impeachment se baseou em suposta improbidade administrativa e mau uso do dinheiro público na Saúde em meio à pandemia do coronavírus, com base nas operações Placebo e Favorito.

Ambas as ações investigavam denúncias de desvio de verba da pasta e tiveram como desdobramento a Operação Tris in Idem, que afastou Witzel do cargo por suspeitas de corrupção.

Ele é acusado de receber propina das empresas ligadas ao esquema através de contratos falsos firmados com o escritório da primeira-dama Helena Witzel. O governador afastado, que nega as acusações, teria recebido pelo menos R$ 554,2 mil.

A Procuradoria Geral da República (PGR) revelou o suposto esquema depois de apurar irregularidades em contratos dos hospitais de campanha, respiradores e medicamentos.

Segundo os procuradores, o governador tem “participação ativa no conhecimento e comando das contratações com as empresas investigadas”. Troca de e-mails comprovariam as suspeitas.

Continuar lendo

Destaque 7

IDAF alerta a população do Acre sobre o recebimento de sementes de origem desconhecida

Publicado

em

No Brasil, assim como nos Estados Unidos e no Canadá, os órgãos de Defesa Agropecuária estão em alerta após constatarem o recebimento de embalagens contendo sementes de espécies misteriosas e de procedência desconhecida.

Estas sementes chegam através dos correios como “brindes”, juntamente com produtos adquiridos pela internet e sem identificação de qualidade e de procedência.

O Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Acre (IDAF), por meio da Coordenação de Fiscalização de Sementes e Mudas, está alertando a população acreana sobre os eventuais riscos que esses produtos podem causar a saúde, ao meio ambiente e à agricultura.

“Produtos vegetais de origem incerta e importados sem a aprovação do Ministério da agricultura são considerados como de grande risco a introdução e disseminação de novas pragas agrícolas ou de pragas já erradicadas, além da possibilidade de causarem sérios prejuízos econômicos e danos do ponto de vista da Defesa Sanitária Vegetal”, informa Ligiane Amorim, coordenadora de Fiscalização de Sementes e Mudas do IDAF.

A orientação do IDAF é que, caso as pessoas recebam esses pacotes suspeitos, não os abram, não os plantem e nem os descartem, devendo entrar imediatamente em contato com um escritório do órgão ou do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) mais próximo para que as embalagens e materiais vegetais sejam recolhidos de maneira segura, enviadas para análise laboratorial e descartados adequadamente.

O serviço de Defesa Sanitária Vegetal do IDAF afirma ainda que conta com a colaboração de toda a população e disponibiliza para qualquer informação, denúncia ou esclarecimento, o telefone (68) 3221-0724 e o e-mail: [email protected]

Continuar lendo

Cotidiano

Colisão entre bicicletas deixa ciclista gravemente ferido no Centro de Rio Branco

Publicado

em

Uma colisão entre duas bicicletas deixou o ciclista José Flávio Leite dos Reis, gravemente ferido na noite desta quarta-feira, 23. O acidente aconteceu no cruzamento da Avenida Getúlio Vargas com rua Epaminondas Jácome, no Centro de Rio Branco.

De acordo com informações de populares que presenciaram o acidente, um ciclista trafegava na Getúlio Vargas com destino a ponte Juscelino Kubitschek (ponte de metálica) e outro seguia na rua Epaminondas Jácome, quando colidiram. Com impacto, José foi arremessado, bateu a cabeça e desmaiou. O outro ciclista sofreu apenas escoriações.

A ambulância do suporte avançado do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionada, os paramédicos prestaram os primeiros atendimentos e conduziram José ao Pronto-Socorro de Rio Branco. Segundo o Médico do SAMU, Guilherme Piassa, o paciente sofreu um traumatismo craniano e seu estado de saúde é grave.

A área foi isolada pelos Policiais do Batalhão de Trânsito (BPtrans) para os trabalhos de perícia. A bicicleta foi removida e encaminhada ao pátio do Departamento de Trânsito.

Continuar lendo

Cotidiano

Após repercussão negativa, “Doquinha” chora e pede desculpas após ameaçar Soster

Publicado

em

Após a repercussão do vídeo no qual profere palavras de baixo calão e ameaça o candidato à Prefeitura de Rio Branco pelo Avante, Jarbas Soster, o presidente do bairro Vila da Amizade, Elizan da Silva Andrade, conhecido como “Doquinha”, em um vídeo curto divulgado nas redes sociais, pediu desculpas à Jarbas pelas palavras de baixo calão e as ameaças proferidas na manhã desta quarta-feira (22).

No vídeo, Doquinha reconheceu que agiu de forma agressiva e pediu desculpas. Doquinha relatou que “estava de cabeça quente”.

Pela manhã, extremamente revoltado, “Doquinha” teve um vídeo divulgado nas redes sociais ameaçando agredir Jarbas, em uma forma de tentar tirar a sua presença do bairro.

Segundo informações repassadas ao ac24horas, Jarbas teria sido supostamente ameaçado por Doquinha que teria dito que ele não entraria mais no bairro e que não iria permitir a presença de Soster no local.

Após a intimidação, assessoria de Jarbas afirmou que ele está registrou um Boletim de Ocorrência e que irá continuar com o seu trabalho de fiscalização.

Veja o vídeo:

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas