Conecte-se agora

Plutão vai exigir profundas transformações no Acre em 2017

Publicado

em

unnamed

Quem olhar o céu nas primeiras horas de 2017 poderá ver Júpiter um pouco acima da linha do horizonte. É o que mostra a posição do mapa astrológico do novo ano para o estado do Acre. Isso significa otimismo e fé para o povo acreano. De fato, segundo a astróloga Ástrid Schein Bender, vai ser preciso muita disposição filosófica para atravessar os próximos 365 dias.

O ano vai sofrer influência do mercúrio retrogrado, que rege no simbolismo astrológico, as comunicações e os transportes. Ai, tudo que está ligado a esses fatores sofrem atrasos, transtornos, gera caos e causa grandes aborrecimentos. A papelada, os documentos e os eletroeletrônicos também entram no esquema. As atividades mentais ou intelectuais são prejudicadas. Também não é um período favorável às crianças e jovens.

“Não é só na comunicação direta de eu dizer uma coisa e você entender outra. É no relacionamento de pais e filhos, do casal, no trabalho, entre professores e alunos. O aprendizado é um tema de mercúrio. A sociedade precisa estar preparada para essa tendência do mal entendido”, observa a astróloga.

Ela aconselha o “ouvir muito e falar pouco”, que cada um faça uma interiorização de si mesmo, ouvir a voz interior e conhecer mais seus próprios pensamentos. A receita é dada pelos astros para quem deseja passar o ano com menos dificuldades.

Quadratura entre Urano e Plutão fez as máscaras caírem em 2016

astridA astróloga explica que muitas das máscaras que caíram no campo político em 2016 [a reportagem citou como exemplo a Operação Lava Jato], sofreram influências planetárias da chamada quadratura entre Urano e Plutão.

“Essa quadratura tem muito a ver com a queda das máscaras no campo político e com problemas muito fortes que apareceram em todo o planeta”, cita Ástrid.

Esse fenômeno termina em 2017, por plutão ser símbolo de transformação, pode reger bombardeios como a descoberta de uma nova vacina ou fazer mudanças pela violência, pelo despojamento, pela confrontação com o lado sombrio da vida. Ou simplesmente uma revisão de valores profunda. Urano também é símbolo de transformação e ambos são associados a movimentos coletivos como aqueles que ocorreram no Brasil, o movimento “vem pra rua”.

2017 será regido por Saturno – Após 36 anos regida pelo Sol, a humanidade passará a ser governada por Saturno. Se a força do sol e das influências planetárias fizeram muitas máscaras caírem, na gestão de Saturno será o tempo dos “limites”.

“Uma vibração conjunta vai pedir que algo aconteça para impor limites. Saturno é o senhor do tempo, tanto a colheita positiva como a negativa, será cobrada por Saturno. Será um tempo de recompensa em todos os aspectos, principalmente no trabalho”.

Posição do mapa do ano novo do Acre aponta para transformações

Tendo libra como ascendente, segundo Ástrid, 2017 mostra uma disposição para o concílio, a harmonia e o equilíbrio. “Vai estar no ar entre as pessoas”, confirmou. Libra, segundo a astróloga, também tem a ver com o “olhar a beleza”, o que para ela é outro aspecto positivo para o estado.

unnamed-2

Júpiter também se apresenta no mapa do ano novo para o Acre, isso, segundo a astrologia, significa uma proteção especial ou uma benção, algo bom que se expande. Ele está em libra, exatamente na linha do ascendente no momento em que o ano novo nasce.

“Quer dizer ele vai estar bem na linha do horizonte e depois vai subir e poder ser visto pelas pessoas. Isso traz muitas coisas boas, entre elas, otimismo e fé. O povo acreano quer olhar para as coisas boas da vida. Vai ajudar as coisas se desenvolverem”, detalhou Ástrid.

Ainda de acordo o mapa do ano novo apresentado pela astrologia, Urano na casa 7 significa parcerias, sociedade de negócios e amizades intimas. “Essas relações no Acre precisam respirar, ter um pouco de liberdade para fluir facilmente”, analisou Ástrid. Ela afirma que onde não ocorre liberdade, “Urano entra quebrando, fazendo rupturas” voltou a analisar.

Uma onda forte de planetas que caem na casa 5 do mapa, revela pedido de criatividade. Ástrid acredita que a influência tem tudo a ver com a crise financeira que assola no país, em especial no mapa do Acre.

“Quer dizer que o acreano não está conformado, tá querendo algo melhor, embelezar, acreditar e precisando criar”, falou.

Os planetas que estão na casa 5 do mapa, segundo a astróloga,  estão nos signos de aquário e de peixes. Aquário, regido por Urano é o signo da liberdade, que olha para o futuro. Ainda segundo Ástrid, peixes no lado negativo está ligado às ilusões, mas positivamente quer dizer abertura para o divino.

“O convite é para criar com liberdade, independência e com a fonte divina acima de tudo. Levando para casa 11, dos grupos, da humanidade, para as pessoas, gerando um fluxo”, afirmou.

Plutão mexe com as raízes e vai exigir transformação para evitar implosão

Fechando sua análise para 2017, Ástrid afirmou que Plutão na casa 4 mostra que haverá profundas mudanças com relação ao que originou o estado. Além de envolver as comunidades indígenas, uma alquimia vai acontecer exigindo aprendizado de todos os habitantes do Acre.

“É muito importante que aconteça disposição para o aprendizado, principalmente dos governantes, tem que ter uma abertura de percepção para ver quando a lição for revelada. Quando a coisa é com plutão não adianta querer esconder ou tapar o problema. É preciso aprender, resolver e permitir a transformação”, destacou.

Se não permitir a transformação – embora não se saiba o que é – ela acontece de forma cataclísmica, segundo Ástrid, a palavra certa é a implosão. “É preciso desenvolver a capacidade de se comunicar mais em uma linguagem não verbal, perceber mais o outro”, concluiu.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas