Conecte-se agora

Porto Walter, Porto Acre e Manoel Urbano estão entre os piores lugares para se viver

Publicado

em

Um estudo inédito realizado pelo INCT Observatório das Metrópoles promove o lançamento do Índice de Bem-Estar Urbano dos Municípios Brasileiros (IBEU-Municipal), com o propósito de oferecer mais um instrumento para avaliação e formulação de políticas públicas, mostra que as cidades de Porto Walter, Porto Acre e Manoel Urbano estão entre as piores para se viver no estado do Acre.

O índice apresenta um levantamento inédito sobre as condições urbanas dos 5.565 municípios brasileiros, a partir da análise de dimensões como mobilidade, condições ambientais urbanas, condições habitacionais, atendimentos de serviços coletivos e infraestrutura. O IBEU-Municipal mostra que entre os maiores desafios do Brasil estão a infraestrutura e os serviços coletivos.

Uma das cidades apontadas pelo estudo, Porto Walter, recebeu na última quarta-feira (21) 2 km de ruas pavimentadas entregues pelo governador Sebastião Viana. De acordo com o estudo, a infraestrutura urbana (pavimentação, calçamento, iluminação pública) são os grandes desafios dos centros urbanos.

Em maio de 2015, o prefeito do município de Porto Walter, Zezinho Barbary, ameaçou decretar situação de emergência, caso o governo do Acre não continuasse com o programa Ruas do Povo na região. As obras entregues essa semana no município, segundo a agência de noticias do estado, são do Programa de Saneamento Ambiental e Inclusão Socieconômica (Proser). Dos mais de 5 mil municípios analisados, Porto Walter ocupa a 5.526 posição no ranking.

Porto Acre que também está na lista das 100 piores cidades em bem-estar urbano, na 5.477 lugar, sofre com a geografia do município que tem cinco centros urbanos. A cidade foi descentralizada com a criação de outras quatro sedes, duas delas na região da AC 90 que compreende as Vilas do V e Vila do Incra. Essa região é parte da zona rural de Porto Acre onde a agropecuária é um setor forte e boa parte da população vive. Com o crescimento populacional, o município tem ainda as Vilas Caquetá e a região de Tocantins.

O atual prefeito, Carlinhos da Saúde, presidiu a Associação dos Municípios do Acre (AMAC), chegou a recomendar em entrevista ao ac24horas, que nenhum de seus amigos se candidatasse ao cargo de prefeito. Em Porto Acre foram gravadas as cenas da minissérie Amazônia. O estudo revela exatamente o que foi a minissérie, da cenas fictícias à realidade nua e crua, a verdade é que a cidade segue abandonada pelo poder público.

Manoel Urbano está em 5,471 lugar. Entre as cidades analisadas, talvez é a que apresente a pior infraestrutura urbana. Os moradores chegaram a afirmar que iriam investir em jumentos para enfrentar o lamaçal que tomou conta das ruas da cidade.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas