Conecte-se agora

​Leite integral foi o vilão da cesta básica em Rio Branco, diz pesquisa do Dieese

Publicado

em

O leite integral foi o vilão da cesta básica em Rio Branco no mês de agosto, de acordo com a Pesquisa Nacional da Cesta Básica de Alimentos, realizada pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE). O produto teve alta de 13,18%. A retração foi observada no preço do café (-0,72) e no tomate (-0,24).

Segundo a pesquisa, o período ainda foi de entressafra, o que refletiu no aumento do preço do leite nas prateleiras. No entanto, houve maior captação de leite junto aos produtores e a expectativa é de elevação na produção para o próximo mês.

Em agosto, houve aumento no custo do conjunto de alimentos básicos em 18 das 27 capitais brasileiras. As maiores altas ocorreram em Florianópolis (3,16%), Maceió (3,11%), Macapá (2,91%) e Curitiba (2,59%). As retrações foram registradas em nove capitais, com destaque para Goiânia (-3,15%) eAracaju (-2,26%).

Segundo o levantamento, a cesta mais cara foi a de São Paulo (R$ 475,11) e, em seguida, a de Porto Alegre (R$ 474,34) e Florianópolis (R$ 457,11). Os menores valores médios foram observados em Natal (R$ 365,46) e Aracaju (R$ 370,70). Rio Branco, por exemplo, teve a variação de 1.40% custando R$ 377,16 a cesta básica, sendo a quinta mais barata entre as capitais.

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas