Conecte-se agora

Como não ser passado para trás ao comprar um carro usado

Publicado

em

Sabe aquela história de que o barato pode sair caro? Comprar um carro usado ou seminovo pode se encaixar perfeitamente nela. Daí a importância de fazer um negócio seguro e ficar esperto para não ser passado para trás. Veja cinco dicas para não cair em uma cilada ao comprar um carro usado:

 1. Pesquise incansavelmente

Carro é o tipo de compra que não pode ser feita por impulso, pois envolve um desembolso alto e ele será seu companheiro por um período longo. A internet é o melhor lugar para começar a pesquisar modelos, como recomenda Mario Mauricio, CEO do Grupo Dekra, que realiza inspeções técnicas de veículos.

A dica é pesquisar em sites especializados, blogs e fóruns referências sobre a performance do carro desejado e os chamados de recall. Também vale dar uma olhada no preço do seguro e conferir se o modelo está saindo de linha, o que costuma baratear o preço do carro usado.

No entanto, o risco de não encontrar o carro nas condições prometidas é maior ao comprar pelos sites em vez de na concessionária, na opinião de Nilton Medeiros, diretor executivo da Associação Brasileira de Engenharia Automotiva (AEA).

2. Escolhido o carro, cheque seu passado

Pela placa do carro, dá para checar se o proprietário anterior tinha dívidas com multas, IPVA e licenciamento, em portais do Detran, da Secretaria da Fazenda e da prefeitura da cidade.

Também é essencial checar se o carro foi roubado e está sendo vendido, além de verificar se o registro de quilometragem real é o mesmo que o informado no painel do carro. Se algo estiver fora do prometido, abre-se uma brecha para tentar negociar o valor do carro, como sugere Mauricio.

Há empresas especializadas que checam todo o passado do carro e cobram uma taxa para isso, como o site Checkauto. A grande vantagem desses sites é que o comprador não perde tempo negociando carros com um passado sombrio.

3. Não deixe falhas mecânicas passarem

Também há empresas especializadas em fazer a vistoria do carro, para checar dezenas de itens, desde o visual e a mecânica até a documentação do veículo. Lembre que toda a economia feita para comprar um carro usado em vez de um novo pode ter sido em vão se depois você descobrir que o veículo tem alguma falha mecânica.

“Se achar defeito na pintura, folga dos pedais, pneu gasto, você pode tentar abater do preço do carro”, orienta Medeiros. Vale também verificar todos os itens de segurança, como a validade do extintor, a chave de rodas, o triângulo e o estepe.

Se não contratar a vistoria, leve um mecânico de confiança para averiguar o estado do carro e dar uma volta pela cidade. O essencial é não tomar essa decisão sem ter a opinião de um especialista.

4. Seja rigoroso com a documentação

As vistorias contratadas também fazem essa tarefa de conferir toda a documentação do carro. Mas se você resolver não contratar uma, Medeiros recomenda verificar se o carro vem com um manual. É lá que dá para conferir se todas as revisões estão em dia. “Vá a um despachante para ajudar com essa parte”, sugere Medeiros.

Também é válido conferir se as inscrições do chassi gravadas no veículo batem com o número do documento e se não foram adulteradas. Essa vistoria é feita gratuitamente em alguns Detrans.

O comprador também pode solicitar um extrato gratuito ao Detran com dados sobre licenciamento, débitos e histórico de acidentes. “Se o proprietário escondeu algo ou mentiu, já é um péssimo sinal”, orienta Medeiros.

5. Comprou o carro? Capriche na burocracia

Depois que você adquiriu o carro, começa o processo de transferir a documentação do nome do vendedor para o do comprador. Para isso, o antigo proprietário deve comunicar a venda ao Departamento Estadual de Trânsito e realizar a transferência em até 30 dias.

Caso o licenciamento não esteja pago ou existam outros débitos pendentes, é preciso quitar tudo para efetuar a transferência.

Anúncios

ArtBanner Esquerda

Bosque, Belo Jardim e Calafate concentram mais infectados por Covid-19 em Rio Branco

Publicado

em

O boletim epidemiológico da Covid-19 divulgado nesta terça-feira, 18, pela prefeitura de Rio Branco, mostra um diagnóstico completo sobre a incidência da pandemia do novo coronavírus na capital acreana. Um dos números divulgados se refere ao índice de contaminação por bairro. Bosque, com o registro de 315 casos, Belo Jardim com 309 e Calafate com 256, lideram em maior quantidade de pessoas infectadas em Rio Branco.

Já em relação a mortes, os bairros de maior incidência são Bosque, com 16 óbitos, João Eduardo, com 15 e Tancredo Neves e Calafate, com 12 vítimas fatais. Até agora não morreu nenhum morador dos bairros São Francisco, Eldorado, Benfica e Santa Helena.

Outro dado chamativo é que na capital acreana o número de infectados é maior entre as mulheres. Desde o início da pandemia, já foram 5.054 mulheres acometidas pela Covid-19. Esse número representa 52%. Já entre os homens, a porcentagem é de 4.597 (48%).

Os dados são referentes ao início da pandemia, no dia 14 de março, até esse último domingo, dia 16 de agosto.

Continuar lendo

ArtBanner Esquerda

Santa Casa de Cruzeiro do Sul deve meio milhão a Eletrobras

Publicado

em

A Santa Casa de Misericórdia do município de Cruzeiro do Sul deve meio milhão de reais a Eletrobras. A dívida foi acumulada desde 2011. O levantamento está sendo realizado por uma Comissão nomeada pelo nova gestão do Hospital averbada em abril deste ano para o grupo do provedor da Santa Casa de Rio Branco, José Aleksandro.

Nem bem assumiu a gestão do Hospital, Aleksandro é alvo de denúncias por parte dos trabalhadores que alegam dívidas trabalhistas que seriam pagas com o leilão do prédio da instituição. Os servidores, cerca de 46, acusam Aleksandro de barrar a venda do imóvel que estaria bloqueado pela Justiça do Trabalho através de uma ação cautelar.

Para o ac24horas Aleksandro informou que todos os problemas da instituição serão resolvidos. Uma comissão nomeada pelo provedor vai apresentar relatório de avaliação em 60 dias. “Em 90 dias nós vamos colocar a Santa Casa de Cruzeiro do Sul para funcionar novamente, como os moradores da regional merecem” garantiu.

Aleksandro disse ter conhecimento além das dívidas com a Eletrobras e a Justiça do Trabalho, de denúncias de esquema fraudulento que supostamente ocorria na instituição e que foram alvo de uma queixa ao Ministério Público, entre elas, da venda de medicamentos para farmácias de Cruzeiro do Sul, apropriação de bens patrimoniais e ainda, desvio de verbas federais que eram para o tratamento de pacientes.

“O nosso foco é de virar essa página e dar aos servidores novas condições de trabalho. O desafio é grande mas posso garantir que a Santa Casa de Cruzeiro do Sul não vai fechar as suas portas”, disse Aleksandro.

Continuar lendo

ArtBanner Esquerda

Marcus Viana diz que ofensa a Eliane foi iniciativa individual de um militante

Publicado

em

O prefeito de Rio Branco, Marcus Alexandre Viana, repudiou em sua página no Facebook o ataque feito pelo militante petista Ramon Aquim à deputada e pré-candidata do PMDB à prefeitura de Rio Branco, Eliane Sinhasique, que ganha enorme repercussão nas redes sociais.

Viana tratou o caso como uma baixaria e acrescentou já ter sido vítima junto com sua família de ataque semelhante nas eleições de 2012.

Pelo Facebook, Ramon Aquim usou uma foto da parlamentar numa boate e usou um trocadilho para chamá-la de “puta”.

“Estamos próximos de mais uma campanha eleitoral e lamento lembrar que em 2012, eu e minha família sofremos duros ataques a nossa honra. Fomos vítimas de fofocas e mentiras que tomou grandes proporções nas redes sociais. Isso não foi fácil. Eu repudio esse tipo de atitude porque já senti na pele. A campanha de 2016 nem começou e a baixaria já aparece, desviando o debate de propostas para ataques pessoais. Aconteceu agora com a pré-candidata Eliane Sinhasique, que é mulher e mãe”, disse Marcus Viana.

O prefeito, que é correligionário de Ramon Aquim, diz que “a ofensa foi iniciativa individual de um militante, mas todo esse tipo de atitude tem que ter o nosso repúdio. É inaceitável qualquer ataque machista às mulheres. Nossa luta é por uma sociedade sem preconceitos, com igualdade e respeito aos direitos de todos”. Ele completa: “Por isso trago minha solidariedade à pré-candidata Eliane e à sua família. Faço um apelo a todos. Vamos fazer uma campanha limpa, com propostas e ideias, apresentado projetos para a cidade, sem ataques pessoais, preservando a honra, os valores cristãos, os princípios éticos e respeitando as famílias”.

Partidos da Frente Popular, PT, PHS e PRB emitiram notas repudiando a ação do militante.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas